EPS Brazil Sports Academy – Silver e a aventura na Malásia

EPS Brazil Sports Academy - Silver e a aventura na Malásia
Foto: Bruno Medino/BAESTUDIO/Área Restritiva

Para quem não sabe eu me mudei para a Malásia, sim o Silver foi para a Malásia. OK! Mas fazer o que?! Sai do Brasil para implementar um programa de Basquetebol e dar sequência nas minhas pesquisas com Basquetebol e resolvi explicar toda a minha aventura aqui na EPS Brazil Sports Academy para vocês. Todo mês um textinho sobre o que estou fazendo no Sudeste da Ásia.

Antes de mais nada, vamos aquela aulinha de geografia, afinal não é todo mundo que sabe onde fica a Malásia certo?!

A Malásia fica no Sudeste asiático e o seu território se divide entre a parte sul da península Malaia e ilhas adjacentes, e uma seção do norte da ilha de Bornéu. O país tem o maior crescimento financeiro anual da Ásia e é um grande polo turístico, devido a sua localização e esforços do governo para transforma o turismo em uma fonte de renda nacional. Além disso a Malásia é o terceiro melhor país do mundo para se aposentar além de ter a 3.ª maior economia da Ásia e a 28.ª maior economia do mundo.

Um ponto interessante são os povos malaios, aqui não existe a miscigenação que existe no Brasil, apesar de ser um país com diversas etnias, em sua maior parte malaios nativos, indianos e chineses, não existe uma mistura de raças em sua maioria, além de diversos expatriados.

Mas e o Esporte na Malásia?! 

Bom, a Malásia é um país que faz 30-35 graus quase todo dia, ou seja, as pessoas não gostavam de praticar atividades físicas out door, ou com uma intensidade muito grande, por medo de passar mal por conta do calor, aqui as pessoas procuram atividades físicas de menor intensidade, ou em locais com ar condicionado.

Normalmente você vê pessoas na rua praticando atividade física depois das 19hrs que é quando está um pouquinho mais fresco, com isso os esportes coletivos não eram muito populares, mas isso está mudando aos poucos.

Outro ponto interessante aqui é que as escolas são em período integral, mas funcionam em um horário diferente, elas começam as 9hrs tendo aulas até as 16hrs, isso em grande parte das escolas. Por conta do calor e da não tradição esportiva no país até mesmo nas escolas as crianças e adolescentes tem poucas aulas de educação física.

No esporte, o que está mudando aqui?!

Pelo menos em Kuala Lumpur e o que eu tenho visto desde que cheguei, existe uma procura maior por atividades esportivas e os pais tem se conscientizado que é importante que as crianças pratiquem esportes, por mais variados que sejam, com isso alguns colégios particulares contratam academias de esportes para ministrarem aulas em seus colégios como atividades complementares.

Os clubes sociais aqui, simplesmente liberam o espaço, as mesmas academias ministram aulas nos clubes, um trabalho parecido com o de uma assessoria esportiva no Brasil, mas aqui eles fecham o contrato com o clube ou com a escola e ministram as aulas, essas academias seriam uma evolução das assessorias esportivas no Brasil e um passo a menos que os clubes brasileiros, uma vez que não tem local próprio para a prática mas vendem o seu serviço para os clubes, ou locam os espaços dos clubes prestando serviço direto para os associados.

Bom, agora que vocês tem uma idéia de como funciona o Esporte na Malásia, vamos falar do que eu estou fazendo aqui.

EPS Brazil Sports Academy - Silver e a aventura na MalásiaEu vim a convite da EPS Brazil Sports Academy, empresa que tem todo o seu corpo de professores tupiniquins, isso mesmo. Entendendo que por no Brasil ser obrigatória a formação superior em Educação Física para a Prática profissional a empresa importa professores brasileiros e comigo não foi diferente, mas eu vou deixar para contar como eu vim parar aqui em um próximo texto.

Bom, dia 03 de Maio completa um mês que estou aqui na Malásia, já cheguei aqui com os anúncios da EPS dizendo que eu estava chegando então a minha chegada aqui já era muito aguardada e eu fui muito bem recebido pelos técnicos da empresa e em todos os locais que eu fui ministrar aulas.

Nas três primeiras semanas aqui, foram quatro clínicas de Basquetebol em diferentes clubes e escolas. Uma experiência incrível, primeiro que era a primeira vez que eu iria dar uma aula de Basquetebol em inglês e em segundo lugar eu vi uma diversidade de material humano a minha disposição que eu nunca vi antes, dei aula para malaios, sul africanos, franceses, holandeses, indianos, chineses, muita gente diferente inclusive para brasileiros.

Todo dia uma experiência nova, alguma coisa diferente e um grande “problema”, muitos deles nunca viram um jogo de Basquetebol. Mas o mais engraçado é a cara que eles ficam quando começam a mexer com a bola, eu achava que estávamos atrasados com o Basquetebol no Brasil, mas aqui estamos muito mais.

Hoje estava conversando com um garoto que veio das Filipinas, super dedicado ao Basquetebol, ele me disse que se fosse classificar dos países que tem o seleções de Basquetebol na Ásia, a Malásia ficaria em ultimo lugar.

O Basquetebol ainda está dando pequenos passos no país um ponto disso é que o país aparentemente tem somente uma equipe profissional que é o Westports Malaysia Dragons, que pelo que eu entendi tem uma equipe deles em Kuala Lumpur que é o KL Dragons, mas não encontrei informações sobre as outras cidades.

Depois das clínicas, eu comecei com minhas classes, com aulas em um clube aqui em EPS Brazil Sports Academy - Silver e a aventura na MalásiaKuala Lumpur. Já tenho oito turmas, em o que eles chamam de Open Trials, que seria aquele momento de testes, mas aqui eles fazem um mês de testes, com aulas semanais. Nas próximas semanas esse número de turmas deve chegar a doze, a meta é ter de dez a quinze turmas, sendo que o objetivo é estruturar o Basquetebol com um projeto a longo prazo onde possamos criar uma equipe para a disputa de competições regionais e nacionais.

Agora que vocês sabem um pouquinho sobre a Malásia e um pouquinho sobre o Basquetebol aqui, não deixem de acompanhar as próximas publicações sobre as minhas aventuras em Kuala Lumpur, implementando o projeto de Basquetebol da EPS Brazil Sports Academy.

Leia mais!

Deixe sua opinião

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Compartilhe!

Se inscreva!

últimas publicações