De dentro para fora do Jogo, uma visão diferente de quem de alguma forma viveu O Basquete.
VOCÊ ESTÁ EM:
  Raptors x Warriors - O que vai mudar para o Jogo 02 das finais da NBA

A melhor época do ano para o Basquetebol chegou, as finais da NBA. um jogo 01 alucinante aconteceu entre Toronto Raptors e Golden State Warriors. O Scotiabank Arena estava lotado e isso foi incrível, um show a parte da torcida que tem feito festa não só no ginásio, mas também no Jurassic Park que virou um ponto de encontro para o torcedor do Raptors e fã do Basquetebol.

Antes de qualquer coisa, um ponto que ninguém pode dizer que não é o show que os torcedores do Raptors vem dando não só durante a série, mas sim nos últimos anos, o que é sensacional para o esporte. Uma lição para todos, um pais inteiro apoiando uma equipe de um esporte e isso não acontece só com o Basquetebol, diversos esportes em que o Canadá tenha um representante naas ligas norte-americanas, uma festa como essa acontece.

Raptors x Warriors - O que vai mudar para o Jogo 02 das finais da NBA
Foto: Dan Hamilton-USA TODAY Sports

Quanto ao jogo 01 da série, o Raptors saiu vitorioso, 118 à 109. Uma grande partida de Kawhi Leonard, Pascal Siakam, Kyle Lowry, Marc Gasol e companhia. Conseguiram anular o banco do Warriors e restringir o poder ofensivo da franquia da Califórnia em três jogadores, Stephen Curry, Klay Thompson e Draymond Green.

O Raptors terminou a partida com um aproveitamento de 50,6% dos seus arremessos de , contra 50% do Warriors uma pequena diferença pensando no resultado da partida como um todos. Mas a diferença na pontuação veio dos lances livres, o Warriors foi muito mais faltoso durante o jogo, colocando a bola na mão do Raptors na linha do lance livre em 32 oportunidades, enquanto o Raptors 14.

Dos 32 lances livres arremessados pelos jogadores do Raptors, eles arremessaram somente 27, ou seja, mais uma vez lance-livre ganha jogo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Quanto ao que aconteceu no jogo!

Em um primeiro momento é normal entender que a produção dos jogadores que são Franchise players será maior, não existe outra maneira de se pensar isso. Mas o banco do Warriors ficou devendo um pouco, ou a equipe está muito dependente do que o Stephen Curry, Klay Thompson e Draymond Green podem produzir.

Quando se olha a produção offensiva do Raptors, a situação é completamente oposta, um elenco que aparentemente compartilha mais a bola, já que dos 9 jogadores que entraram em quadra, 5 tem mais de 11 pontos e ainda vale ressaltar que o Kyle Lowry que saiu de quadra com 7 pontos foi de extrema importância na partida, já que ele foi responsável por defender o Klay Thompson além dos equilíbrios defensivos e fazer a transição com bola.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O que o Warriors, precisa mudar no Jogo 02?!

Em um primeiro momento a postura defensiva, já que eles pareciam não fazer questão de pressionar o homem da bola e para o Lowry isso foi muito bom, para ele ficou fácil jogar contra uma equipe assim, já que em muitos momentos a defesa flutuou em cima do armador que está levando a bola e fez com que as ações ofensivas começassem de forma confortável.

Depois disso não podemos esquecer que o Marc Gasol mudou sua forma de jogar, ele não é mais um pivô que tem um jogo interno como característica marcante, ele evoluiu e agora tem um repertório mais diversificado, com bolas dos três pontos e movimentações para infiltrações. Mas o Warriors esquecer que ele chuta dos três e deixou ele receber bolas livre para arremessos confiantes.

O terceiro e ultimo erro do Warriors foram os demasiados bloqueios para rebotes. O GSW esqueceu de olhar ou formatar melhor os bloqueios para rebote, posicionando algumas vezes quatro jogadores sozinhos dentro do garrafão para recuperar a bola, algo desnecessário, já que o Run and Gun deles estava sendo parado pelo equlibrio defensivo do Klow7. Então deixar de se posicionar como se posicionaram nos rebotes pode ser uma grande solução para o aumento da produção ofensiva.

Então o Raptors só acertou!?

Não muito pelo contrário, a maior arma do Toronto Raptors é o sistema de dobras/ajudas/coberturas defensivas. O problema é que as ajudas e coberturas não funcionaram muito bem como contra o Milwaukee Bucks, que ao dobrarem em cima do Antetokounmpo a primeira opção de passe dele depois da dobra era fechada e o passe antecipado pela defesa, o que fez o Giannis cometer alguns erros e perder sua eficiência ofensiva.

No jogo 01 contra o Warriors, eles se esqueceram disso e as bolas sobravam para os jogadores do Warriors livres para arremessos ou novas tentativas de organização ofensiva, se o Pascal Siakam, não tivesse em uma noite iluminada como foi a do primeiro jogo, o Raptors poderiam ter perdido a partida, por conta desses erros defensivos.

Okay! Mas o que deve mudar!?

Sem pensar nos erros já apontados, pelo lado do Warriors parar o Siakam é uma prioridade, assim como o retorno do Kevin Durant passou a ser, do lado do Raptors, aproveitar melhor o Danny Green é uma possibilidade, porque eu acredito que o Kyle Lowry continuará sem pontuar muito, já que tem que marcar o Klay Thompson correndo de um lado para o outro, além das trocas e coberturas.

E você caro leitor?! Tem alguma outra idéia do que pode acontecer no Jogo 02 da série entre Toronto Raptors e Golden State Warriors?! Comenta ai e não deixem de acompanhar o canal do Área Restritiva no YouTube, porque vamos fazer a cobertura completa das finais da NBA.

SOBRE O AUTOR Diego Andrade, mais conhecido como Diego Silver. Professor de Educação Física. Pai, viciado em coisas de Nerd e é claro entusiasta do Basquetebol. Ex-Aluno do Bi-Campeão Mundial Rosa Branca, quando o mesmo era servidor do SESC Consolação. CONHECER TODO TIME
RESENHE COM A GENTE AÍ!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

 
 
VOLTAR AO TOPO
%d blogueiros gostam disto: