Na abertura da terceira etapa, equipe de Fortaleza bateu o Brasília e contou com derrota do Pinheiros para se tornar a única equipe com 100% de aproveitamento

A LDB 2014 tem, agora, somente uma equipe invicta. Nesta sexta-feira, dia 26 de Dezembro, teve início a terceira etapa da maior competição de base do basquete brasileiro e o Basquete Cearense venceu pela 13ª vez, além de contar com derrota do Pinheiros/SKY, para se firmar como o único time com 100% de aproveitamento.
Uma das duas equipes que chegaram à segunda etapa sem saber o que é perder, o esquadrão de Fortaleza conseguiu sua 13ª vitória no campeonato Sub-22, ao derrotar o UniCEUB/BRB/Brasília, pelo placar 62 a 56, em duelo realizado no Ginásio do Praia Clube, em Uberlândia-MG.

Para vencer e seguir invicto, o time dirigido pelo técnico Espiga contou com grande atuação do trio Victor Gusmão, Davi Rossetto e Erick Camilo. Juntos, os três jogadores marcaram 43 pontos, marcando 15, 14 e 14 pontos, respectivamente.

 

Fotos: João Neto/LNB
Fotos: João Neto/LNB

Enquanto isso, na sede disputada em Campinas, no interior paulista, o Pinheiros/SKY conheceu seu primeiro revés. O responsável por quebrar a invencibilidade do clube da cidade de São Paulo foi o Mogi das Cruzes/Helbor, que teve uma grande atuação e triunfou pelo placar de 68 a 65.
A expressiva vitória mantém a equipe mogiana na briga pelas primeiras posições, agora com um total de dez resultados positivos em 13 jogos realizados. Por sua vez, o Pinheiros se encontra na vice-liderança, com 12 triunfos e uma derrota, atrás apenas do Basquete Cearense.

 

Fotos: João Neto/LNB
Fotos: João Neto/LNB

Em outra partida que colocou frente a frente dois times que se encontram na parte de cima da tabela de classificação da LDB 2014, o Winner/Limeira mostrou um grande poder de reação para vencer o Paulistano/Unimed, pelo apertado placar de 55 a 53, também em Campinas-SP.
Depois de estar com 17 pontos de desvantagem no início do terceiro quarto, a equipe do interior paulista mostrou um incrível poder de superação e contou com um arremesso decisivo do ala Higor no último segundo para confirmar a importante vitória. Agora, com o emocionante resultado positivo, Limeira igualou a campanha do Paulistano e ambos estão empatados na terceira posição, com nove vitórias e três derrotas.

 

Fotos: Raphael Oliveira/LNB
Fotos: Raphael Oliveira/LNB

Quem também está com o mesmo desempenho da dupla paulista é o Sport Club do Recife. Nesta sexta-feira, os rubro-negros venceram o clássico pernambucano diante do Náutico, por 78 a 65, e seguem na briga pelas primeiras posições da LDB 2014. Com um expressivo duplo-duplo de 29 pontos e 14 rebotes, o ala Chandler foi o grande destaque do duelo entre os tradicionais rivais do Recife.

 

Felício quebra recorde, e Flamengo vence na prorrogação
Com direito a quebra de recorde de rebotes do pivô Cristiano Felício, o duelo entre duas que estavam empatadas na classificação só foi decidido nos momentos finais, como era de se esperar. Realizado no Ginásio “Juquinha”, em Macaé-RJ, a partida entre Pascholatto/Bauru e Flamengo precisou de uma prorrogação para ser definida e, de forma emocionante, foi vencida pelos rubro-negros, por 88 a 87.

Fotos: Weverthon Manhães/LNB
Fotos: Weverthon Manhães/LNB

O grande destaque do triunfo flamenguista foi sem dúvidas o pivô Cristiano Felício. Com 26 pontos e 29 rebotes recuperados, recorde histórico do fundamento da LDB, a marca anterior era 27, o pivô do Flamengo fechou a partida com 47 pontos de valorização, 3ª melhor marca da história da competição e também com o rebote que garantiu a vitória da equipe carioca na prorrogação.
Após o triunfo, o Flamengo chegou à sua nona vitória em 13 partidas realizadas na LDB 2014. Já o Bauru, que tinha a mesma campanha de seu rival, agora tem oito vitórias em treze partidas.

 

Empatado com os flamenguistas e agora à frente dos bauruenses está o Unitri/Praia Clube. Um dos anfitriões da terceira etapa, a equipe do Triângulo Mineiro não teve maiores dificuldades para bater o Anápolis, por 74 a 44, para também alcançar sua nona vitória em 13 jogos disputados.

 

Não foi só Felício que escreveu seu nome na história da competição nesta sexta-feira. No último duelo da noite, o estreante ala Loroh converteu oito tiros de três pontos, estabeleceu a maior marca do fundamento na história da LDB, um a mais que o recorde anterior e comandou a vitória do Minas Tênis Clube sobre o Grêmio Náutico União, por 81 a 68.
Loroh, que defendeu o Paulistano na LDB 2013, chegou ao Minas neste mês e, logo em sua primeira aparição pelo clube de Belo Horizonte, se tornou o jogador com mais bolas de longas distâncias convertidas em uma só partida da competição Sub-22. Ao todo, o jogador registrou 33 pontos, maior marca da rodada.

 

É isso!

Comentem e Compartilhem!
Até+

Diego Silver