Linha da Converse que homenageia os primeiros negros draftados na liga americana chega ao Brasil

Uma NBA clássica não é uma NBA com tênis Adidas ou Nike. Ponto. A classe, a estética e a identificação dos kicks, como são chamados os tênis de basquete, vem toda do Tênis Converse Chuck Taylor, o famoso All Star.

Em 2020, a Converse tenta trazer essa parceria à tona outra vez com modelos especiais e homenageando momentos históricos da NBA. Um dos lançamentos deste ano, por exemplo, homenageia Chuck Cooper, Nat Clifton e Earl Lloyd, os primeiros negros a jogar na liga.

CONTEXTO

O tênis Chuck Taylor All Stars surgiu em meados de 1922 após uma parceria da Converse com um jogador de basquete semiprofissional chamado Charles (Chuck) Taylor. Ele trabalhava na empresa como entregador, mas quando sugeriu uma repaginação nos modelos já produzidos, foi contratado para mais. Na década de 1960, então, os tênis redesenhados já eram febre entre jogadores de basquete e na ABA-NBA. Porém, esse cenário começou a mudar em 1970, quando outras empresas de calçados surgiram.

CHUCK COOPER, NAT CLIFTON E EARL LLOYD

Chuck Cooper: em 25 de abril de 1950, Charles (Chuck) Cooper foi draftado pelo Boston Celtics na 13ª posição. Quebrando barreiras, ele foi o primeiro negro a ser escolhido no Draft na NBA e isso foi uma surpresa. Sob uma América racista e hegemônica, ele ouviu comentários sobre sua pele e sobre seu lugar. Situações totalmente ignoradas por Walter Brown, proprietário dos Celtics, que quando foi questionado se “não sabia que ele era preto”, respondeu que não importava se ele era “listrado, xadrez ou de bolinhas“. Assim, ele se tornou um celta.

Cooper jogou seis anos na NBA entre Celtics, Milwaukee Hawks e Fort Wayne Pistons, inclusive chegando às finais, e se aposentou em 1956.

Nat Clifton: foi o primeiro jogador afro-americano a assinar um contrato da NBA. Segundo negro a jogar na liga, ele assinou com o New York Knicksbockers, time o qual chegou às finais da liga logo no seu ano de rookie. Ele se aposentou em 1958 jogando pelo Detroit Pistons.

Earl Lloyd: Assim como os outros dois citados, ele foi draftado em 1950. Mas, o que o difere deles? No dia 31 de outubro de 1950, ele se tornou o primeiro afro-americano a atuar em um jogo na NBA. Chuck Cooper fez sua estreia em 1º de novembro de 1950 e quatro dias depois foi a vez de Nat Clifton.

Lloyd foi draftado pelo Washington Capitols, no entanto, seu seu sucesso só ocorreu mais tarde. Em 1955, ele foi campeão pelo Syrause National, e encerrou a carreira nos Pistons.

CHUCK TAYLOR ALL STARS

Apesar da homenagem aos pioneiros, o Chuck Taylor ficou famoso mesmo na NBA na década de 1960 e 70. O principal nome da marca era Julius Erving, o Doctor J, mas haviam outros jogadores que utilizavam o tênis. Larry Bird e Kareem Abdul-Jabbar, por exemplo, travaram duelos incríveis com Chucks nos pés. A Converse, no entanto, perdeu força com o lançamento de outras marcas no mercado e viu o All Star se tornar moda de rua.

Os modelos lançados em 2020 e, que chegaram ao Brasil agora em maio, aliás, são inspirados justamente na estética do Chucks 70: moderno e com pegada vintage. E, as cores são inspiradas nos times que cada atleta jogou. Por exemplo, o modelo do Cooper é verde em homenagem aos Celtics. Já o do Clifton é azul (Knicks); e, por fim, o modelo preto é inspirado em Lloyd e os Capitols.

Na imagem, os modelos de Converse Edição Especial, são seis tênis enfileirados e centralizados na imagem, todos, três em uma modelagem mais antiga e três mais novos. NBA e Converse All Star: quebrando as barreiras do racismo - Área Restritiva.
Novos Converse All Star NBA. Fonte: Converse

Esse texto foi construído e inspirado pela chegada dos tênis ao Brasil. Para comprar os modelos, acesse o site da Converse ou da Loja Vírus (Brasil).

CHUCK TAYLOR NA NBA ATUAL

Após muitos anos sem produzir algo voltado à NBA e o basquete, a Converse resolveu voltar a fabricar tênis de quadra. O rosto da linha e da campanha é Kelly Oubre Jr, jogador do Phoenix Suns, uma pessoa bastante atenta à moda. Após ele, outros atletas já foram vistos usando os modelos casuais da marca, e, recentemente, Draymond Green assinou contrato.

Links de apoio: Nike, Chucks Connection, Sneaker Freaker, NBC Sports, Hypebeast e The Undefeat.

LEIA TAMBÉM:

CHARLES BARKLEY, KARL MALONE… AIR JORDAN NO PÉ E O RAP NO HEADPHONE

ME SIGA NO TWITTER: twitter.com/tlsvick