O Mogi das Cruzes/Helbor fez uma belíssima partida e superou o Bauru com uma vitória por 75 a 66, pela Liga das Américas – LDA. Agora o time de Danilo Padovani fica mais próximo de uma vaga no Final Four mas, para isso, precisa vencer o já desclassificado Malvin amanhã, às 17h45. O Mogi das Cruzes/Helbor e o Bauru somam uma vitória cada um e o Quimsa – ARG tem duas. Neste domingo, os bauruenses encaram os argentinos e se perderam estão eliminados. Caso o Bauru vença e o Mogi das Cruzes/Helbor também, todos ficam com duas vitórias e os classificados serão definidos pelo critério de desempate.

O armador Larry Taylor e o ala-pivô Tyrone foram os cestinhas do jogo desta noite, com 20 e 19 pontos respectivamente. O ala Shamell também passou dos dois dígitos no marcador e converteu 11 pontos.

“Nós saímos muito felizes com essa vitória e queremos dedicar a toda a torcida mogiana que está torcendo por nós e ao Filipin que saiu contundido da partida. A equipe uniu forças e sabia que hoje era um jogo muito importante, tudo ou nada, porque temos esperanças de classificar para a próxima fase”, comemora o técnico Danilo Padovani.

Quem venceu o confronto brasileiro da LDA
Ricardo Fischer.
Foto: Caio Casagrande/Bauru Basket

O ala Jimmy, que atuou 37 dos 40 minutos devido à lesão do capitão Guilherme Filipin no início do jogo, enfatiza que a vitória desta noite só terá importância se a equipe ganhar neste domingo do Malvin.

“Conseguimos controlar o jogo em grandes momentos e não tem nenhuma parcial muito grande. Fizemos uma defesa dura o tempo inteiro. Nós temos que ganhar de Malvin se não não adiantou de nada essa vitória de hoje. Complicamos a vida de Bauru e ganhando amanhã estamos praticamente dentro.”

O ala Robert Day anotou 15 pontos e foi o destaque da equipe bauruense.

“Temos que pensar para frente não podemos abaixar a cabeça agora, temos que aprender com os erros, não tivemos bons aproveitamentos ofensivos e eles conhecem muito bem o nosso jogo, isso dificultou muito. Temos que pensar no jogo de amanhã”, disse Robert Day.

O técnico Demétrius Ferracciú comentou o resultado.

“Não tivemos uma boa noite, não tivemos bom aproveitamento e isso dificulta. Temos que ter tranquilidade e buscar a vitória sobre o Quimsa para tentar a classificação”, disse.

O jogo

O Mogi das Cruzes/Helbor começou bem o jogo e logo abriu uma vantagem de nove pontos sobre o Bauru. Aos poucos, os donos da casa foram encaixando o jogo e chegaram mais perto do placar, mas mesmo assim os mogianos fecharam o primeiro quarto ganhando por 16 a 13. O armador Larry Taylor foi o destaque com nove pontos convertidos no período.
No segundo quarto o Bauru intensificou seu jogo em quadra e chegou até a virar, mas continuava tudo completamente equilibrado. Ao final do quarto, 35 a 36, com parcial de 19 a 23.

A volta do intervalo foi intensa, com marcação cerrada do Mogi das Cruzes/Helbor, que terminou o terceiro quarto com a vantagem de 58 a 55.
No último quarto os mogianos abriram 13 pontos de diferença e conseguiram administrar a vantagem dentro de quadra para sair com a vitória. No quarto, o Mogi das Cruzes/Helbor marcou 17 contra 11.

Na primeira partida da noite o Quimsa – ARG venceu o Malvin – URU por 75 a 56.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.