Um talento brasileiro na Espanha, Matheus Leoni analisa seu ano de 2019
Foto: Divulgação

Revelação do basquete paraense e brasileiro, o armador Matheus Leoni faz uma análise positiva de 2019, pois este foi o ano que seguiu para o basquete espanhol, dando um passo importante na sua promissora carreira. Além disso, viveu a inédita experiência de vestir a camisa da Seleção Brasileira e jogar em sua cidade natal.

“Este ano foi positivo, pois tive a chance de vestir a camisa da Seleção Brasileira e disputar um torneio importante em Belém (PA), que é a minha cidade, com os meus familiares, amigos e conterrâneos torcendo muito nas arquibancadas. Além disso, tive boas performances pela SE Palmeiras e, depois, me transferi para o CB Canaria, um clube grande do basquete espanhol para dar sequência a minha carreira”, comentou Leoni.

“Creio que a adaptação ao dia-a-dia e ao basquete espanhol foram muito boas, uma vez que estou plenamente acostumado com tudo, treinando e jogando forte para ajudar a minha equipe a atingir os seus objetivos e as metas estabelecidas. O trabalho desenvolvido na base pelo CB Canaria, e na Espanha de um modo geral, é muito forte e creio que já consegui absorver muita coisa, pois já incorporei aspectos importantes, passados pela nossa comissão técnica, ao meu jogo”, acrescentou o paraense.

Para 2020, Matheus já tem as metas traçadas. “Quero seguir trabalhando e jogando forte para ajudar o CB Canaria na busca dos seus objetivos e ganhar cada vez mais tempo de quadra. Com isso, poderei desenvolver o meu jogo da melhor maneira possível e seguir evoluindo constantemente; 2020 será um ano ainda melhor”, completou o armador.

Ao longo de sua carreira, o armador Matheus Brito Leoni, de 16 anos, iniciou a prática do basquete na Assembleia Paraense e depois se transferiu para o Paysandu SC, ambos de Belém, capital do Pará. Em seguida, passou a atuar no basquete paulista, defendendo a SE Palmeiras.