Início Giro Pelas Ligas de Basquete WNBA - Basquete Feminino Temporada regular da WNBA chegando ao fim

Temporada regular da WNBA chegando ao fim

Quem será que fica com a ultima vaga dos Playoffs da WNBA?
Foto: Divulgação/WNBAE

Equipes estão a todo vapor para definir suas posições para os playoffs da WNBA

A temporada regular da WNBA 2020 termina no próximo domingo (13) e os playoffs começam com os jogos da primeira rodada em 15 de setembro. As equipes que ficaram em quinto e oitavo lugar, sexto e sétimo, se enfrentarão em jogo único.

Já conhece o canal do Área Restritiva no Youtube? Clique e se inscreva

O formato de disputa dos playoffs da WNBA, é diferente dos playoffs da NBA. Aqui, as duas melhores equipes garantem vaga nas semifinais da ‘W’, a terceira e a quarta ganham a vaga do segundo round dos playoffs e da quinta a oitava disputam um play-in em jogo único. As semifinais e a finais serão em séries de melhor de cinco partidas.

A WNBA teve uma temporada regular encurtada de 22 jogos este ano devido à pandemia do COVID-19 na IMG Academy em Bradenton (FL). Os playoffs continuam com a duração padrão: jogos de eliminação simples para a primeira e segunda rodadas e, em seguida, a série melhor de cinco para as semifinais e finais.

As oito melhores equipes chegam aos playoffs, sete das oito vagas do playoff foram conquistadas por: Seattle Storm, Las Vegas Aces, Los Angeles Sparks, Minnesota Lynx, Phoenix Mercury, Chicago Sky e Connecticut Sun. 

Dallas Wings, Atlanta Dream e Washington Mystics ainda continuam na disputa pela vaga final, enquanto Indiana Fever e New York Liberty foram eliminadas da disputa dos playoffs. Ainda não há confirmação se a ESPN Brasil transmitirá os playoffs da ‘W’.

Confira abaixo o que aconteceu na rodada de terça-feira (09):

Los Angeles Sparks 96 x 70 New York Liberty

Na noite de terça-feira, o New York Liberty (2-17) caiu para o Los Angeles Sparks (15-5) por 96 a 70.  O Sparks que já garantiu uma vaga no playoff, venceu pela 12ª vez em seus últimos 14 jogos. 

O New York (2-17), que tem o pior registro na WNBA, perdeu seu quinto jogo seguido. O Liberty, que tem três jogos restantes em sua temporada, está a uma derrota de conquistar a escolha número 1 no draft pelo segundo ano consecutivo. O Liberty desfrutou de apenas uma vantagem no jogo, e isso aconteceu a 66 segundos do início da competição.

O Los Angeles Sparks abriu o jogo com 11-3 nos primeiros cinco minutos de partida. LA terminou o primeiro período por 25 a 12. Candace Parker marcou 8 pontos no primeiro quarto e quatro rebotes no arremesso perfeito de quadra (3-3) e na linha de lance livre (2-2).

O Sparks aumentou sua vantagem para 20 pontos no segundo quarto e foi para o intervalo com uma vantagem de 42 a 31 devido uma sequência de 8-0. O LA tinha uma vantagem de 12-3 em pontos de virada no primeiro tempo. O Liberty superou o Sparks por 19 a 17 no segundo quarto.  Jocelyn Willoughby teve 13 pontos no primeiro tempo em 5-6 arremessos de quadra e 3-3 de fora do arco.

A pontuação do terceiro quarto rolou lentamente, no entanto, LA saiu em uma sequência de 12-6. O Sparks marcou 26 pontos no terceiro quarto, enquanto o Liberty marcou 15 e entrou no placar final com 18 pontos (68 a 46). Los Angeles superou Nova York nos últimos 10 minutos de jogo, 28 a 24, para garantir sua 15ª vitória na temporada de 2020.

Destaques da partida 

LA Sparks

Nneka Ogwumike: 20 pontos, 08 rebotes, 05 assistências e 01 roubo de bola; 
Riquna Williams: 20 pontos, 02 rebotes, 02 assistências e 01 roubo de bola;
Te’a Cooper: 15 pontos e 03 assistências;
Kristine Anigwe: 14 pontos, 06 rebotes, 01 assistência e 01 toco;
Candace Parker: 14 pontos, 05 rebotes, 07 assistências, 02 roubos de bola e 01 toco.

New York Liberty

Jocelyn Willoughby: 21 pontos, 03 rebotes, 02 assistências, 01 roubo de bola e 01 toco;
Kia Nurse: 13 pontos, 07 rebotes, 03 assistências e 01 roubo de bola;
Paris Kea: 11 pontos, 01 rebote, 01 assistência e 01 roubo de bola.

Minnesota Lynx 86 x 89 Washington Mystics

Na quarta colocação da WNBA e já classificado para os playoffs, Minnesota Lynx (13-7) foi derrotado por 89 a 86 para o Washington Mystics. Lynx enfrentou uma equipe que luta pela última vaga do playoff, com a pivô Myisha Hines-Allen on fire. Ela anotou 26 pontos, pegou nove rebotes e deu quatro assistências, impondo a segunda derrota seguida do Lynx. 

A brasileira Damiris Dantas começou a partida como titular novamente e esteve em quadra por cerca de 22 minutos. Ela marcou 14 pontos, pegou três rebotes e deu uma assistência em três períodos jogados 

Por opção da treinadora Cheryl Reeve, a brasileira não entrou nos 10 minutos finais do jogo, mesmo com o Lynx atrás do placar. Peça fundamental do Lynx, principalmente após a lesão Sylvia Fowles, Damiris chega ao quinto jogo consecutivo em que anota mais de dez pontos, chegando a uma média de 19,8 pontos.

+Quer ler mais sobre a ‘W’? A cobertura completa da WNBA você lê no Área.

A equipe de Damiris Dantas iniciou a partida de forma lenta e viu o Washington abrir diferença rapidamente. Apesar da boa atuação de Damiris e Naphessa Collier, Lynx perdeu o primeiro quarto por 24 a 20 e foi para os vestiários com o placar contra de 48 a 41. 

No segundo tempo, o Lynx voltou ligado e liderado por Naphessa tanto na dessa quanto no ataque. A equipe de Minnesota venceu a parcial por 29 a 19, conseguindo a virada na última bola do terceiro período, 70 a 67. No último quarto, o Washington retomou a vantagem no placar  e assim o administrou até o final da partida.

O Washington Mystics chegou à seis vitórias e 13 derrotas na temporada. Na nona colocação da classificação geral, briga ao lado do Dallas Wings (7-12), pela última vaga disponível aos playoffs.

Destaques da partida 

Minnesota Lynx

Napheesa Collier: 21 pontos, 11 rebotes, 02 assistências e 02 roubos de bola;
Crystal Dangerfield: 20 pontos, 03 rebotes e 07 assistências;
Odyssey Sims: 17 pontos, 01 rebote e 02 assistências;
Damiris Dantas: 14 pontos, 03 rebotes, 01 assistência, 01 roubo de bola e 01 toco;

Washington Mystics

Myisha Hines-Allen: 26 pontos, 09 rebotes e 04 assistências;
Emma Meesseman: 18 pontos, 02 rebotes, 01 assistência, 01 roubo de bola e 01 toco; 
Ariel Atkins: 18 pontos, 04 rebotes, 03 assistências e 01 roubo de bola;
Tianna Hawkins: 14 pontos, 02 rebotes e 01 roubo de bola.

Indiana Fever 86 x 92 Las Vegas Aces

A esperança de playoff do Indiana Fever (5-15) terminam após a oitava derrota seguida, a equipe foi eliminada da temporada. Las Vegas Aces  (15-4) quase perdeu a vantagem de 20 pontos antes de segurar o Indiana por 92 a 86. 

O segundo colocado na classificação, Las Vegas Aces, está um jogo atrás do Seattle Storm para a cabeça de chave nos playoffs. As duas equipes jogam no domingo (13). Os Aces também disputam a segunda vaga em meio-jogo diante do Los Angeles Sparks. Os Aces jogam contra o Sparks no sábado (12).

Las Vegas constantemente avançava sob a  defesa do Indiana no primeiro tempo, conseguindo quase todos os chutes que desejava.  Os Aces ganharam bastante com a execução de bloqueios na quadra, o que muitas vezes fez com que jogadoras como Jackie Young e Dearica Hamby enfrentassem defensoras mais lentas para jumps curtos ou layups. 

Young e Hamby aproveitaram bem esses bloqueios durante uma arrancada de 10-2 no final do primeiro quarto.  Isso permitiu a Las Vegas abrissem uma vantagem de 26-18 no segundo período. A margem continuou crescendo durante o segundo período com 32 pontos dos Aces. O período terminou com A’ja Wilson roubando um passe diagonal preguiçoso e dirigindo cerca de dois terços do chão para uma bandeja com 0,2 segundos restantes, dando a Las Vegas uma vantagem de 58 a 41.

O Indiana revidou no terceiro quarto com Julie Allemand liderando com 10 pontos no período quando o Fever fechou em 70 a 67, antes de Wilson converter uma jogada de três pontos para empurrar os Aces para uma vantagem de 73 a 67 para o quarto período. 

O Fever arremessou 10 para 23 em tentativas de três pontos e fechou dentro de 88-84 no último minuto da partida. Os Aces, que acertaram 26 de 32 na linha de falta em comparação com 8 de 8 de Indiana, selaram o lance com quatro lances livres decretando a vitória. 

Destaques da partida 

Indiana Fever

Kelsey Mitchell: 24 pontos, 02 rebotes, 04 assistências, 01 roubo de bola e 01 toco; 
Julie Allemand: 19 pontos, 06 rebotes e 08 assistências; 
Candice Dupree: 16 pontos, 06 rebotes, 01 assistência e 02 roubos de bola;
Teaira McCowan: 12 pontos, 09 rebotes, 02 assistências e 01 toco;

Las Vegas Aces

A’Ja Wilson: 22 pontos, 16 rebotes, 02 assistências, 02 roubos de bola e 03 tocos; 
Jackie Young: 17 pontos, 04 rebotes, 07 assistências, 01 roubo de bola e 01 toco;
Angel McCoughtry: 15 pontos, 06 rebotes e 01 assistência;
Dearica Hamby: 13 pontos, 02 rebotes e 01 roubo de bola.

Classificação WNBA

1°) Seattle Storm – 16 Vitórias e 3 Derrotas (playoffs)
2°) Las Vegas Aces – 15 Vitórias e 4 Derrotas (playoffs)
3°) Los Angeles Sparks – 15 Vitórias e 5 Derrotas (playoffs)
4°) Minnesota Lynx – 13 Vitórias e 7 Derrotas (playoffs)
5°) Phoenix Mercury – 12 Vitórias e 8 Derrotas (playoffs)
6°) Chicago Sky – 11 Vitórias e 9 Derrotas (playoffs)
7°) Connecticut Sun – 10 Vitórias e 10 Derrotas (playoffs)
8°) Dallas Wings – 7 Vitórias e 12 Derrotas 
9°) Washington Mystics – 6 Vitórias e 13 Derrotas 
10°) Indiana Fever – 5 Vitórias e 14 Derrotas
11°) Atlanta Dream – 5 Vitorias e 15 Derrotas
12°) New York Liberty – 02 Vitórias e 17 Derrotas

Agenda do dia WNBA

20h – Phoenix Mercury x Connecticut Sun, Facebook/WNBA 
21h – Atlanta Dream x Chicago Sky, League Pass 
23h – Dallas Wings x Seattle Storm, League Pass  

O Área Restritiva está no YouTube, conheça o nosso canae se inscreva.

Já imaginou um grupo para discutir Basquete como se estivesse em um bar? Conheça o Bar do Área!

Fique por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais; marcamos presença no FacebookInstagram e no Twitter. Ah! Também estamos no Catarse, aqui você conhece todo o projeto do Área Restritiva.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.