Atuando em casa, o Winner/Limeira não deu chances ao UniCEUB/BRB/Brasília e largou na frente na série válida pelas quartas de final do NBB 7. Na partida que marcou a abertura da segunda fase dos playoffs, nesta quarta-feira, o time do interior paulista fez valer o mando de quadra e dominou o time candango diante de sua torcida, no Ginásio Vô Lucato e estreou no mata-mata com vitória, por 93 a 76.

Depois de ver os visitantes saírem na frente, 7 a 2, Limeira rapidamente reagiu e assumiu a dianteira ainda no primeiro quarto. Depois, a equipe foi gradativamente aumentando a diferença a seu favor e, com muita categoria e intensidade, apagou qualquer tentativa de reação do esquadrão da capital federal. O grande trunfo para a vitória limeirense foi o jogo coletivo e cinco atletas atingiram dígitos duplos na pontuação.

Fotos: Nelson Toledo/LNB
Fotos: Nelson Toledo/LNB

Os cestinhas da equipe vencedora foram o ala/armador dominicano Ronald Ramon e o armador Nezinho, ambos com 15 pontos. Responsáveis por 14 pontos cada, os alas/pivôs Raafel Mineiro e Chris Hayes foram outro destaque dos donos da casa. Com dez pontos, o ala Matheus Dalla também teve boa participação. Do lado do time candango, os cestinhas foram o ala/pivô Giovannoni, com 22 pontos, e o ala norte-americano Kyle LaMonte, responsável por 14 pontos.

“A gente sabia, que além do adversário, teríamos que nos preparar para pegar o ritmo de jogo de novo. Treinamos muito nas últimas semanas e a equipe correu muito bem em quadra. Nosso sistema ofensivo funcionou muito bem, mas o mais importante hoje foi a defesa. Nosso time preza muito pelo coletivo e hoje não foi diferente”, disse Ronald Ramon.

O segundo duelo da série acontecerá na próxima sexta-feira, às 20 horas, novamente sob mando do Limeira. Depois, na próxima segunda-feira, dia 27 de Abril, o confronto irá para a capital federal e as duas equipes farão o terceiro jogo, no Ginásio da Asceb, com transmissão ao vivo dos canais SporTV.

“Fizemos um bom primeiro tempo e o jogo estava equilibrado. Mas nossa defesa deixou a desejar a partir do terceiro quarto. Deixamos eles abrirem e em uma partida de playoff fica muito difícil correr atrás. Não podemos nos abalar com a derrota e já temos que pensar na partida de sexta-feira”, disse o jovem pivô Ronald, do Brasília.

É isso!

Comentem e Compartilhem!
Até+

Diego Silver