A segunda rodada dos playoffs WNBA começam nesta quinta-feira com dois jogos de eliminação direta.

A rodada de abertura dos playoffs da WNBA ocorreu na terça-feira (15), com um Game Winner de Shey Peddy dando “tchau” ao atual campeão da liga, Washington Mystics. Antes disso, a equipe com o pior início de temporada regular, Connecticut Sun, venceu o Chicago Sky rumo à segunda rodada.

Já conhece o canal do Área Restritiva no Youtube? Clique e se inscreva

Agora, as 12 equipes da WNBA foram reduzidas a seis ainda na bolha IMG Academy, em Bradenton, Flórida. Na segunda rodada dos playoffs – Minnesota Lynx x Phoenix Mercury às 20h (de Brasília) e Connecticut Sun x Los Angeles Sparks às 22h (de Brasília); ambos os jogos serão transmitidos apenas pelo League Pass – desses confrontos saberemos quem enfrentará Las Vegas Aces e o Seattle Storm nas semifinais respectivamente. 

Minnesota Lynx x Phoenix Mercury 

Phoenix Mercury passou para a segunda rodada, graças a bola de três pontos de Shey Peddy no estouro do cronômetro, que eliminou o Washington Mystics. Mas quem carrega o Mercury são: Diana Taurasi (18.7 pontos, 4.2 rebotes e 4.5 assistências) e Skylar Diggins-Smith (17.7 pontos, 3.3 rebotes e 4.2 assistências).

A sintonia em quadra parece de anos, embora seja a primeira temporada jogando juntas. Em junho deste ano, Taurasi completou 38 anos, e permanece sendo uma das armadoras mais temida e respeitada da liga. Diggins-Smith, 30 anos, também tem sido uma força ofensiva à equipe.

Na temporada passada, Taurasi jogou apenas seis partidas por causa de lesões e Diggins-Smith não jogou depois de dar à luz seu filho. A expectativa era que elas formassem um grandioso Big three com a pivô do Phoenix, Brittney Griner nesta temporada. Isso ocorreu por pouco tempo, Griner deixou a Wubble por motivos pessoais no mês passado. Sem Griner, a equipe venceu sete de seus últimos nove jogos na temporada regular.

+Leia também! Cronologia: A WNBA está na vanguarda do movimento pela justiça racial há anos!

A equipe pode sentir a ausência de Griner contra o Lynx, porque aparentemente a veterana Sylvia Fowles estará de volta. A pivô jogou pela última vez em 13 de agosto, causa de uma lesão na panturrilha. 

A camisa 42, é uma das poucas pivôs que podem se equiparar de forma semelhante a Fowles. Com sua ausência, Kia Vaughn e Brianna Turner precisarão liderar o caminho para dentro. Vaughn é a veterana confiável, enquanto Turner emergiu como uma força defensiva em sua segunda temporada na WNBA.

A armadora estreante Crystal Dangerfield (16.2 pontos, 2.0 rebotes e 3.6 ssistências) é a artilheira do Minnesota nesta temporada, com a atacante Napheesa Collier (16.1 pontos, 9.0 rebotes e 3.3 assistências) e a Damiris Dantas (12,9 pontos e 6 rebotes) conseguiram dar conta do recado na ausência de Fowles.

Damiris se adaptou a uma nova função de pivô após a lesão de Sylvia Fowles. A brasileira é uma das únicas três atletas do Lynx que foi titular em todas as partidas da fase de classificação, com média superior a 26 minutos em quadra por duelo.

Se Fowles retornar e puder jogar uma boa quantidade de minutos, a balança se inclina em direção ao Lynx no jogo interior. Mas se Taurasi, que teve uma média de pontos na temporada regular, e Diggins-Smith aumentarem a pressão do outro lado, o jogo tende a ser uma disputa disputa difícil.

Será o terceiro duelo entre as equipes na temporada. Em 21 de agosto, o time de Damiris venceu por 90 a 80. Nove dias depois, a franquia de Phoenix deu o troco e fez 83 a 79.

Los Angeles Sparks x Connecticut Sun 

O início de Connecticut Sun com cinco derrotas consecutivas levantou dúvidas da durabilidade da equipe na temporada. Mas, DeWanna Bonner liderou a equipe até a chegada aos playoffs. 

Em seu primeiro ano com o Sun depois de 10 temporadas e dois campeonatos com o Phoenix Mercury, Bonner ajudou a permitir que Connecticut não sentisse a ausência de Jonquel Jones, que optou por ficar de fora nesta temporada.

Em entrevista após a vitória contra o Chicago Sky por 94 a 81, Bonner disse que essa temporada foi uma das mais agradáveis a ela, apesar dos grandes desafios. A atleta fez 23 pontos e 12 rebotes na terça-feira (15), e combinou com Alyssa Thomas (15.5 pontos, 9 rebotes e 4.8 assistências), que esteve perto de um triplo-duplo na primeira rodada com 28 pontos, 13 rebotes e oito assistências. Ambas ajudaram o Sun a prosseguir, depois de perder seus primeiros cinco jogos.

Agora, Sun possui um novo desafio, enfrentar os Sparks com duas MVP e all-star: Candace Parker (14.7 pontos, 9.7 rebotes e 4.6 assistências) e a ala Nneka Ogwumike (13,3 pontos e 4,8 rebotes).

No playoff, Connecticut e Los Angeles se enfrentaram no ano passado nas semifinais, Sun emplacou 3 a 0. Após a varrida, a ex-gerente geral do Sparks, Penny Toler, perdeu o emprego por causa de um discurso inflamado no vestiário durante os playoffs (desde o ocorrido, ela abriu um processo contra a franquia). E o técnico Derek Fisher ouviu reclamações de suas jogadoras sobre não estar em sincronia com elas. O ex-jogador da NBA trabalhou para se comunicar melhor com sua equipe esta temporada. 

Na Wubble, o Sparks venceu os dois confrontos contra o Sun por pontuações muito semelhantes: 81-76 em 30 de julho e 80-76 em 28 de agosto. No primeiro confronto, Bonner anotou 34 pontos e pegou 14 rebotes, enquanto Thomas fez 19 pontos e nove rebotes no segundo encontro.

Nos dois confrontos, a armadora Chelsea Gray (14 pontos, 3.7 rebotes e 5,3 assistências ) liderou o caminho para Los Angeles, com 15 pontos e seis assistências no primeiro confronto, e um recorde da temporada com 27 pontos no segundo.

Quando Parker, Ogwumike e Gray, que estavam presentes no título de 2016 do Sparks, estão jogando juntas tornam-se o big three mais talentoso da liga. Se jogarem bem nessa quinta-feira, Sun novamente precisará de uma grande atuação de Bonner e Thomas, além de ameaças ofensiva para detê-las.

Playoffs WNBA – Play In

Connecticut Sun 94 x 81 Chicago Sky
Washington Mystics 84 x 85 Phoenix Mercury  

Playoffs WNBA – Primeira rodada – Mata-Mata

Phoenix Mercury x Minnesota Lynx – 20h
Connecticut Sun x Los Angeles Sparks – 22h

Agenda WNBA – Segunda rodada dos playoffs da ‘W’ (séries em melhor de cinco)

Dia 20/09  Domingo

Dia 22/09 – Terça-feira

Dia 22/09 – Quinta-feira

Caso necessário os jogos 04 e 05 acontecem respectivamente, nos dias 27 e 29 de setembro.

O Área Restritiva está no YouTube, conheça o nosso canae se inscreva.

Já imaginou um grupo para discutir Basquete como se estivesse em um bar? Conheça o Bar do Área!

Fique por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais; marcamos presença no FacebookInstagram e no Twitter. Ah! Também estamos no Catarse, aqui você conhece todo o projeto do Área Restritiva

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.