“Batman”, como é conhecido, está de volta ao Dragão após três temporadas

A diretoria do Zopone Bauru segue reforçando seu elenco para a temporada 2020/2021. Depois da renovação do contrato de Larry Taylor, da volta do ala Alex Garcia e das contratações do armador Alexey Borges e do pivô Dikembe da Silva, a equipe anuncia o retorno da bauruense Guilherme Deodato.

Já conhece o canal do Área Restritiva no Youtube? Clique e se inscreva!

“É muito bom voltar para casa e ter o trabalho reconhecido. Agradeço muito à cidade e a equipe de Bauru que estão me acolhendo e permitiram isso. A responsabilidade é gigantesca, o elenco é de pessoas vencedoras. Não será fácil, mas acredito que com união teremos grandes chances de colocar o Bauru Basket onde ele merece”, diz o ala que retorna à cidade após três temporadas.

Vanderlei Mazzuchini, comentou o retorno do ala. “Gui é um jogador da cidade e que tem uma identidade enorme. Vem aprimorando seu jogo ano a ano, muito forte fisicamente, com boa defesa, bom arremesso e tem o perfil que buscamos para o time esse ano. Estamos confiantes de que fará uma grande temporada”.

Natural de Bauru (SP), Guilherme Pereira Deodato fez praticamente toda sua formação nas categorias de base do Luso. Hoje, com 29 anos, 1m92, já disputou 12 edições do NBB sendo as sete primeiras com a camisa do Dragão. Nos anos de 2012 e 2013, foi campeão do Torneio de Enterradas do Jogo das Estrelas do NBB. No evento, Deodato se apresentava com uma capa preta quando ia atacar o aro, o que rendeu o apelido de “Batman” ao camisa 1.

Em 2015/2016, o ala teve passagem pelo Rio Claro Basquete. Na temporada 2016/2017, Gui Deodato voltou à Bauru e fez parte do elenco campeão do NBB 9 com médias de 9.3 minutos, 2.8 rebotes e 1.5 assistência por partida. “Com certeza foi muito especial, superamos muitos desafios e fomos coroados com a conquista do título do NBB, a obsessão da cidade. Foi uma sensação indescritível trazer o título para a torcida e viver aquele momento com eles”, lembra Deodato.

+Zopone é a nova patrocinadora máster do Bauru Basket

Na temporada 2017/2018, o ala se transferiu para a equipe do Vasco da Gama. No NBB seguinte, mudou de ares e foi para o Mogi das Cruzes, registrando médias de 13.2 pontos, 4.8 rebotes 3.3 assistências por partida na temporada. Já na temporada 2019/2020, o ala se transferiu para o time da capital mineira, onde vestiu a camisa do Minas ao lado de Alex Garcia, participando de 24 partidas do NBB pela equipe mineira e somando médias de 10.3 pontos, 3.9 rebotes e 1.3 bolas recuperadas em 25 minutos por partida.

Agora, Gui Deodato irá jogar ao lado de atletas que considera grandes amigos e referências no basquete. “É uma alegria muito grande. Sempre vesti com muito amor a camisa de Bauru e não vai ser diferente. Vou estar do lado de grandes amigos, o Larry em especial, somos parceiros há anos, jogamos juntos e sonhávamos por esse reencontro com a mesma camisa. Quero continuar evoluindo e passar o que aprendi aos mais novos também. Estou pronto para ajudar todo mundo, no que for preciso para levar o nome da minha cidade e do time ao lugar mais alto”, comentou.

“Fico feliz de estarmos montando uma equipe com atletas que tem história com a cidade e que estão motivados à brigar pelo topo”, diz Diogo Zopone, diretor da Zopone Engenharia.

A diretoria bauruense trabalha na busca de novos aportes para a próxima temporada e garantir novos reforços.

Leia mais sobre o NBB e sobre o Basquete Brasileiro, separamos alguns conteúdos para você.

O Área Restritiva está no YouTube, conheça o nosso canal. Vídeos três vezes por semana.

Já imaginou um grupo para discutir Basquete como se estivesse em um bar? Conheça o Bar do Área!

Fique por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais; marcamos presença no FacebookInstagram e no Twitter. Ah! Também estamos no Catarse, aqui você conhece todo o projeto do Área Restritiva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.