Covid-19 e Black Lives Matter, a NBA ficou entre ficar em casa e ir para a rua

A temporada 2019/20 da NBA entrou para a história, esse tão falado asterisco que vai ficar no campeão da temporada, ficaria de qualquer forma. Load Management, multas de condutas, jogadores lesionados, trocas feitas que parecem ter acontecido por birra e, por fim, a suspensão da temporada regular por conta do covid-19, NBA Bubble e agora as manifestações que tomaram as ruas dos EUA.

Já conhece o canal do Área Restritiva no Youtube? Clique e se inscreva!

Citamos aqui a NBA, porque a temporada estava com seus 2/3 concluídos, diferente da WNBA que ainda não havia começado, mas a partir do covid-19 dentre os problemas listados, os problemas e situações sãos os mesmos.

Quanto ao coronavírus, a temporada foi suspensa em Março, após Rudy Gobert ser o primeiro jogador a ser diagnosticado com a doença. Depois disso, uma onda de suspensões e cancelamentos de temporadas rodou o mundo. Entre a WNBA e a NBA, nenhuma morte, diferente do mundo todo, segundo o site World Meters foram contabilizadas 468.144 mortes por coronavirus, enquanto só no Brasil foram 50.182.

Na foto, o comissário da NBA Adam Silver ao lado do Mickey em uma das fotos de divulgação das ações da NBA na Disney. O que deveria acontecer com a temporada da NBA - Área Restritiva
A temporada 2019/20 teve tantos problemas, que nem todos os abraços do Mickey no Adam Silver vai deixar o comissário da NBA feliz.
Foto: Joe Murphy/Getty Images

A NBA Bubble foi criada para a conclusão da temporada 2019/20, enquanto a WNBA criou um molde parecido para que a temporada 2020 aconteça.

Enquanto isso, o mundo assistiu o vídeo do assassinato de George Floyd (sim, eu vou continuar chamando de assassinato e se você não gostou, não ligo de você não continuar a ler esse texto), o Movimento Black Lives Matter ganhou o mundo e agora muita gente passou a ver o que a comunidade negra não só nos Estados Unidos, mas no mundo, está passando.

Por conta dos movimentos sociais negros dos EUA, diversos jogadores das ligas foram para as ruas. Aqui no área, já contamos as histórias de JR Smith, Malcolm Brogdon, como também citamos Enes Kanter, Jaylen Brown, Stephen Jackson e os fundos de ajuda criados pelos jogadores da NBA e da WNBA.

Problemas históricos raciais são problemas da NBA

Todo fã de Basquete gosta de ver estatísticas, então vamos começar com uma interessante. 74,4% dos jogadores da NBA são pretos.

Mas o racismo estrutural também chegou na NBA uma vez que o número de técnicos e cargos administrativos não reflete nem um pouco essa realidade, convido então você para um exercício mental rápido. Quantos técnicos negros estão em atividade na temporada 2019/20 da liga? (Não vale olhar no google) Na minha mente veio somente o Dwayne Casey e o Doc Rivers, podemos adicionar o Ty Lue que é assistente, quem mais? Não vou nem falar de mulheres porque o exercício vai ficar mais “fácil”.

Te ajudo aqui (eu sabia o número mas não os nomes), são 8 técnicos negros (contando o Ty Lue): Ty Lue, Doc Rivers, Nate McMillan (Pacers), David Fizdale (Grizzlies), Jason Kidd (Lakers), Alvin Gentry (Pelicans), Dwane Casey (Raptors) and Earl Watson (Suns).

Na foto John Wall e Bradley Beal marchando em protestos no dia da abolição da escravatura nos Estados Unidos. O que deveria acontecer com a temporada da NBA - Área Restritiva
John Wall e Bradley Beal, junto de atletas do Washington Mystics, marcharam pelas ruas de Washington no dia 20 de junho, na “celebração” do Juneteenth.
Foto: Divulgação/Washington Wizards

Essa é uma das alegações dos jogadores que estão nas ruas, eles querem uma NBA mais envolvida com a comunidade negra, já que os pretos da NBA são envolvidos com a liga e transformaram a liga em uma marca mundialmente sólida. Uma mão lava a outra, não é verdade?

O que EU acho que vai acontecer com a temporada 2019/20?

Basicamente a temporada 2019/20 vai acontecer e a maioria vai jogar, simples!

Na real, não é algo tão simples assim, mas é isso que vai acontecer. Os jogadores vão para a Disney ficar por lá quatro meses. É claro que temos jogadores dissidentes, gente que vai torcer o nariz, mas a temporada vai acontecer.

Os salários serão doados e a importante manutenção dos movimentos negros norte-americanos também vai acontecer. A NBA, politicamente, vai tentar ceder a algumas das exigências e a temporada 2019/20 vai acontecer pacificamente, para a felicidade dos fãs do esporte e de todos os envolvidos.

O grande impacto não será na temporada 2019/20, mas sim na temporada 2020/21. Eu acredito que pode haver uma greve na temporada, para reforçar as demandas da coalizão dos jogadores. Durante a greve, os jogadores são liberados para jogar, já que não precisam cumprir os seus contratos e aí entra a Liga do Kyrie Irving.

Na foto, LeBron James de costas a foto enquadra o nome nas costas do jogador do La Lakers, James e o ângulo da foto ainda pega a lateral do rosto do jogador. O que deveria acontecer com a temporada da NBA - Área Restritiva
Se o Lebron jogasse outra liga ao invés da NBA você assistiria?
Foto: Mike Stobe/Getty Images

Os jogadores da NBA vão ter toda a atenção do mundo, os movimentos negros mais atenção ainda e a NBA vai entender o poder que os jogadores negros têm (não que não entenda, mas vai ficar evidente) e aqui o maior divisor de águas: ou a liga muda ou os jogadores fazem a liga deles florescer.

O mundo entende que esse tipo de mudança só acontece na dor e nada melhor do que doer no bolso de um monte de empresário, para poder gerar mudanças. Os 74,4% da NBA são os maiores ativos do mundo ou você acredita que não?

Leia também! O dia que a NBA parou! Você sabia que a liga já parou antes?

Agora que eu coloquei essa dúvida na sua cabeça, imagine: temporada 2020/21 sem NBA e WNBA, mas com as ligas dos jogadores acontecendo, com predominância preta e os movimentos negros sendo inflamados por isso.

Obrigado! De nada!

Entenda o que está acontecendo na NBA nesse momento, vamos te ajudar nisso!

Kyrie x LeBron? Atletas da NBA Rachados? Entenda!

Kyrie Sindicalista? Entenda o lado de Kyrie Irving

LeBron James calado? Entenda o que está acontecendo

O Área Restritiva está no YouTube, conheça o nosso canal. Vídeos três vezes por semana.

Fique por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais; marcamos presença no FacebookInstagram e no Twitter. Ah! Também estamos no Catarse, aqui você conhece todo o projeto do Área Restritiva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.