Os protestos na NBA chamam a atenção, mas chamou mais a atenção ainda, quando Jon Isaac protestou.

A Justiça Social tem sido um dos elementos mais importantes do retorno da NBA, pois os jogadores se comprometeram a usar sua plataforma para promover mudanças positivas. Até então, todos os envolvidos com os jogos da NBA Bubble estão participando dos protestos do Black Lives Matter, utilizando camisetas com termos e palavras ligadas a lutas sociais, como ‘Equality’ ou o próprio ‘Black Lives Matter‘. Porém, na última sexta-feira (31) o mundo “conheceu” Jon Isaac.

Jonathan Isaac, foi o primeiro jogador, o primeiro nome a dizer não aos protestos dentro da bolha da NBA. O ala de 22 anos, defende o Orlando Magic e foi a sexta escolha do NBA Draft de 2017.

Já conhece o canal do Área Restritiva no Youtube? Clique e se inscreva!

Talvez você que está lendo esse texto não saiba, ou não lembre de Jon Isaac. Não se culpe, parte do mundo não o conhecia. O ex-IMG Academy, tinha médias de 28,9 minutos na temporada 2019/20. Mas só jogou 32 jogos dos 66 disputados pela franquia antes da suspensão da temporada, ele se lesionou e não retornaria em 2019/20 se não fosse o coronavirus.

Nesse momento você pode estar dizendo, “Ele não se ajoelhou porque ainda está lesionado”. Mas não ele jogou 16:29 minutos contra o Brooklyn Nets.

Sem ajoelhar e sem preto, o que aconteceu?

Durante os primeiros dois dias de jogos, todos os times que jogaram se ajoelharam no hino nacional enquanto usavam uma camisa do Black Lives Matter como uma forma de protesto silencioso. Mas, Jon não se ajoelhou nem vestiu uma camiseta do Black Lives Matter durante o Hino Nacional Norte-Americano. Ficando com a calça de aquecimento e a sua camisa de jogo do Magic.

A imagem foi tão marcante quanto se todos tivessem de joelhos, com cerca de sete minutos do jogador em quadra, ele virou Trending Topics e a internet é claro não perdoou. Mas, até então ninguém sabia ao certo os reais motivos da ação do jogador que ao final do jogo teve que se explicar.

Na coletiva de imprensa, ele foi indagado sobre acreditar no movimento Black Lives Matter. Jon acredita no movimento BLM, ao mesmo tempo que acredita na salvação de vidas por meio de Jesus Cristo e do evangelho.

Uma nota da redação do GE.com resume muito bem a fala do jogador.

“Eu não acho que ajoelhar ou usar uma camiseta para mim, pessoalmente, é a resposta. Para mim, vidas negras são amparadas por meio do evangelho, todas as vidas são amparadas pelo evangelho”, mas aparentemente não é só isso e nós apuramos para você.

Sai o atleta da NBA e entra o ministro Jonathan Isaac

Isaac continuou explicando que informou seus colegas de equipe de sua decisão em uma reunião antes do jogo começar. Ele também é um ministro ordenado. Jon, “prega” o cristianismo como ministro de uma congregação não denominacional nos Estados Unidos (basicamente é uma igreja que não é reconhecida como uma igreja), mesmo só com 22 anos. Por isso da fala sobre vidas amparadas pelo evangelho. De certa forma, um discurso bonito e que pode funcionar. Mas só funcionaria fora do contexto ao qual foi empregado.

O ministro Jon Isaac, mantendo essa postura. Não é algo tão diferente de diversos outros religiosos que acabam usando a palavra dentro de qualquer religião para trazer pessoas para o seu rebanho. Muitas vezes ações como essas ficam só nas palavras e ignoram os fatos e problemas sociais da comunidade a qual estão inseridas.

Porém se formos falar do cristianismo e dos estudos bíblicos, não existe nenhuma passagem bíblica que impede que o cristão participe de atos sociais e até mesmo políticos, a única restrição seria a adoração de outros deuses ou santos, o que não estava acontecendo.

Ao contrário, cristianismo e cidadania andam lado a lado. Seguir o caminho de Jesus exige colocar-se no lugar do outro marginalizado, com o sentimento de urgência para acabar com a desigualdade. Somos a todo momento interpelados pela recordação ou mensagens bíblicas de que o mundo querido por Deus é de justiça e fraternidade. Somos todos interpelados a tomar partido do oprimido, de ontem e de hoje

Qual o papel do cristão para que essa realidade avance no sentido de se aproximar da imagem exigida por Deus? Bom, essa pergunta tem implicações profundas, com consequências para nossa atuação individual ou coletiva na sociedade – seja social, política, econômica, etc. As mensagens do cristianismo é sinônimo de engajamento nas causas sociais e na busca por cidadania e justiça a todos. Não as distorça!

MAGA? O que é isso?

Entendendo o lado religioso e começando a pensar que não faz muito sentido, resolvemos ir mais a fundo nas pesquisas e discussões. Quando nos deparamos com o termo MAGA, que quer dizer ‘Make America Great Again’, você já deve ter ouvido falar sobre.

Make America Great Again foi o slogan de campanha do Donald Trump, mas o que Trump e Isaac tem em comum? O posicionamento, não só o Isaac, como o Michael Porter Jr. também.

Na foto, printscreen de publicação no Instagram de Michael Porter Jr. apoiando o posicionamento do Jon Isaac. Entenda o porquê o Jon Isaac não se ajoelhou - Área Restritiva.
“Isso é muito grande, irmão”. Publica Michael Porter Jr. em seu perfil no Instagram, apagando cerca de 30 min depois.
Foto: Instagram @MPJ

Ser um MAGA nos Estados Unidos, é algo semelhante a ser extrema direita da bancada evangélica no Brasil. É usar o nome de Deus e Jesus Cristo para justificar as ações, sem usar de verdade o que preconiza os estudos bíblicos que é justamente o apoio a causas sociais, não por menos diversas igrejas tem seus centros de acolhimento com diversos projetos.

Se você não entendeu onde queremos chegar, Jon Isaac é um republicano e ‘republicanos compram tênis’.

O Área Restritiva está no YouTube, conheça o nosso canal. Vídeos três vezes por semana.

Já imaginou um grupo para discutir Basquete como se estivesse em um bar? Conheça o Bar do Área!

Fique por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais; marcamos presença no FacebookInstagram e no Twitter. Ah! Também estamos no Catarse, aqui você conhece todo o projeto do Área Restritiva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.