O Mogi das Cruzes/Helbor viaja nesta terça-feira, dia 28 de Abril, para Macaé, no Rio de Janeiro, para mais duas partidas contra o time carioca pelas quartas de final do NBB 7. A série melhor de cinco está empatada em 1 a 1. A rodada, porém, não foi de surpresas só para o time mogiano, que perdeu no sábado, dia 25) com o Ginásio Hugo Ramos lotado de seus torcedores. Os outros três primeiros colocados e favoritos também perderam em casa e encerraram o segundo jogo empatados em 1 a 1. Agora, Bauru, Limeira, Flamengo e o Mogi das Cruzes/Helbor terão de fazer o que mais sabem fora, com a torcida contra.

Apesar de não poder contar com o sexto jogador, para o elenco de Paco García esse fator não deve ser problema, já que o time tem atuado bem fora de casa e tem sido um visitante “ingrato” durante o campeonato, inclusive contra o próprio Macaé, que já foi derrotado pelos mogianos lá.

“Está 1 a 1 e a gente tem totais condições de chegar lá e ganhar. A gente já sabe qual é o caminho”, salienta o armador Gustavinho.

O também armador Elinho relembra que não tem nada resolvido ainda na série e que jogar longe não é tão problemático assim.

“A gente já ganhou lá e não pode esquecer disso. A gente não perdeu nada ainda”, alerta.

As partidas acontecerão na quarta, dia 29 e no feriado de 1º de maio, ambas às 19h30, no Ginásio Tênis Clube Macaé. Se ganhar as duas, o Mogi das Cruzes/Helbor elimina o quinto jogo, caso contrário, recebe ainda o Macaé para fazer a decisão em casa.

 

É isso!

Comentem e Compartilhem!
Até+

Diego Silver

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.