76ers já tinha a solução e não era o processo

Philadelphia 76ers é líder do Leste da NBA, organizando o time com uma solução até então questionada por muitos.
Tobias Harris

Se analisarmos o que mudou no elenco do Philadelphia 76ers, não encontramos mudanças muito grande de uma temporada para outra. O núcleo do elenco continua o mesmo, peças de suporte foram adicionadas como Danny Green e Seth Curry, mas a solução dos problemas já estava lá e seu nome é: Tobias Harris

Já conhece o canal do Área Restritiva no Youtube?

Tobias Harris, em 2019, assinou um contrato que o colocou no radar das críticas da NBA. Afinal, estamos falando de um contrato de 5 anos e que passa dos US$ 175mi. Anualmente, o ala de 28 anos, recebe o maior salário do 76ers quase pouco menos de 4mi dólares que Ben Simmons (segundo maior salário do 76ers).

Tobias Harris vale US$ 34.358.850,00?

O crescimento dele e do 76ers dizem que sim. O ala na temporada 2019/20, teve médias de 47,1% de aproveitamento dos arremessos de quadra, sendo 36,7 da linha dos 3. Já na temporada 2020/21, seus números melhoraram e agora ele tem médias de 51,4% e 46,4% (arremessos de quadra e de três pontos, respectivamente).

Se olharmos quem tem um aproveitamento menor dos três pontos nessa temporada, encontramos Kevin Durant, Nikola Vucevic, Paul George, Jayson Tatum e Kyrie Irving. Comparando com o seu primeiro ano em Philadelphia os números de Harris são ainda melhores, no primeiro ano o aproveitamento dos três foi de 32,6%.

Mas Doc Rivers, vai fazer por onde para os 34 milhões sejam gastos em quilometragem de quadra. Tobias Harris é o jogador com a maior média de minutos em quadra, com 33,6 minutos. Sendo que segundo o Advanced Stats do 76ers, os índices de importância do jogador, se não são maiores que os do time, ficam só atrás de Joel Embiid.

Harris & Rivers. Uma parceria que deu certo em LA, vai dar certo em Philly?
Tobias Harris e Doc Rivers trabalharam juntos no LA Clippers, nas temporada 2017/18 e 2018/19. Foto: Jayne Kamin-Oncea/Getty Images/NBAE

Impacto Doc Rivers

Já falamos algumas vezes. O processo do Philadelphia 76ers, precisava de alguém que entendesse de filosofia de trabalho, afinal, o “Trust The Process” é uma filosofia de trabalho, então porque não trazer o cara que deu o último título do Boston Celtics e apresentou ao mundo o “Ubuntu”? Eis que chega Doc Rivers.

Doc Rivers é um técnico de Basquete que ficou famoso por trazer questões de gestão de pessoas para o elenco campeão do Boston Celtics em 2008. De lá ele foi para o LA Clippers, conseguindo de certa maneira aplicar uma cultura ao time que sempre foi o primo pobre de LA – assunto para um outro texto – demitido, aterrissou em Philly.

Mas o texto é sobre o Tobias Harris e é justamente por isso que temos que falar sobre Doc Rivers, porque o único lugar onde Tobias jogou melhor do que está jogando agora, foi no Clippers comandado por Doc Rivers, será que esse é o toque que o Sixers precisava? Um pouco de Ubuntu no processo?

Tobias Harris no All-Star Game e o Pedido de Desculpas!

Nesse momento, o Philadelphia 76ers é o primeiro da conferência leste com 15 vitórias e 6 derrotas, mantendo uma sequência de e vitórias até então, Tobias Harris tem uma média de 20,3 pontos, 7,0 rebotes e 2,7 assistências por jogo e lidera o 76ers tranquilamente.

Tobias Harris está a um passo de se tornar um All-Star em 2021 e merece todas as desculpas pelas pessoas que criticaram o jogador pelo salário x o Basquete apresentado, porque aparentemente o problema do 76ers nunca foi Tobias Harris.

O Área Restritiva está no YouTube, conheça o nosso canae se inscreva.

Um grupo para discutir Basquete, como se estivesse em um bar? Conheça o Bar do Área!

Fique por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais; marcamos presença no FacebookInstagram e no Twitter. Ah! Também estamos no Catarse, aqui você conhece todo o projeto do Área Restritiva.

Leia mais!

Deixe sua opinião

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Compartilhe!

Se inscreva!

últimas publicações