O Troféu Ary Vidal terá um vencedor inédito nesta temporada. Dedé Barbosa, do Winner/Limeira, Demétrius Ferraciú, do Minas Tênis Clube, e Guerrinha, do Paschoalotto/Bauru, foram os três mais votados e concorrerão ao prêmio de Melhor Técnico do NBB 7. O ganhador será conhecido no dia 08 de Junho, na Festa de Premiação dos Melhores do NBB 7, que será realizada em São Paulo – SP.

O troféu Ary Vidal é dado ao melhor treinador da competição nacional. A premiação faz parte do calendário anual da eleição dos Melhores do Ano do NBB, que também premiará Destaque Jovem, Melhor Defensor, Sexto Homem, Melhor Atleta Estrangeiro, Jogador que Mais Evoluiu, MVP – Jogador Mais Valioso e Quinteto Ideal, formado por Armador, Ala/armador, Ala, Ala/pivô e Pivô.

A votação contou com a participação de técnicos, assistentes e capitão das 16 equipes que disputaram a sétima edição do NBB, além da imprensa especializada, personalidades do basquete brasileiro, comissários e árbitros.

Em sua primeira temporada como treinador, André Luiz Chueri da Silva Barbosa, o popular Dedé Barbosa, levou Limeira a sua melhor campanha na história do NBB. Sob o comando do jovem técnico, de 38 anos, a equipe limeirense fechou a fase de classificação com a segunda melhor campanha, com o saldo de 25 vitórias em 30 jogos, 83,3% de aproveitamento. Nos playoffs, Dedé e seus comandados passaram pelo UniCEUB/BRB/Brasília por 3 a 1 nas quartas de final e acabaram eliminados pelo atual bicampeão Flamengo nas semifinais.

Sob o comando de Demétrius, jovem time do Minas fez bonito na 1ª fase do NBB 7. Fotos: Orlando Bento/Minas TC
Sob o comando de Demétrius, jovem time do Minas fez bonito na 1ª fase do NBB 7.
Fotos: Orlando Bento/Minas TC

Outro concorrente, Demétrius comandou a jovem equipe do Minas ao expressivo quinto lugar na fase de classificação. Com um time praticamente Sub-22 nas mãos, o treinador, de 41 anos, fez com o clube de Belo Horizonte fechasse a primeira fase do NBB 7 com 17 vitórias e 13 derrotas, com 56,7% de aproveitamento. Depois de quatro temporadas à frente do Limeira, Demétrius se transferiu para Belo Horizonte antes do NBB 7 e agora concorrerá ao prêmio de Melhor Técnico do maior campeonato de basquete do país.

Guerrinha é o único treinador a comandar o mesmo time em todas as edições do NBB. Fotos: Luiz Pires/LNB
Guerrinha é o único treinador a comandar o mesmo time em todas as edições do NBB.
Fotos: Luiz Pires/LNB

Mais experiente entre os três candidatos, Guerrinha comandou Bauru nas sete edições do NBB e é o único técnico que dirigiu a mesma equipe em todas as temporadas da competição nacional. Porém o NBB 7 foi mais do que especial para o treinador de 55 anos. Durante a fase de classificação, o time do interior paulista fez história e cravou a melhor campanha da história do NBB (93,3% de aproveitamento – 28 vitórias em 30 jogos), além de vencer 26 jogos consecutivos, maior sequência vitoriosa da competição.

Agora, nos playoffs, Guerrinha tentar levar Bauru a sua primeira Final de NBB. Depois de ganhar Campeonato Paulista, Liga Sul-Americana e Liga das Américas, o time bauruense tenta coroar sua temporada gloriosa com o inédito título do campeonato nacional.

 

É isso!

Comentem e Compartilhem!
Até+

Diego Silver