Por Vinícius Guimarães

Na última quarta-feira (7), a Liga Sorocabana perdeu para o Paulistano por 84-59. A maioria das pessoas presentes no ginásio foi naturalmente perdendo o interesse pelo jogo, que já estava decidido desde o 3º quarto. No entanto, havia um menino na primeira fileira que não desgrudava os olhos da quadra. Além de ver as jogadas com toda atenção do mundo, ele comentava sobre elas com os amigos e até mostrava alguns “moves” com a sua bola. Esse é o Pedro, que tinha acabado de voltar de Madrid.

Pedro com o troféu de melhor armador do torneio.

Pedro cresceu respirando basquete, já que é filho de Rinaldo Rodrigues, fundador, presidente e técnico da Liga Sorocabana. O garoto sempre conviveu com os jogadores profissionais da equipe e começou sua jornada na escolinha de iniciação da LSB. No ano passado, ele liderou seu time à final do Paulista Série Bronze e, com 10 anos, foi eleito o melhor armador do campeonato, que era sub-12.

Após o contato de Rinaldo, empresários espanhóis foram a Sorocaba ver Pedro jogar e não se decepcionaram. Até porque não é todo dia que se vê um jogador ambidestro por aí, ainda mais com 10 anos de idade. Pedro não só tem domínio das duas mãos, para bater bola e finalizar, mas também arremessa tanto com a direita como com a esquerda. E a bola cai. Dependendo da posição, ele escolhe uma das mãos para chutar pra 3 e já é comum vê-lo alternando nos lances livres.

Mesmo que Pedro acabe não se tornando um raro caso de chutador ambidestro no futuro, essa facilidade para usar ambas as mãos é totalmente incomum para a sua idade. Claro que além disso, todos os seus outros atributos ajudaram a convencer o Real Madrid e Estudiantes a agendarem treinos para vê-lo mais de perto. Pedro e seus pais, Rinaldo e Natália, passaram 10 dias em Madrid.

Quando perguntado quem é a sua inspiração no basquete, Pedro respondeu Luka Doncic, o esloveno do Real Madrid que vem deitando e rolando na Europa com apenas 18 anos. Antes dos treinos, o jovem sorocabano teve a oportunidade de assisti-lo jogar contra o Retabet Bilbao Basket, time de Ricardo Fischer. Doncic terminou com 15 pontos e 6 rebotes e o time da capital venceu por 95-65.

“Os espanhóis ficaram encantados. Ele começou a fazer séries de arremessos com um técnico, separado. De um lado, só esquerda. Do outro, bola de 2 e de 3 com a direita. Quando eu olhei, vi que a categoria sub-15 do Real Madrid tinha parado para ver o meu filho arremessar. Foi aí que eu percebi que ele era diferente e comecei a chorar” disse Rinaldo.

Confira uma parte da série de arremessos do Pedro e perceba sua habilidade de alternar as mãos:

Pedro treinou com a categoria sub-13 do Real Madrid e não se intimidou com a altura dos companheiros. Mesmo sendo um dos menores em quadra, deu trabalho para os espanhóis:

https://dailymotion.com/video/x6ek370?autoPlay=1

“Eu vi um menino muito seguro do que ele faz. Ele entrou no Real Madrid certo de si e mostrou o que sabe fazer. Foi uma experiência fantástica. Ele deu orgulho” disse a mãe, Natália.

O feedback da comissão técnica do Real Madrid foi positivo e já existe um planejamento para o Pedrinho. Ele viajará para Madrid durante suas férias nos próximos anos para participar de torneios com a equipe. Sua ida definitiva para a Espanha depende do seu estirão de crescimento (ele está projetado para ter 1,95m, segundo Rinaldo), mas provavelmente será em 2 ou 3 anos. Pela Liga Sorocabana, ele jogará no sub-13 em 2018, com o objetivo de evoluir e acostumar-se a enfrentar jogadores melhores e mais velhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.