De dentro para fora do Jogo, uma visão diferente de quem de alguma forma viveu O Basquete.
VOCÊ ESTÁ EM:
  Na foto, Rudy Gobert com as mãos na cabeça com um semblante que parece dizer "eu não fiz nada". A foto foi tirada em alguma partida do Utah Jazz, ele está com as duas mãos na cabeça dentro de quadra e na partida o Jazz utilizou o uniforme amarelo da equipe. Sentido falta de Basquete? Relaxa, ele não vai voltar agora - Área Restritiva

Os fãs do Basquete seja a NBA, ou o Basquete Nacional como o NBB e a LBF estão sofrendo nesse momento, tudo isso porque por conta do Covid-19 (Coronavírus), as ligas esportivas no mundo todo pararam e o fã do Basquete não sabe o que fazer.

Antes de falarmos mais ainda sobre o que podemos fazer, vamos falar sobre o que está acontecendo, okay?!

Se você não conseguiu acompanhar tudo o que está acontecendo no mundo desde a paralização das ligas, sugiro que você assista o vídeo abaixo.

O Rudy Gobert é o responsável por tudo no mundo do Basquete!?

Não, ele não é! Como falamos no vídeo, ele só é o Paciente Zero da NBA, por ter sido o primeiro caso a ser diagnosticado na liga. Até então okay! Sem mais problemas. Depois de Gobert Donovan Mitchell também do Utah Jazz e o Christian Wood do Detroit Pistons foram diagnosticados com o Coronavírus.

A grande questão é que o Rudy Gobert fez diversas brincadeiras na frente e por trás das câmeras como foi noticiado em alguns lugares, como inclusive foi falado por Mitchell e outros companheiros de equipe, mas até ai, quem até aqui não fez nenhuma brincadeira relacionada ao Coronavírus?!

Vale lembrar que a doença, até pouco tempo atrás era relacionada a cerveja e não a mutação da gripe, logo todo mundo ou fez piada ou achou que era brincadeira.

Sobre o Gobert, ele foi crucificado pela mídia e por diversos fãs do Basquete, o que é muito ruim, afinal a culpa não é dele, até agora ninguém garante que o Christian Wood tenha sido quem passou o Covid-19 para o Gobert, mas vamos deixar essa discussão de lado, porque em meio ao caos coisas boas também tem acontecido.

Na foto, Rudy Gobert com as mãos na cabeça com um semblante que parece dizer "eu não fiz nada". A foto foi tirada em alguma partida do Utah Jazz, ele está com as duas mãos na cabeça dentro de quadra e na partida o Jazz utilizou o uniforme amarelo da equipe. Sentido falta de Basquete? Relaxa, ele não vai voltar agora - Área Restritiva
Qual o problema do mundo? Rudy Gobert não é o responsável pelo Coronavírus, ele só fez uma brincadeira de mal gosto em um momento muito inapropriado.
Foto: Divulgação/NBAE

Atletas, times e patrocinadores ajudando os funcionários da NBA?

Diversos jogadores da NBA se mobilizaram e estão doando valores para os colaboradores que trabalham nos ginásios e dependem dos jogos para compor sua renda, sem os jogos, esses profissionais, muitos deles trabalhadores autônomos/informais, estão sofrendo com a ausência de eventos esportivos.

O Toronto Raptors, criou o Team Toronto Fund, um fundo monetário em parceria com os patrocinadores da franquia para doar valores, a staff que trabalha nos eventos esportivos do Raptors, ainda não recebi nenhuma outra informação sobre ações parecidas de outras franquias, mas aparentemente seja algo que outras franquias também tomem partido.

Mas e o Basquete Brasileiro, como ficou?

Essa é uma pauta que divide opiniões no mundo do Basquete, mas vamos lá!

Como falamos no vídeo em um primeiro momento no Basquete Brasileiro, tanto o NBB quanto a LBF seguiram com os seus confrontos em portões fechados, já o Campeonato Brasileiro Interclubes Sub-21 continuou normalmente.

Vale lembrar que o caso do Gobert aconteceu na ultima quarta-feira, a FIBA divulgou o comunicado recomendando as suspensões dos eventos na quinta, no mesmo dia o Jogo das Estrelas do NBB foi suspenso (adiado em data marcada ainda) e as competições seguiram com os portões fechados.

Na sexta-feira e sábado a indignação da comunidade do Basquete foi gigante e no sábado a noite a liga decidiu suspender os próximos jogos, marcando uma reunião extraordinária para segunda-feira, a LBF agiu um pouco antes e suspendeu os compromissos, mas as duas entidades seguiram com a agenda do fim de semana.

Bom, mais uma vez é sempre importante ressaltar que por mais que a NBA tenha feito o que fez, ela só tomou a atitude depois do caso do Gobert não antes, então a ação da liga não foi a mais altruísta de todas, no caso da LNB e da LBF eles tentaram manter as competições sobre controle até onde conseguiram.

O problema no caso do NBB, foram as falas do Bruno Fiorotto que claramente não estava contente por ter que jogar e passar por tudo isso, representou todos os jogadores?! Não tem como dizer, ninguém estava presente nas reuniões das equipes, mas a fala dele vai ficar marcada e a Liga vai ter que contornar esse mal estar.

Para a CBB foi mais fácil o Campeonato Brasileiro de Basquetebol não havia começado ainda, então suspender o inicio da competição foi bem mais simples.

Na foto, representantes de algumas equipes que disputam o NBB, representantes da associação de atletas profissionais e representantes da Liga Nacional de Basquete, as pessoas estão sentadas em volta de uma mesa oval, são 11 pessoas, todos homens e uma décima segunda pessoa é o gerente técnico da LNB, Paulo Bassul, fora do "círculo". Sentido falta de Basquete? Relaxa, ele não vai voltar agora - Área Restritiva
A Liga Nacional de Basquete estava errada por continuar com os jogos do NBB, por mais que estivessem com os portões fechados?
Foto: Divulgação/LNB.

Mas quando o Basquete volta?

No Brasil? Complicado dizer, alguns especialistas dizem que no país o vírus ainda não alcançou seu ápice de propagação, que deve ser entre o final de março e a primeira quinzena de abril, então qualquer previsão de volta a normalidade deve começar a aparecer depois de abril.

Nos EUA, o CDC recomenda que eventos esportivos para mais de 50 pessoas não aconteçam nos próximos dois meses e a NBA já trabalha com a hipótese de jogos com os portões fechados, mas as atividades da liga devem retornar somente em junho.

Nos parques e clubes é recomendado que as atividades sejam suspensas ou seja, quarentena não é férias, não é para ir para o racha.

Sobre o Coronavírus, quais cuidados devemos tomar?

Em meio a essa pandemia do Covid-19, a ultima coisa que temos que pensar nesse momento é jogar Basquete e isso é um fato, não estamos de férias, estamos de quarentena.

Para se ter uma idéia do nível que estamos em alguns locais do mundo, sair nas ruas em meio a quarentena é considerado crime e a pessoa é presa, por isso.

Escolas estão liberando seus conteúdos de forma online, assim como algumas universidades. Alguns clubes sociais estão fechados para evitar aglomerações, assim como museus. Diversos eventos estão sendo suspensos ou cancelados e existe até a possibilidade dos Jogos Olímpicos de Tokyo em 2020 serem cancelados.

Então nesse momento a principal preocupação é com a sua saúde e não com o Basquete, estamos falando de seres humanos e não simplesmente de atletas.

Existem alguns portais confiáveis que estão falando sobre o Coronavírus, o Área Restritiva, recomenda a leitura dos contéudos liberados no site do Drauzio Varella, o Catraca Livre divulgou informações sobre o aplicativo do SUS e o próprio portal do SUS fez uma publicação sobre o Covid-19.

Não deixem de acompanhar o Área Restritiva nas redes sociais e se inscrever no nosso canal no YouTube.

Acompanhem também os textos diários aqui no site e ficar por dentro de tudo o que acontece no Basquete Brasileiro aqui e nas competições que o Área acompanha aqui, além é claro de ficarem por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais, marcamos presença no Facebook, Instagram e no Twitter.

 

SOBRE O AUTOR Diego Andrade, mais conhecido como Diego Silver. Professor de Educação Física. Pai, viciado em coisas de Nerd e é claro entusiasta do Basquetebol. Ex-Aluno do Bi-Campeão Mundial Rosa Branca, quando o mesmo era servidor do SESC Consolação. CONHECER TODO TIME
RESENHE COM A GENTE AÍ!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

 
 
VOLTAR AO TOPO
%d blogueiros gostam disto: