Com grande atuação de Douglas Kurtz e Marcus Toledo, equipe faz a lição de casa

O Pinheiros/SKY mostrou muita força em seu retorno ao Ginásio Henrique Villaboim. Na noite desta quarta-feira, dia 19 de Novembro, o time dirigido pelo técnico Marcel de Souza bateu o Basquete Cearense, por 97 a 81, e chega à segunda vitória no NBB 7. Fazendo prevalecer as suas características – defesa forte e muito conjunto 0 – os donos da casa impuseram um bom ritmo para alcançar o resultado positivo.

Com 28 pontos, além de nove rebotes, o pivô Douglas Kurtz foi o cestinha do jogo. Outro que apareceu bem foi o ala/pivô Marcus Toledo, com 16 pontos, cinco rebotes e quatro bolas roubadas. O armador Paulinho, 15 tentos, também fez uma boa partida.

“Estou muito feliz. A nossa equipe precisava dessa vitória. Estamos nos estabilizando. É sempre bom a gente se manter na zona de classificação e precisávamos de uma vitória para termos confiança. A nossa equipe lutou muito. É o resultado da preparação. Estou fazendo um treinamento muito forte, à parte, além do trabalho com a equipe. Mas não faço nada sozinho. É mérito de todos nós”, afirma Kurtz.

Para o ala/pivô Marcus Toledo, o que fez a diferença para o Pinheiros/SKY conseguir o resultado positivo foi a força da defesa.

“Foi uma vitória fundamental, ainda mais porque estávamos sem três peças importantes, Morro, Felipe Ribeiro e Ted. O Basquete Cearense fez um jogo muito físico e veloz. Conseguimos igualar isso, sobretudo na defesa. Fico feliz também com o meu desempenho. Pude ajudar o time na defesa e no ataque. Mas o fundamental é que saímos com a vitória. É o resultado de todo o trabalho da equipe. Defesa é uma questão de grupo”, afirma Toledo.

A equipe pinheirense começou o jogo muito bem. Com uma defesa muito bem postada e um ataque eficiente, construiu uma ótima vantagem no primeiro quarto: 26 a 17. Com oito pontos e três rebotes, o pivô Douglas Kurtz foi o destaque dos 10 minutos iniciais. Jason Smith, cinco pontos e três assistências, também apareceu bem.
No segundo período, o jogo ficou mais equilibrado. Ambos os ataques funcionaram bem, mas o Pinheiros/SKY manteve a vantagem. Jason Smith e André Bambu, com 10 pontos, eram os principais destaques dos donos da casa.

Depois do intervalo, o Pinheiros/SKY construiu uma grande vantagem. Com um ritmo e jogo forte, abriu 12 pontos de diferença no placar: 80 a 68. O ala/pivô Marcus Toledo, com 14 pontos, apareceu muito bem no período, além de Kurtz, cestinha, com 18 pontos na partida.
Em vantagem, o Pinheiros/SKY administrou bem o jogo, para fechar a partida em 97 a 81 e chegar à segunda vitória no NBB.

Agora, o Pinheiros/SKY se prepara para enfrentar o Uniceu/BRB/Brasília, na próxima sexta-feira, dia 21 de Novembro. O jogo será realizado no Ginásio do Clube Hebraica, em São Paulo, e o técnico Marcel de Souza poderá contar com o retorno do ala/pivô Felipe Ribeiro, recuperado de um mau jeito no pescoço. Por outro lado, o pivô Morro, que passou por cirurgia no nariz, está fora. O ala Ted Simões, com um problema na virilha esquerda, é dúvida para enfrentar o time brasiliense.

É isso!

Comentem e Compartilhem!
Até+

Diego Silver