No primeiro dia dos playoffs da WNBA, fomos agraciados pelas magias e a beleza dessa incrível  fase da competição. O Washington Mystics dispensou Shey Peddy em 17 de agosto como parte de algumas manobras de escalação, mas o técnico do Mystics, Mike Thibault, disse que o plano era trazê-la de volta depois que ela liberou as isenções. 

Em vez disso, ela assinou com a Phoenix Mercury em 19 de agosto. Peddy admite que ainda pensa em suas colegas do Mystics como suas irmãs, mas na terça-feira ela encerrou a temporada do atual campeão da WNBA.

Já conhece o canal do Área Restritiva no Youtube? Clique e se inscreva

Shey Peddy, que finalmente teve a chance de jogar na WNBA em 2019 graças ao Washington, acertou uma bola de três pontos vibrantes no estouro do cronômetro para Phoenix derrotar os Mystics em um jogo emocionante. 

É a melhor sensação que já senti, provavelmente de todos os tempos. Foi um tiro que se tornou realidade. É como um momento de conto de fadas.” disse Peddy ao final do jogo.

Na outra partida da Bubble, Connecticut Sun saiu disparando em todos os quartos em seu primeiro jogo dos playoffs da WNBA, dominando completamente e eliminando o Chicago Sky. Confira o que aconteceu na primeira rodada dos playoffs:

Connecticut Sun ofusca Chicago Sky com o início dos playoffs

Para o Chicago Sky, o início dos playoffs da WNBA trouxe uma oportunidade de colocar suas lutas na segunda metade da temporada no passado e trilhar um novo caminho. No entanto realidade dos jogos do playoff de eliminação única, pode ser implacável. 

A temporada 2020 do Chicago Sky terminou abruptamente na noite de terça-feira (15) com uma derrota no primeira rodada por 94 a 81 para o Connecticut Sun, eliminando a equipe da WNBA.

O Connecticut liderava por 33 a 25 no final do primeiro tempo, mas o Sky saiu na frente antes que a cesta de Alyssa Thomas empatasse por 41-41 no intervalo. Thomas marcou 13 pontos no primeiro quarto.

No terceiro quarto, Connecticut começou o segundo tempo com 13-2, sendo seis pontos de Jasmine Thomas. O Sun começou a dominar na baixa e assumiu o controle com uma vantagem de 27 a 11 no quarto.

A vantagem de Connecticut cresceu para 80 a 61 antes do mini-surto de 8-2 do Sky para desencadear uma recuperação. A margem subiu para 86 a 77 nos três pontos de Allie Quigley com dois minutos restantes. Bonner marcou em uma jogada de poste baixo depois de outro rebote ofensivo de Connecticut que estendeu a posse de bola da equipe.

O sétimo colocado da temporada regular, Connecticut Sun (10-12), enfrentará o Los Angeles Sparks (15-7) na quinta-feira (17) à noite na segunda rodada de eliminação simples.

O Sky não teve resposta para a dupla dominante do Sun, Alyssa Thomas e DeWanna Bonner, que somaram 49 pontos e 25 rebotes, ajudando Connecticut a superar o Sky.  A camisa 25, acumulou 10 rebotes ofensivos de 13, um recorde  playoff da WNBA.

Allie Quigley marcou 19 pontos em 7 de 9 arremessos, Kahleah Copper adicionou 17 pontos e Gabby Williams fez 16 para o Chicago. Courtney Vandersloot fez 12 pontos e seis assistências.

Foi uma temporada memorável para Vandersloot, que se tornou o primeira jogadora na história da WNBA a receber uma média de 10 assistências por jogo, após um total de 220 na curta temporada regular de 22 jogos.

Com game Winner de Shey Peddy, Mercury manda Mystics para casa

A grande jogada da abertura dos playoffs da WNBA 2020, estava destinada a acontecer no segundo duelo da noite. Shey Peddy converteu uma bola de três pontos para dar ao Phoenix Mercury uma vitória por 85 a 84 sobre o atual campeão, Washington Mystics.

O Phoenix Mercury classificado na quinta colocação da temporada regular, jogará contra o Minnesota Lynx na próxima quinta-feira na segunda rodada dos playoffs. 

Phoenix precisava de uma grande corrida na terça-feira,e o Mercury tornou isso realidade. Phoenix perdia por 73 a 61 com 9:05 restantes no jogo. Em seguida, o Mercury saiu em uma corrida de 17-0 para assumir a liderança de 78 a 73 com 4:23 do fim. Skylar Diggins-Smith começou a corrida e Diana Taurasi terminou. O Mercury então desistiu da liderança novamente com algumas viradas tardias.

O roubo de bola e o contra-ataque de Emma Meesseman coroaram uma sequência de 5-0 para dar a Washington uma vantagem de 83 a 82 a 38,8 segundos do fim. E depois de um tempo limite, Myisha Hines-Allen sofreu uma falta ofensiva sobre Diggins-Smith pela terceira posse de bola consecutiva de Phoenix com um turnover.

A guarda do Washington Leilani Mitchell fez 1 de 2 na linha de lance livre com 5,8 segundos para ir para uma vantagem de 84 a 82. Depois de um tempo limite, Diana Taurasi passou para Skylar Diggins-Smith, que dirigiu na pista e passou por cima da defesa do outro lado da quadra para o canto. Peddy fez uma simulação para colocar seu defensor no ar e converter a  bola no soar da campainha com calma.

Peddy, que foi cortada por Washington Mystics no início da temporada, terminou com 12 pontos pelo Phoenix. Diggins-Smith, que teve 10 pontos na corrida principal, incluindo um par de três pontos, terminou com 24 pontos. Taurasi acrescentou 23, e elas combinaram 11 assistências.

Ainda foi um ano e tanto para Washington chegar aos playoffs sem a MVP de 2019, Elena Delle Donne, e outrqs jogadoras importantes de sua equipe título, incluindo Natasha Cloud e LaToya Sanders, que também não jogaram nesta temporada. Leilani Mitchell liderou o Washington com 25 pontos e Emma Meesseman com 18 pontos.

Agenda WNBA playoffs

Primeira rodada – Jogos eliminatórios

Terça-feira (15) – Connecticut Sun 94 x 81 Chicago Sky 
Terça-feira (15) – Washington Mystics 84 x 85 Phoenix Mercury  

Segunda rodada – Jogos eliminatórios

Quinta-feira (17) – (5) Phoenix Mercury x Minnesota Lynx (4) – 20h 
Quinta-feira (17) (7) Connecticut Sun x Los Angeles (3) – 23h 

Semifinais  – Série melhor de cinco

Domingo (20) Jogo 1 – 14h 
Domingo (20) Jogo 1 – 16h 

Terça-feira (22) – Jogo 2 – 19h 
Terça-feira (22) – Jogo 2 – 21h 

Quinta-feira (24) – Jogo 3 – 20h30 
Quinta-feira (24) – Jogo 3 – 22h30 

Domingo (27) – Jogo 4 (se necessário) – 13h 
Domingo (27) – Jogo 4 (se necessário) – 16h 

Terça-feira (29) Jogo 5 (se necessário) – 20h 
Terça-feira (29) Jogo 5 (se necessário) – 22h 

Finais – Série melhor de cinco 

2 de Outubro – Jogo 1 – 20h 
4 de Outubro – Jogo 2 – 16h 
6 de Outubro – Jogo 3 – 20h 
8 de Outubro – Jogo 4 (se necessário) – 20h 
11 de Outubro – Jogo 5 (se necessário) – 16h 

O Área Restritiva está no YouTube, conheça o nosso canae se inscreva.

Já imaginou um grupo para discutir Basquete como se estivesse em um bar? Conheça o Bar do Área!

Fique por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais; marcamos presença no FacebookInstagram e no Twitter. Ah! Também estamos no Catarse, aqui você conhece todo o projeto do Área Restritiva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.