A Federação Paulista de Basketball – FPB anunciou, no dia 05 de janeiro, a isenção das taxas administrativas para as equipes que disputarão o campeonato da categoria sub-13 feminina na temporada de 2016. De acordo com o presidente Enyo Correia, essa medida foi tomada com a meta de aumentar o número de atletas e de participantes.

“Vamos isentar as taxas para que tenhamos mais equipes disputando a categoria inicial. Com esse ganho de participantes, consequentemente, teremos mais jogadoras disputando a competição, o que é importante e salutar para o futuro da modalidade”, explica Correia.

“As novas equipes precisam ter os requisitos mínimos necessários para disputar um campeonato oficial da Federação Paulista de Basketball, além de cumprir os itens que constam no regulamento da competição, como por exemplo, a apresentação do atestado médico de cada atleta inscrita”, finaliza Enyo.

Sempre que EU debatia o basquete nacional de base com amigos, um dos assuntos levados a pauta era o problema das taxas administrativas, afinal, é muito difícil ter um patrocinador master em equipes de base, uma vez que a visibilidade das marcas é mais complicada, então sempre sobra para a Base o resquício do adulto.
Já é assim no Masculino, o que dificulta muito o fomento da modalidade imagina no Feminino, onde as categorias Adultas mal conseguem se manter.

Preciso dizer que sou muito otimista com as novas ações da Federação Paulista de Basketball, o novo Presidente Enyo Correia trouxe novos ares para a FPB e o Área Restritiva está de olho no que está acontecendo com o Basquete Paulista.

Mas nesse momento o mínimo que eu posso fazer é dar Parabéns ao atual presidente e sua diretoria.

O que me dizem?!

É isso!

Comentem e Compartilhem!
Até+

Diego Silver