Temporada encurtada da WNBA 2020 será iniciada no dia 25 de julho sob “novo normal” imposto pela pandemia do coronavírus

A WNBA divulgou o calendário completo para a temporada regular 2020, que inclui 22 jogos para todas as 12 equipes da IMG Academy em Bradenton, na Flórida. A WNBA Bubble começa oficialmente no dia 25 de julho, sem a presença de público, em razão da pandemia de Covid-19.

Já conhece o canal do Área Restritiva no Youtube? Clique e se inscreva!

Os playoffs, no entanto, permanecerá inalterado. Geralmente, cada equipe disputa 34 jogos na temporada regular da WNBA. Nesse ano, devido a pandemia, serão 22 jogos disputados para cada uma das equipes. 

No momento, 10 jogadoras, incluindo Liz Cambage e Jonquel Jones, decidiram ficar de fora devido a problemas de saúde e um desejo de continuar lutando por justiça social.

O fim de semana de abertura será dedicado ao movimento Black Lives Matter, com “todos os aspectos do jogo e equipamento das jogadoras projetados para afirmar o Black Lives Matter e homenagear vítimas de brutalidade policial e violência racial“, de acordo com o comunicado da WNBA.

O movimento social da liga, provocou indignação da co-proprietária do Atlanta Dream, Kelly Loeffler, que é senadora republicana dos EUA pela Geórgia. Loeffler escreveu uma carta à comissária da WNBA Cathy Engelbert, mandando que a liga colocasse bandeiras americanas nas camisas, ao invés de mensagens antirracistas. Segundo Loeffler, o BLM é “baseado em princípios marxistas” que ameaça “destruir” a América.

Mas, a comissária Cathy Engelbert enfatiza  “Esta temporada da WNBA de 2020 será verdadeiramente diferente de qualquer outra. E estamos ansiosos para usar nossa plataforma coletiva para destacar os tremendos atletas da WNBA, bem como sua defesa por mudanças sociais“.

O jogo de abertura da WNBA 2020, será entre Seattle Storm e New York Liberty, na ESPN. Que marca o duelo da multicampeã Sue Bird contra a novata Sabrina Ionescu. Em seguida, Los Angeles Sparks com as All-Stars Candace Parker e Nneka Ogwumike, renova sua rivalidade com Diana Taurasi e Brittney Griner no Phoenix Mercury. O atual campeão Washington Mystics e Indiana Fever, encerra os jogos de abertura.

A temporada regular está programada para terminar no dia 12 de setembro, em sequência o formato tradicional de playoffs e finais. O calendário completo da WNBA 2020, está disponível no site oficial da liga aqui.

No Brasil, a detentora dos direitos de transmissão da WNBA é a ESPN. Por enquanto, a emissora não disponibilizou a programação dos jogos a transmitir, mas a ESPN matriz já colocou os jogos em sua grade de programação, então existe a possibilidade de transmissão no Brasil.

Agenda de transmissão da WNBA pela ESPN norte-americana

25 de julho – sábado
13h – Seattle Storm x New York Liberty

26 de julho – domingo
13h – Connecticut Sun x Minessota Lynx

30 de julho – quinta-feira 
19h – Seattle Storm x Washington Mystics
23h – Connecticut Sun x Los Angeles Sparksk

02 de agosto – domingo
14h – Phoenix Mercury x New York Liberty

09 de agosto – domingo
16h – Las Vegas Aces x New York Liberty

02 de agosto – domingo
19h – Dallas Wings x Las Vegas Aces

04 de agosto – terça-feira 
20h – Phoenix Mercury x Atlanta Dream
22h – Connecticut Sun x Seattle Storm

06 de agosto quinta-feira 
19h – Seattle Storm x Atlanta Dream
23h – Chicago Sky x Phoenix Mercury

07 de agosto – sexta-feira
20h – New York Liberty x Washington Mystics
22h – Los Angeles Sparks x Las Vegas Aces

08 de agosto – sábado
13h – Atlanta Dream x Dallas Wings

09 de agosto – domingo
20h – Minessota Lynx x Los Angeles Sparks

10 de agosto – segunda-feira 
20h – Phoenix Mercury x Dallas Wings
22h – Chicago Sky x Seattle Storm

11 de agosto – terça-feira
20h – Las Vegas Aces x Indiana Fever
22h – New York Liberty x Los Angeles Sparks

13 de agosto – quinta-feira 
20h – Los Angeles x Washington Mystics
22h – Minessota x Las Vegas Aces

Quer saber mais sobre a WNBA, da uma olhada nesses textos.

WNBA Bubble começa com o pé esquerdo

WNBA 2020 e a criação do Conselho de Justiça Social

A luta da WNBA por igualdade salarial

Esporte e política se misturam e ponto

O Área Restritiva está no YouTube, conheça o nosso canal. Vídeos três vezes por semana.

Fique por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais; marcamos presença no FacebookInstagram e no Twitter. Ah! Também estamos no Catarse, aqui você conhece todo o projeto do Área Restritiva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.