Pela antepenúltima rodada da temporada regular da WNBA Bubble, vitórias de Seattle Storm, Chicago Sky e Atlanta Dream

Na noite de sexta-feira (11), o líder da classificação geral da WNBA, Seattle Storm, venceu o Phoenix Mercury por mais de 20 pontos pela sétima vitória consecutiva.

Do outro lado, vitórias de Chicago Sky e Atlanta Dream. Confira abaixo o que aconteceu na antepenúltima rodada da temporada regular da WNBA:

Atlanta Dream 82 x 75 Connecticut Sun

O Atlanta Dream (7-14) mantém  viva suas esperanças de playoff ao derrotar o Connecticut Sun (10-12) por 82 a 75 na IMG Academy. Atlanta entrou no jogo atrás do oitavo lugar, Dallas Wings, pela vaga no playoff final. Os Wings perderam para o Chicago Sky na sexta-feira também. 

Sun já garantiu uma vaga nos playoffs, ficando em sétimo lugar. A equipe encerrou a temporada regular, mas o resultado frustrou a chance de dividir o primeiro lugar na Conferência Leste com o Chicago Sky. O Connecticut perdeu seus últimos dois jogos, marcando derrotas consecutivas pela primeira vez desde o início da temporada em uma seqüência de cinco derrotas.

Já conhece o canal do Área Restritiva no Youtube? Clique e se inscreva

O Connecticut liderava por 36 a 33 no intervalo, auxiliado pelo  do Dream de 34,2% no primeiro tempo. As equipes combinaram para atirar 3 de 18 em três pontos no primeiro tempo. O Dream usou uma sequência de 13-2 para agarrar a liderança de 46 a 43 no terceiro quarto.

O Dream foi impulsionado por alguns trechos escaldantes no segundo tempo, incluindo uma explosão de 12-2 no terceiro e quarto período. No momento em que Chennedy Carter atingiu a marca de três pontos na marca de 5:30, a margem era de 72 a 59.

A equipe de Atlanta liderou por 82 a 70 e não marcou mais, faltando um minuto para o fim da partida. Mas a recuperação do Sun foi prejudicada por perder as três últimas tentativas de lances livres.

A novata Chennedy Carter marcou 22 pontos, Courtney Williams fez 20 pontos e nove rebotes; Betnijah Laney fez 14 pontos, 10 rebotes e quatro assistências; e Monique Billings somou 13 pontos e oito rebotes pelo Atlanta, que fecha a temporada regular no domingo (13) contra o Washington Mystics.

DeWanna Bonner liderou o Connecticut Sun com 17 pontos e oito rebotes. Natisha Hiedeman e Kaila Charles marcaram 13 pontos cada, e Alyssa Thomas fez nove pontos e nove rebotes. O próximo jogo do Sun será nos playoffs.

Chicago Sky 95 x 88 Dallas Wings

O Dallas Wings (7-14) perdeu para o Chicago Sky (12-10) por 95 a 88. As chances de desempate do Wings diminuíram após a derrota para o Sky. 

Os Wings estão em 10º lugar, meio jogos atrás dos Mystics pela vaga no playoff final.  O Dallas agora está empatado com o Atlanta, também por 7-14, mas o Atlanta está listado na nona colocação devido a uma regra de desempate.

Dallas e Chicago recuaram durante a maior parte do primeiro tempo, com o Sky realizando uma corrida de 8-0, antes que os Wings diminuíssem a diferença um pouco antes do intervalo, 50 a 44 para o Sky.

O Chicago deu uma corrida de 8-0 para iniciar o terceiro quarto, mas o Dallas saiu correndo para assumir a liderança por 74 a 72. O terceiro quarto dominante de Arike Ogunbowale com 18 pontos impulsionou o retorno de Dallas ap jogo.  Uma bola de três pontos e um roubo no meio do quarto que foi parte de uma sequência de 14-0 deu ao Dallas uma vantagem de 84 a 82.  

+Quer ler mais sobre a ‘W’? A cobertura completa da WNBA você lê no Área.

Os Wings tinham uma vantagem de cinco pontos faltando menos de três minutos para o fim do quarto período, mas não voltaram a marcar. O Chicago empatou a menos de dois minutos do fim, depois assumiu a liderança no lance livre de Courtney Vandersloot a 36 segundos do fim.

Courtney Vandersloot adicionou 15 pontos, cinco rebotes e 12 assistências para o Chicago.  Kahleah Copper fez 12 pontos, seis rebotes e cinco assistências. A camisa 22, tornou-se a quinto jogadora da história da WNBA a chegar a 1.900 assistências, juntando-se a Ticha Penicheiro, Sue Bird, Lindsay Whalen e Diana Taurasi.

Pelo Wings, Arike Ogunbowale marcou 38 pontos, 03 rebotes e 03 assistências; Marina Mabrey fez 11 pontos, 03 rebotes e 07 assistências; e Kayla Thornton adicionou pontos, 06 rebotes e 03 assistências

Seattle Storm 83 x 60 Phoenix Mercury 

Jordin Canada marcou 13 pontos, dois rebotes, quatro assistências e um roubo de bola para vitória de Seattle Storm para o Phoenix Mercury por 83 a 60, conquistando a sétima vitória consecutiva.

O primeiro colocado da tabela, Seattle, encerrará a temporada regular no domingo (13) contra o Las Vegas Aces, assumindo uma vantagem de um jogo meio sobre os Aces. Mercury caiu para o quinto lugar em seu final de temporada regular.

O primeiro quarto foi uma luta defensiva, com as equipes lutando para atirar, até que uma corrida tardia do Storm as colocaram à frente por oito pontos. Jordin Canada e  Jewell Loyd  lideraram Seattle com 13 pontos combinados, e a defesa sufocante do Storm manteve o Mercury com menos de 40% de arremessos de quadra.

No segundo quarto, o Storm dominou o Mercury 28 a 12. Na metade do período, o Storm estava segurando Phoenix com 19,4% de arremessos de quadra com apenas seis arremessos feitos. Seattle, por outro lado, foi capaz de arremessar mais de 50%, derrubar seus lances livres e construir uma vantagem de 50-26 no contra-ataque.

Na segunda metade do jogo, a equipe de Seattle enfatizava sua dominância. O Storm segurou o Mercury para apenas dois disparos no terceiro quarto e continuou a atirar mais de 50%, e no quarto período, Seattle manteve sua grande liderança o tempo todo.

Breanna Stewart e Sue Bird não jogaram pelo Seattle. Howard marcou 12 pontos, e Jewell Loyd, Mercedes Russell, Ezi Magbegor e Crystal Langhorne fizeram 10 cada. Alysha Clark foi a única titular do Storm marcou nove pontos e sete rebotes.

Skylar Diggins-Smith marcou 24 pontos, três rebotes e dois roubos de bola para liderar o Phoenix. Enquanto Diana Taurasi marcou cinco pontos em 12 minutos e Sophie Cunningham adicionou 10 pontos.

Agenda do dia WNBA

13h – Washington Mystics x New York Liberty, Facebook/WNBA
16h –  Las Vegas Aces x Los Angeles Sparks, League Pass 
19h – Minnesota Lynx x Indiana Fever,  League Pass 

O Área Restritiva está no YouTube, conheça o nosso canae se inscreva.

Já imaginou um grupo para discutir Basquete como se estivesse em um bar? Conheça o Bar do Área!

Fique por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais; marcamos presença no FacebookInstagram e no Twitter. Ah! Também estamos no Catarse, aqui você conhece todo o projeto do Área Restritiva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.