De dentro para fora do Jogo, uma visão diferente de quem de alguma forma viveu O Basquete.
Após 80 dias longe de casa, Dragão bate o Vitória por 77 a 66 e garante o oitavo triunfo no NBB Caixa; Alex Garcia, com 19 pontos, termina como cestinha do jogo
Pivô Rafael Hettsheimeir.
Foto: Victor Lira/Bauru Basket.

Em seu reencontro com o ginásio Panela de Pressão após exatos 80 dias, o Sendi/Bauru Basket conquistou um grande resultado pelo NBB Caixa ao bater o Universo/Vitória por 77 a 66 na noite desta segunda-feira (8).

Esta foi a oitava vitória do time bauruense em 12 jogos na competição. Com o resultado, o atual campeão brasileiro ocupa a 6ª posição na tabela de classificação.

Com um jogo coletivo muito forte e uma defesa consistente, o Dragão teve três jogadores pontuando na casa dos dois dígitos. Um dos destaques na vitória, o capitão Alex Garcia, cestinha da noite com 19 pontos, ressaltou a postura defensiva do time, que neutralizou o rápido ataque baiano comandado pelo norte-americano Dawkins, e também a presença do torcedor, que lotou o ginásio.

“O Vitória tem uma defesa forte, um time muito rápido, com armadores que jogam com velocidade. Apesar de não ficarmos atrás no placar em nenhum momento, tivemos alguns momentos com menos intensidade, mas, o time conseguiu se impor. Fora isso, temos que destacar também nossa torcida. Ficamos muito tempo longe de casa e é muito bom voltar, encontrar todo esse carinho e poder retribuir com uma bela vitória”, destaca.

Além do Brabo, pontuaram bem na partida o pivô Rafael Hettsheimeir, com 14 pontos e o ala/armador Duda Machado, que fez sua estreia como jogador do Sendi/Bauru no Panela e saiu do banco para terminar com 17 pontos.

“Nada melhor do que fazer essa estreia com uma bela vitória e com a Panela lotada. O torcedor empurrou o time o tempo todo”, diz.

Para o técnico Demétrius Ferracciú, o time oscilou durante o jogo, apesar da vitória, mas o resultado coroou a vibração da equipe em quadra e do torcedor nas arquibancadas.

“Nosso time oscilou em alguns momentos, deixamos a equipe deles encostar no placar. Mas, desde o aquecimento o time sentia a vibração da torcida. Era nítida essa saudade de jogar em casa, tantos nossa como dos torcedores. A vibração foi intensa o jogo todo. A torcida foi incrível e o time correspondeu dentro de quadra”, analisa o técnico lembrando que o Dragão teve que jogar longe de Bauru seus quatro primeiros compromissos como mandante nesta temporada devido a incidentes nas finais do NBB 9.

Para o jogo desta segunda-feira, o Sendi/Bauru não pode contar com o ala lituano Osvaldas Matulionis, que se recupera de dores no pé esquerdo, com o pivô Maikão, que se recupera de fratura no quarto dedo da mão esquerda, e com o ala/armador Gui Santos, que rompeu o LCA (ligamento cruzado anterior) do joelho direito e só retorna em 9 meses.

Sendi/Bauru vence no retorno ao Panela
Duda Machado estreou com a camisa do Dragão no Panela.
Foto: Victor Lira/Bauru Basket.

Sendi/Bauru Basket – O JOGO

Para o retorno à Panela, o quinteto inicial do Sendi/Bauru teve novamente Anthony na armação, Alex, Isaac, Renan Lenz e Rafael Hettsheimeir. E os primeiros pontos do jogo foram do Dragão e vieram com Isaac, que em bela infiltração converteu bandeja e também o lance de bonificação na falta marcada.

Com Dawkins e Okore, o Vitória encostou e chegou a empatar o jogo em 8 pontos restando pouco menos de 6 minutos para o fim do primeiro quarto.

Com Renan Lenz de longe, Anthony na velocidade e Hettsheimeir com bela cravada, o Dragão voltou abrir vantagem e levantou o Panela de Pressão.

A boa marcação do time da casa fez a diferença nos instantes finais e o Sendi/Bauru fechou o primeiro quarto com 8 de frente (21 x 13).

No segundo quarto, Stefano armou o time e fez boa dupla com Duda Machado. O camisa 3 anotou 7 pontos nos primeiros 6 minutos de jogo na segunda parcial.

Restando 5 segundos, erro defensivo de Bauru, chute certeiro do Vitória na linha dos três e a vantagem caiu para 9 pontos (39 x 28). Antes do último lance, Demétrius Ferracciú pediu tempo técnico e, na volta, Duda Machado respondeu na mesma moeda levando novamente a vantagem no intervalo para a casa dos dois dígitos (42 x 28).

O Dragão retornou do vestiário com a defesa ainda mais forte. Alex e Duda Machado lideravam as roubadas de bola.

Na metade do quarto, em lance de cesta e falta, Okorie diminuiu a vantagem bauruense para 13 pontos (53 x 40). Quando o time baiano crescia no jogo, Gabriel Jaú acertou de fora e deixou a diferença em 13 pontos (58 x 45).

Com ataque preciso e defesa consistente, Bauru fechou o terceiro quarto com 11 de frente (64 x 53).

O último período começou com Duda Machado acertando chute do perímetro e abrindo vantagem (67 x 53). Bauru seguiu dominando as ações do jogo. Restando 3’30” para o fim do jogo, Duda Machado converteu mais dois pontos, aumentou a vantagem e levantou a torcida ao vibrar com o lance (77 x 63).

O time visitante ainda voltou a pontuar, mas a vitória bauruense no retorno à Panela estava garantida: 77 x 66.

PRÓXIMO JOGO

O Sendi/Bauru volta a jogar no Panela de Pressão nesta quarta-feira (10), quando recebe o Basquete Cearense, novamente às 20h. Assim como no confronto contra o Vitória, os ingressos para este duelo serão vendidos a partir das 18h do dia do jogo nas bilheterias do ginásio. Mais uma vez, haverá promoção e todos pagam meia-entrada (R$ 15,00) nas arquibancadas.

 

SOBRE O AUTOR Diego Andrade, mais conhecido como Diego Silver. Professor de Educação Física. Pai, viciado em coisas de Nerd e é claro entusiasta do Basquetebol. Ex-Aluno do Bi-Campeão Mundial Rosa Branca, quando o mesmo era servidor do SESC Consolação. CONHECER TODO TIME
RESENHE COM A GENTE AÍ!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

 
 
VOLTAR AO TOPO
%d blogueiros gostam disto: