O treino desta segunda-feira, dia 30 de Março, do Mogi das Cruzes/Helbor foi intenso e focado em um principal objetivo: encarar o líder Paschoalotto/Bauru, que só perdeu dois dos 28 jogos nesta temporada do NBB7. A partida dura está marcada para amanhã, dia 31 de Março no Ginásio Panela de Pressão, às 19h30, com transmissão ao vivo pelo canal SporTV.

“Bauru é o timaço deste ano 2014/2015. Acho que eles têm 31 vitórias consecutivas, entre Liga das Américas e NBB, mas queremos sair nos jornais como um time que foi capaz de derrotar o timaço da temporada. Para isso, temos que fazer as coisas bem. Eles são o primeiro ataque da competição, a segunda melhor marca defensiva e têm jogadores de muita qualidade e muito alto nível. Sabemos que vamos cometer erros, mas temos que limitá-los. Jogo perfeito não existe. Mas vamos fazer um bom jogo para buscar a vitória contra Bauru”, salientou o técnico Paco García.

O capitão Guilherme Filipin enfatizou que é preciso reduzir os erros bobos para não dar mais espaço aos bauruenses e focar ao máximo para sair com a vitória.

“O Bauru é uma equipe que joga muito em cima dos erros dos adversários. Às vezes o adversário tem muita ansiedade em ganhar e acaba se atrapalhando. Nós temos que ter tranquilidade e fazer o nosso jogo, aquilo que nós estamos acostumados a fazer, sem inventar nada. Erros vão acontecer, mas temos que evitar ao máximo. Nós temos a chance matemática ainda de ficar em terceiro e vamos lutar até o último segundo por essa classificação”.

O pivô Gerson também acredita que é possível vencer o líder do campeonato.

“Bauru é um time muito forte, mas temos que chegar lá e colocar o nosso trabalho dentro da quadra deles. Nós estamos trabalhando para melhorar a nossa defesa e estamos bem preparados para amanhã. A pior dificuldade é o que colocamos na nossa cabeça”.

O time já está entre os quatro primeiros colocados, com vaga direta para as quartas-de-final, mas para alcançar a terceira posição na tabela precisa vencer este jogo contra os líderes bauruenses e o próximo, contra Franca, além de torcer para o Flamengo perder ao menos uma partida. Caso o Mogi das Cruzes/Helbor ganhe apenas um desses dois jogos, os rubro-negros precisam perder os dois, contra Rio Claro e Limeira para que os mogianos fiquem na terceira colocação. Mogi das Cruzes/Helbor e Flamengo estão empatados com 48 pontos, mas os cariocas têm vantagem na disputa direta.

É isso!

Comentem e Compartilhem!
Até+

Diego Silver

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.