O Pinheiros/SKY empatou a série de oitavas de final do NBB 7 contra o UniCEUB/BRB/Brasília. Assim como o primeiro jogo do confronto, a segunda partida foi equilibrada do início ao fim, mas desta vez foi a equipe paulista quem saiu vencedora. Com grande atuação de Jason Smith no segundo tempo, o time do técnico Marcel de Souza levou a melhor, pelo placar de 96 a 90, em duelo realizado na noite deste sábado, no Ginásio Henrique Villaboim, em São Paulo.

Depois de um grande começo do Pinheiros, que chegou a abrir 12 pontos de frente, 22 a 10, durante o primeiro quarto, Brasília pouco a pouco foi se acertando em quadra e foi para os vestiários com cinco pontos de frente, 44 a 39. Foi então que brilhou a estrela de Jason. Com 15 pontos no terceiro quarto e outros xx no último período, o ala/armador fechou a partida com expressivos 30 pontos e foi o grande protagonista da vitória do clube paulista.

“Eu tive problemas com faltas durante o primeiro tempo, mas conseguiu entrar focado no segundo tempo e pude ajudar o time a vencer. Todo mundo foi muito bem no segundo tempo e conseguimos vencer. Foi muito importante essa vitória para nós. Não poderíamos ficar com 2 a 0 de desvantagem, se não a situação ficaria muito complicada. Agora temos que nos manter concentrados para as partidas em Brasília”, disse Jason.

Fotos: Wander Roberto/Pinheiros
Fotos: Wander Roberto/Pinheiros

Para construir a maior pontuação dos playoffs do NBB 7 até o momento, Jason apresentou um incrível aproveitamento ofensivo e só errou quatro arremessos durante todo o jogo. Seu irmão mais velho, Joe, foi outra figura importante para o êxito dos pinheirenses e somou um duplo-duplo de dez pontos e 12 assistências.

Com 11 pontos, sendo seis deles na reta final da partida, o ala Ted Simões também teve atuação destacada na equipe vencedora. Autor de 13 pontos, sendo dez deles no segundo tempo, o pivô André Bambu também se sobressaiu.

Do lado candango, seis jogadores atingiram dígitos duplos na pontuação e o cestinha foi o pivô Ronald, seguido por LaMonte e Fúlvio, ambos com 14 pontos. Arthur, com 13 pontos, e Cipolini e Fred, que marcaram 12 pontos cada, completaram a lista dos destaques da equipe visitante.

“Eles jogaram com mais intensidade do que nós. No primeiro jogo nós fomos muito bem e conseguimos dominar o jogo, mas hoje não soubemos lidar com a maneira com que eles jogarem. Agora é esfriar a cabeça e analisar nossos erros para entrarmos com tudo nos jogos em casa”, disse o ala candango Arthur.

Agora, a série partirá para o Distrito Federal e o terceiro jogo acontecerá na próxima terça-feira, às 19h30, no Ginásio da Asceb, com transmissão ao vivo dos canais SporTV. A quarta partida acontecerá dois dias depois, na quinta-feira, dia 16 de Abril, também em Brasília.

Minas e Macaé fazem o Jogo 2 neste domingo

Fotos: Raphael Bózeo/Macaé Basquete
Fotos: Raphael Bózeo/Macaé Basquete

Minas Tênis Clube e Macaé Basquete darão sequência ao duelo válido pelas oitavas de final do NBB 7 neste domingo. Com transmissão ao vivo do canal SporTV 2, as duas equipes voltarão a se enfrentar na Arena Minas, em Belo Horizonte, às 17 horas.

Na última sexta-feira, o clube de Belo Horizonte fez valer o mando de quadra e venceu a primeira partida da série com autoridade. Depois de uma bela arrancada no segundo período, o time dirigido por Demétrius assumiu a ponta do placar e não permitiu mais que os macaenses reagissem.

É isso!

Comentem e Compartilhem!
Até+

Diego Silver