De dentro para fora do Jogo, uma visão diferente de quem de alguma forma viveu O Basquete.
VOCÊ ESTÁ EM:
  Fanzine: Portrait o Fanzine do Ale da Costa

Para quem não sabe o Fotografo e Professor Ale da Costa, tem um Fanzine, onde ele fala muito sobre Fotografia e os eventos que ele acaba acompanhando entre uma edição e outra é o Portait Fanzine.

Ainda em 2019, saiu a edição de número 13 do Fanzine e para quem é fã do Área Restritiva e da nossa Sessão de Recomendados, já deve ter visto por aqui, resenhas do Portrait, aqui eu (Diego Silver), quero me desculpar com você caro leitor que perdeu as edições do Fanzine porque não divulgamos mais, é que eu tomo o cuidado em ler os Fanzines para poder falar mais sobre.

Bom, atualizando a nossa sessão e falando um pouco sobre o zine, vamos de uma vez só atualizar você das publicações do Ale da Costa, okay?! Já aproveito e convido você para ler a entrevista que o Ale fez com o Ricardo Bulgarelli, ela está aqui no Área na Integra.

A Portrait Fanzine: 07 é o Zine especial do título do Paulistano (olha quanto tempo faz que não falamos do Portrait). Para você que é desses torcedores que compra as revistas e jornais de futebol quando um time é campeão, sinta-se a vontade para ler a Portrait, porque ela é de graça.

Fanzine: Portrait o Fanzine do Ale da Costa
Sarith Anischa deu uma entrevista para o Ale da Costa, que foi até Pirituba conhecer o Pirituba Basketball.
Foto: Ale da Costa/Portrait

Além das imagens e textos falando da conquista do Paulistano, o Ale ainda montou um ensaio em preto e branco com os personagens desse NBB CAIXA.

A edição 08 da Portrait Fanzine volta a sua programação normal e aquela pluralidade enorme de conteúdos, mas o que chama a atenção do leitor do Área é o encontro entre o Ale da Costa e a Sarith Anischa, isso mesmo, uma entrevista de um colunista com outra colunista do Área Restritiva.

Um Bate-papo falando sobre o Pirituba Basketball, sobre as experiências no Basquete e como é ser uma técnica de Basquetebol, além da entrevista e fotos da Sarith e dos meninos do Pirituba, a Portrait Fanzine – 08 tem outros assuntos, passando pelo Handebol, Rugby e até um obra que fala da imigração boliviana para São Paulo.

Você conhece o Leões do Paraisópolis!? Se não conhece a Portrait Fanzine – 09 te apresenta o projeto que sobrevive a 15 anos, levando inclusão através do Rugby, como eu disse antes a Portrait tem em seu cerne a pluralidade de conteúdo, é claro que também iria ter Basquetebol na Portrait.

Uma edição que aborda o recomeço dos trabalhos com o CA Paulistano, o CAP, clube que já ganhou uma edição especial com a conquista do título do NBB CAIXA e que o Ale já deixou claro algumas vezes que ele tem um carinho especial, foi o Paulistano o primeiro clube a abrir espaço para o Ale da Costa fotografar Basquetebol.

A Portrait – 09, não poderia deixar de ter um lado cultural, tem um texto do Ale sobre Ouro Preto, fechando a edição com Handebol Masculino.

Chegamos em 2019 e o ano começa com a Portrait – 10, essa edição é praticamente uma retrospectiva das coberturas feitas pelo Ale, todos os esportes que ele acompanhou ganham espaço nas páginas da Portrait.

Fanzine: Portrait o Fanzine do Ale da Costa
2019, é um ano que apresentou diversas supresas e deixou de responder algumas perguntas, uma delas foi capa da Portrait Fazine.
Imagem: Ale da Costa/Portrait

Uma Portrait mais politizada, um retrato do que 2019 vinha trazendo para o Brasil, essa é a Portrait Fanzine – 11, na capa Quem Matou Marielle, na ultima página do zine, uma fala da Sandra Regina Lemos, mãe do João Victor. O garoto que ficou conhecido no Brasil, por ser uma das vítimas do massacre de Suzano, foi João Victor o garoto que andou por 400 metrôs com uma machadinha presa no ombro.

A edição 11 do zine vem com uma entrevista com o Gustavinho, ex-Corinthians, ou podemos dizer que atual Corinthians?! Ele que naquele momento ainda jogava pela equipe de Basquetebol, hoje, aposentado das quadras é o Supervisor de Basquete do Clube.

Seguindo o fluxo do que 2019 apresentava, chegou a edição 12 da Portrait Fanzine, aqui o Paulo Freire estampa a capa, a primeira matéria e grande parte da Portrait, 1/3 do Fanzine é dedicado ao educador que é um dos nomes mais citados no mundo.

Precisamos entender o que está acontecendo e a Portrait nos ajuda a entender. Estamos em um momento muito delicado e conhecer a história, pelas mãos de um professor de história é algo muito importante, para não dizer essencial.

Por fim, nessa retrospectiva da Portrait Fanzine, temos a edição 13. Aqui a entrevista onde o Ricardo Bulgarelli fala tudo, além da conversa com o Comentarista da DaZN, NBB na Web e dos Canais ESPN, a ultima edição lançada do Fanzine tem um ensaio com a torcida do SC Corinthians Pta.

Fora do Basquetebol, um texto que da para sentir a tristeza do Ale, o Fim da National Geografic Brasil. Um momento onde o Ale passa por edições da revista que marcaram de alguma forma e a edição fecha com uma história em quadrinhos.

Pronto, atualizamos você leitor. De tudo o que o Ale da Costa fez na Portrait Fanzine até aqui. Uma publicação um pouco diferente do convencional que chega aqui na nossa Sessão de Recomendados. Mas agora eu prometo para você que eu não vou deixar passar nenhuma das edições futuras.

Fanzine: Portrait o Fanzine do Ale da Costa
Foto: Ale da Costa/Portrait

Aproveita e comenta ai quais são as suas edições favoritas das Portrait Fanzine.

SOBRE O AUTOR Diego Andrade, mais conhecido como Diego Silver. Professor de Educação Física. Pai, viciado em coisas de Nerd e é claro entusiasta do Basquetebol. Ex-Aluno do Bi-Campeão Mundial Rosa Branca, quando o mesmo era servidor do SESC Consolação. CONHECER TODO TIME
RESENHE COM A GENTE AÍ!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

 
 
VOLTAR AO TOPO
%d blogueiros gostam disto: