Jogando em casa, os limeirenses venceram a quinta partida na temporada 2014/2015 do NBB. Palmeiras, Pinheiros e Mogi também venceram.

O Winner/Limeira continua com 100% de aproveitamento no NBB. O único time invicto na temporada 2014/2015 do NBB superou, nesta sexta-feira, o São José/Unimed, em casa, por 82 a 71, e chegou a sua quinta vitória consecutiva na competição.
A equipe de Limeira, que lidera o NBB absoluta, dominou o jogo desde o primeiro minuto e teve a tranquilidade para segurar a pressão do adversário nos momentos finais.

O ala/armador dominicano, Ronald Ramon, foi o grande cestinha do Limeira com 18 pontos. Quem também teve um ótimo desempenho pela equipe vencedora foi o ala/pivô Rafael Mineiro, com 15 pontos. Pelo São José, o principal destaque foi o pivô Caio Torres, autor de 16 pontos.

Fotos: Fabio Menotti/Ag. Palmeiras
Fotos: Fabio Menotti/Ag. Palmeiras

Pinheiros e Palmeiras vencem em São Paulo
Nas duas partidas realizadas em São Paulo, os mandantes tiveram sucesso. Jogando no Palestra Itália, o Palmeiras/Meltex voltou a fazer a lição de casa e somou a segunda vitória consecutiva como mandante no NBB 7. Nesta sexta-feira, a equipe alviverde controlou o placar desde o primeiro quarto, segurou o Basquete Cearense e voltou a vencer atuando no Ginásio Palestra Itália, em São Paulo, pelo placar de 94 a 87.
Com o segundo triunfo seguido em casa, o time dirigido pelo técnico Régis Marrelli subiu na tabela de classificação e agora soma três resultados positivos em cinco jogos disputados. Por sua vez, o time nordestino conheceu sua quinta derrota em seis partidas realizadas.

Para sair vencedor, o Palmeiras contou com grande exibição do pivô norte-americano Toyloy. O camisa 42 foi o cestinha da equipe, com 19 pontos, e ainda completou seu duplo-duplo ao apanhar expressivos 18 rebotes, maior marca do fundamento na temporada. Com 16 e 14 pontos, respectivamente, os alas/armadores Neto e Gianella também tiveram boa contribuição para o êxito dos paulistas.

Fotos: Moisés Nascimento
Fotos: Moisés Nascimento

O Pinheiros/SKY também venceu seu desafio diante do Uniceub/BRB/Brasília, por 95 a 82. Para vencer o duelo realizado no Ginásio do clube Hebraica, o Ginásio Poliesportivo Henrique Villaboim recebeu outro evento nesta sexta-feira, a equipe dirigida pelo técnico Marcel de Souza precisou segurar diversas tentativas de reação do time candango. Após a larga desvantagem na parcial inicial, o esquadrão da capital federal conseguiu baixar a diferença em diversos momentos, mas o Pinheiros não permitiu em nenhum momento que a liderança mudasse de lado.

“Não podemos deixar isso acontecer. Brasília é um grande time e quando se abre uma boa vantagem contra um time como esse você tem que se esforçar para abrir ainda mais. Eles tiveram alguns bons momentos, mas mantivemos nosso espírito coletivo e conseguimos essa importante vitória”, declarou o ala/armador Joe Smith, um dos destaques da equipe vencedora, com 17 pontos e nove assistências.
Irmão de Joe, o também ala/armador Jason Smith marcou 20 pontos e foi o cestinha pinheirense. Outro grande protagonista do triunfo dos paulistas foi o ala Marcus Toledo, que deixou a quadra com 14 pontos, oito rebotes e cinco bolas recuperadas. Pelo lado do Brasília, os destaques foram Arthur, autor de 21 pontos, e Guilherme Giovannoni e Cipolini, ambos com 18 tentos anotados.

Fotos: Guilherme Peixinho
Fotos: Guilherme Peixinho

Mogi vence antes do Final Four da Sul-Americana
Numa partida eletrizante, decidida no último segundo, o Mogi das Cruzes/Helbor conseguiu um resultado importante fora de casa. Os mogianos superaram o Rio Claro por 82 a 77 e alcançaram sua terceira vitória em cinco partidas disputadas no NBB.
Para chegar ao triunfo, o Mogi contou com uma performance incrível do ala norte-americano Shamell, que anotou 33 pontos, sendo cinco bolas de três pontos em sete tentativas. Quem também se destacou foi o ala Guilherme Filipin, com 13 pontos, e o ala/pivô Gerson, autor de nove pontos e 12 rebotes.

“Precisávamos ganhar esse jogo, principalmente depois da derrota em Limeira na quarta. Vencer fora de casa é importante no NBB e é um resultado que nos motiva também para na semana que vem encararmos o Final Four da Liga Sul-Americana”, afirmou Shamell.

O Mogi das Cruzes, agora, faz uma pausa no NBB e se dedica ao Final Four da Liga Sul-Americana, que será disputada nos dias 25 e 27 de novembro, em Bauru. Os mogianos enfrentam o Boca Juniors, da Argentina, na primeira semifinal, enquanto o Paschoalotto/Bauru encara o Malvín, do Uruguai. Os vencedores fazem a final da competição, que terá transmissão ao vivo do SporTV.

A tabela do NBB está disponível no site da Liga Nacional de Basquete

É isso!

Comentem e Compartilhem!
Até+

Diego Silver