Início Giro Pelas Ligas de Basquete WNBA - Basquete Feminino Washington Mystics na luta por vaga nos playoffs

Washington Mystics na luta por vaga nos playoffs

Será que o Mystics conseguirá uma vaga nos playoffs da WNBA?
Foto: Divulgação/WNBAE

Washington Mystics e Dallas Wings disputam a última vaga nos playoffs da WNBA Bubble

Com a temporada regular da WNBA terminando neste fim de semana, há implicações nos playoffs em quase todos os jogos restantes.  Como a corrida de Los Angeles Sparks pela segunda colocação na classificação contra o Washington Mystics buscando a última vaga nos playoffs.

Já conhece o canal do Área Restritiva no Youtube? Clique e se inscreva

O atual campeão da WNBA’, Washington Mystics, venceu Los Angeles Sparks para manter a pressão pela vaga nos playoffs.  Do outro lado da bolha, vitórias para Las Vegas Aces e Indiana Fever. Confira a rodada de quinta-feira abaixo:

New York Liberty 75 x 85 Indiana Fever

No primeiro duelo da noite, Candice Dupree marcou 14 de seus 22 pontos no segundo tempo e o Indiana Fever venceu o New York Liberty por 85 a 75  para obter uma seqüência de oito derrotas consecutivas.

As equipes trocaram cestas na maior parte do período inicial, sem corridas significativas. O Liberty superou o Fever por 24 a 20 em um quarto que viu 8 mudanças na liderança e 4 empates. Os 24 pontos do primeiro quarto são um recorde da temporada de Liberty.

O Indiana abriu o segundo quarto com uma sequência de 13-4 para conquistar uma vantagem de 7 pontos, faltando menos de seis minutos para o término do primeiro tempo. Fever estendeu sua corrida do segundo quarto para 21-10, com menos de três minutos restantes.

Apesar de terminar com uma sequência de 6-0 nos últimos minutos graças a triplos consecutivos, o New York foi para os vestiário perdendo por 42 a 46, depois que o Fever superou o time por 26 a 18 no segundo quarto.

+Quer ler mais sobre a ‘W’? A cobertura completa da WNBA você lê no Área.

Liberty voltou do vestiário em uma corrida de 10-4 para recuperar a liderança pela primeira vez no segundo tempo. O Indiana revidou, porém, o Liberty venceu o time por 20 a 16 no terceiro e foi para o quarto empatado em 62 a 62.

No quadro final, Indiana disparou na frente com uma sequência de 5-0. Os primeiros pontos do New York no quarto foram na marca de seis minutos, graças a dois lances livres feitos pela Kia Nurse. 

Indiana estendeu sua corrida para 10-4, os quatros pontos do Liberty naquele trecho vieram da linha de lance livre. O Fever encerrou o quarto período com uma vantagem de 23 a 13 para solidificar sua 6ª vitória na temporada de 2020.

Dupree fez 9 de 19 arremessos de campo e fez sete assistências, seis rebotes e dois bloqueios. Kelsey Mitchell somou 18 pontos, Teaira McCowan 14 e Tiffany Mitchell 11 para Indiana (6-15). Kelsey e Tiffany Mitchell marcaram sete pontos cada no quarto período depois que as equipes entraram no período empatadas em 62.

Paris Kea marcou 21 pontos, a melhor marca da carreira, e Kia Nurse, que passou de 1.000 pontos na carreira, somou 18 para o Liberty (2-18). Jazmine Jones teve 10 rebotes e nove pontos.

A equipe de Nova York estava sem a guarda titular e indicada ao Prêmio Kim Perrot de Esportividade, Layshia Clarendon, que não jogou devido a uma lesão nas costas.

O jogo apresentou as duas equipes já eliminados da disputa do playoff. New York Liberty perdeu seis partidas consecutivas.

Las Vegas Aces 104 x 89 Minnesota Lynx

Em um duelo de equipes já classificadas para a pós temporada, o Las Vegas Aces  (16-4) sobrou no segundo tempo, vencendo o Minnesota Lynx (13-8) por 104 a 89.

Os primeiros três pontos de Kayla McBride durante uma corrida de 13-4 para abrir o primeiro período. A equipe de teve 10 de 18 do arco, liderados por 5 de 7 de McBride.

Angel McCoughtry acrescentou oito rebotes, seis assistências e passou de 1.500 lances livres na carreira, a terceira jogadora a fazê-lo na história da WNBA. O primeiro tempo terminou com os Aces na liderança por 56 a 54.

No segundo tempo, a equipe de Damiris Dantas sofreu com erros de transição lenta e espaços na defesa, perdendo de 48 a 35 no erceiro período. McBride somou 21 pontos, A’ja Wilson 20 e Jackie Young teve todos os 17 dela no segundo tempo.

Danielle Robinson fez três pontos consecutivos e os Las Vegas Aces fecharam o terceiro quarto com uma corrida de 9-4 para levar 81-69 para o quarto período

A cestinha da partida foi a novata Crystal Dangerfield. Ela marcou 24 pontos e Napheesa Collier somou 17, todos no primeiro tempo, além de 11 rebotes e cinco assistências para o Minnesota, que perdeu sua terceira vez consecutiva. Pelo lado do Aces, o destaque ficou com Angel McCoughtry, que marcou 22 pontos.

Com a extensão contratual anunciada, Damiris Dantas terminou a partida com 12 pontos, oito rebotes e três assistências. A camisa 12, acertou apenas quatro dos 11 arremessos em quadra. 

Com a ausência da pivô Sylvia Fowles, que deve voltar para os playoffs. Damiris Dantas está jogando como pivô, mas a brasileira tem dado conta do recado. Na partida contra o Aces presa à defesa, teve dificuldades no ataque.

Washington Mystics 80 x 72 Los Angeles Sparks

Em um jogo disputado, o Los Angeles Sparks entrou no jogo com a terceira colocação da liga e queriam uma vitória para alimentar suas esperanças de ganhar a segunda colocação.  O Washington Mystics entraram no jogo com a extrema necessidade de uma vitória para manter vivo o sonho, a última vaga no playoff.

Na batalha dos desesperados, o time com mais a perder saiu por cima, os Mystics vencendo por 80 a 72.  Isso manteve as esperanças do playoff à tona para os campeões em defesa, ao mesmo tempo em que tornou o caminho de LA para um adeus bastante precário.

Agora, os Mystics (7-13) estão empatados para a oitava e última vaga no playoff com o Dallas Wings, enquanto o Sparks conquistou o terceiro lugar no playoff, avançando para 15 vitórias e seis derrotas na fase regular. 

O jogo foi acirrado durante todo o tempo, com as equipes indo e voltando na maior parte do primeiro tempo. O Sparks liderou por 20-15 após o primeiro quarto, mas os Mystics lutaram para empatar o jogo em 36-36. Após uma tripla vitória de Riquna Williams sobre uma corrida de 9-0 do Sparks para 45-3. Hines-Allen acertou uma bandeja no meio da quadra para roubar o ímpeto e cortar a vantagem de LA para 45 a 39 no intervalo.

No terceiro quarto, o Washington causou a maior parte de seus danos contra o Sparks por 23 a 12, retirando a vantagem de oito reviravoltas incomuns do Sparks. Emma Meesseman marcou oito de seus 14 pontos totais apenas neste período, ao entrar no quarto período com uma vantagem de 62 a 57.

O Sparks voltou ao jogo no quarto final, quando Te’a Cooper e Brittney Sykes começaram o período acertando pontos consecutivos. A camisa 4, terminou a noite com sete pontos em seu segundo início de carreira, e Sykes contribuiu com 11 pontos em seu primeiro jogo após uma contusão abdominal. Mas os Mystics forçaram reviravoltas cruciais e fizeram grandes jogadas no final do jogo.

Myisha Hines-Allen marcou 30 pontos, oito rebotes e quatro ssistências para ajudar o Washington a vencer o LA. Emma Meesseman contribuiu com 14 pontos, dois rebotes e cinco assistências; enquanto Leilani Mitchell marcou 10 pontos, cinco rebotes, nove  assistências e dois roubos de bola 

Candace Parker, candidata a MVP e Jogadora Defensiva do Ano, continuou sua forte campanha com nove pontos, seis assistências e 17 rebotes; Nneka Ogwumike somou 15 pontos, seis assistências e três roubos de bola; e Chelsea Gray continuou seu forte setembro com 21 pontos e sete rebotes.

O Sparks não teve Tierra Ruffin-Pratt (lesão no ombro) e Sydney Wiese (lesão no tornozelo) em quadra. O maior marco para o Sparks veio de Seimone Augustus, que registrou seu 6 mil pontos na carreira neste jogo, tornando-se a décima jogadora na história da WNBA a atingir esse número.

Agenda do dia WNBA

20h- Atlanta Dream x Connecticut Sun, Facebook/WNBA 
21h- Chicago Sky x Dallas Wings, League Pass 
23h- Seattle Storm x Dallas Wings, League Pass 

O Área Restritiva está no YouTube, conheça o nosso canae se inscreva.

Já imaginou um grupo para discutir Basquete como se estivesse em um bar? Conheça o Bar do Área!

Fique por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais; marcamos presença no FacebookInstagram e no Twitter. Ah! Também estamos no Catarse, aqui você conhece todo o projeto do Área Restritiva

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.