Todo mundo de olho no que a NBA, será que a liga vai voltar?

Calma, não é a chance de você ir para a Disney porque a NBA tem um parque lá dentro. Você não vai abraçar o Pateta o LeBron James ao mesmo tempo, não é um projeto de parque como o do Space Jam, mas talvez a NBA tenha jogos na Disney.

Mais uma semana sem NBA e a cada semana que passa os fãs começam a se perguntar quando a liga volta. Nesse momento os executivos da liga estão otimistas sobre o retorno, metade das franquias já liberaram o retorno aos treinos, existem planos para o retorno e a NBA está analisando o que outros esportes fizeram para os retornos.

Situação da NBA nesse momento

Hoje a NBA vive um momento de esperança, talvez esse seja o melhor termo para a situação da liga. Existem diversos estudos e levantamentos para os cenários do Basquete Norte-Americano, isso é algo apesar que Adam Silver vem informando e que todos acreditam, afinal estamos falando de NBA.

Apesar de não termos muitos detalhes os cenários mais promissores são de um formato de competição com jogos em dois locais diferentes, com todos os integrantes das equipes alojados em duas cidades, Las Vegas e Orlando.

Esse cenário é o mais promissor e pensando na realidade da NBA é possível, as franquias tem seus aviões, além de condições financeiras de manter suas staffs não dependendo assim de profissionais externos para lidar diretamente com os jogadores e membros da comissão técnica.

LeBron James e alguns outros franchise players, estão inclinados para o retorno da temporada, o que é um ponto positivo, conforme falamos aqui, Damian Lillard que é um dos representantes da associação de jogadores se posicionou de forma positiva com o retorno dos treinos.

Estamos no Catarse! Conheça o projeto do Área Restritiva no Catarse, precisamos de você nesse momento.

Na foto, Raul Neto do Philadelphia 76ers, a foto foi tirada no Media Day, ele está com a camisa azul do 76ers, com a bola da Spalding debaixo do braço esquerdo olhando diretamente para a câmera. NBA Na Disney?! Novidades sobre o retorno da liga - Área Restritiva
Raulzinho participou do Fórum 360 Live que foi transmitido nessa segunda-feira. Foto: AFP/NBAE

Retorno aos treinos e aos jogos

A NBA criou um protocolo para os retornos e por mais que nesse momento 15 das 30 franquias já tenham autorização para o retorno de suas atividades, os treinos ainda são individuais e restritos a 4 jogadores por dia, além disso os treinos são voluntários, ou seja, os jogadores vão aos centro de treinamentos se quiserem e com aviso prévio para evitar aglomerações nos locais.

Também por serem voluntários os jogadores que não moram próximos aos centros de treinamento estão liberados para continuarem em casa, como é o caso do brasileiro Raul Neto, que atualmente defende o Philadelphia 76ers, mas que mora em Utah. O brasileiro participou ontem de um painel com outras lendas do Basquete brasileiro e falou um pouco sobre o que está acontecendo na NBA.

Raulzinho, comentou sobre o que tem feito, como também já publicamos no Basketball Bulletin, mas falou sobre as informações da NBA e o retorno aos treinos.

Segundo o brasileiro, o 76ers liberou os jogadores que não estejam na Philadelphia para continuarem em casa, em isolamento, não existe previsão de retorno da competição, então não tem porque colocar os jogadores em risco pedindo para que retornem para Philly.

O camisa 19 do 76ers também comentou sobre a insegurança de retorno, nesse momento por mais que todas as precauções sejam tomadas por ele, ninguém consegue assegurar se o jogador adversário está tomando as mesmas providências e essa é uma opinião que divide todos os jogadores, mas eles entendem que a competição só vai retornar em um ambiente seguro para os jogadores e todos os envolvidos, você pode ver na integra o fórum 360 aqui.

Nesse momento a NBA segue com a liberação para os treinos individuais, além dos protocolos para treinos em casa. A liga trabalha com a possibilidade de retorno em duas sedes, mas para isso diversos procedimentos para a segurança de todos vão ser adotados, inclusive os executivos trabalham para conseguir a compra e armazenagem de cerca de 15.000 testes de Covid-19 para então poder falar de forma exata sobre o retorno da temporada 2019/20.

Um ponto importante para ressaltar é que a NBA, não está tirando nenhum teste ou medicamento de regiões ou hospitais que precisam, mas sim busca fornecedores e incentivar a produção de testes.

Não perca nada sobre a NBA, acompanhe as novidades da liga aqui e do Basquete pelo mundo aqui.

O Área Restritiva está no YouTube, conheça o nosso canal. Vídeos três vezes por semana.

Fiquem por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais, marcamos presença no FacebookInstagram e no Twitter.