De dentro para fora do Jogo, uma visão diferente de quem de alguma forma viveu O Basquete.

A Seleção Brasileira Adulta Feminina deu início aos treinamentos visando a ‘Copa América – 2017’, nesta sexta-feira, dia 14, trabalhando em dois períodos no ginásio Municipal João do Pulo, na cidade de Pindamonhangaba – SP. O técnico Carlos Lima exigiu bastante das jogadoras, já implantando a sua metodologia.

“Começamos com a preparação muito boa e todas as jogadoras estão com muita disposição, acreditando no trabalho do técnico Carlos Lima. E, o segredo é esse mesmo, ou seja, estarmos unidas, dispostas e com muita vontade, dando o máximo para conquistarmos o nosso objetivo”, comenta a ala Isabela Ramona.

Seleção Feminina de Basquete já iniciou os trabalhos de quadra
O técnico Carlos Lima em ação no primeiro dia de treinamento em Pindamonhangaba.
Foto: Kiko Ross/CBB

A experiente Kelly Santos quer ajudar dentro e fora de quadra.

“O que eu puder tranquilizar e ajudar as meninas com a minha experiência, dentro e fora de quadra, estarei à disposição, especialmente nos momentos decisivos dos jogos. Estamos supercontentes com a recepção que tivemos na cidade, com o pessoal da FUNVIC; as nossas expectativas são muito boas de evolução, já que todo mundo chegou bem fisicamente e agora é focar a parte tática, com a suas variadas opções”, relata a pivô.

Já o preparador físico Clóvis ‘Vita’ Haddad coordenou o trabalho de academia das atletas, que foi realizado na parte da manhã.

“Antes da apresentação já vínhamos acompanhando as jogadoras e sabíamos que elas estavam em boas condições; agora, que já fizemos todas as avaliações necessárias, nós estamos constatando isso. Esse panorama nos dá a chance de cumprir o planejamento que fizemos, visando que as atletas cheguem bem fisicamente na competição”, explica.

A Seleção Brasileira volta a trabalhar neste sábado, dia 15 de Julho, também em dois períodos, ambos no ginásio Municipal João do Pulo, em Pindamonhangaba – SP.

AVALIAÇÕES

Na noite de quinta-feira, logo após a entrevista coletiva de apresentação do selecionado nacional, as atletas passaram por algumas avaliações coordenadas pela equipe médica e de fisioterapia da Confederação Brasileira de Basketball.

“As meninas chegaram bem, fizemos uma análise médica, fisioterápica e nutricional no primeiro dia, logo após a apresentação e, aparentemente, sem nenhuma intercorrência, pois todas estão preparadas para os treinamentos. Temos as equipes médica, fisioterápica e nutricional que estarão ao lado da Seleção Brasileira em todo o período de treinamento e também na Argentina. A ideia é que as jogadoras sejam assistidas com tudo que necessitem, não só no tratamento das eventuais lesões, mas no trabalho de prevenção também”, explica o médico Paulo Roberto Szeles.

CARAS NOVAS

O técnico Carlos Lima convocou, nesta sexta-feira, as atletas Êga Garvão e Izabella Nicoletti para integrar o grupo da Seleção Brasileira Adulta Feminina. De acordo com Bruno Valentin, coordenador do departamento feminino da Confederação Brasileira de Basketball, as duas jogadoras se apresentam neste final de semana.

A experiente pivô Soeli ‘Êga’ Garvão Zakrzeski, de 39 anos e 1m90, que defendeu o Corinthians/Pague Menos/Americana na última temporada, já serviu o selecionado nacional em outras oportunidades. Já a jovem armadora Izabela Nicoletti Leite, de 17 anos e 1m77, que atua com destaque pela Caroline Waves, dos Estados Unidos, passou pelas seleções nacionais de base e já havia sido chamada anteriormente para treinar com a seleção adulta.

SOBRE O AUTOR Diego Andrade, mais conhecido como Diego Silver. Professor de Educação Física. Pai, viciado em coisas de Nerd e é claro entusiasta do Basquetebol. Ex-Aluno do Bi-Campeão Mundial Rosa Branca, quando o mesmo era servidor do SESC Consolação. CONHECER TODO TIME
RESENHE COM A GENTE AÍ!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

 
 
VOLTAR AO TOPO
%d blogueiros gostam disto: