Na foto, elenco da seleção brasileira, atletas e comissão técnica em foto antes do jogo. O Brasil jogou de uniforme amarelo e os membros da comissão técnica estão com camisa polo azul e calça preta. Eliminatórias da AmeriCup: Brasil encara o Uruguai - Área Restritiva
Foto: Divulgação/CBB

A vitória em São José dos Pinhais-PR ficou para trás. Zera tudo. Nesta segunda-feira, 24, às 21h, com transmissão do SporTV 2, o Brasil volta à quadra para encarar o Uruguai, mas desta vez na Antel Arena, na casa do rival, em Montevidéu. A partida vale pela segunda rodada da janela inicial das Eliminatórias da AmeriCup. No Paraná, vitória brasileira por 83 a 72, mas agora, além de um oponente “mordido”, o Brasil terá pela frente também a torcida uruguaia, provando do “veneno” da primeira partida, que teve casa cheia no Ginásio Max Rosenmann.

– Sabemos da dificuldade que será o jogo. Agora muda tudo. Eles estão na quadra deles, com a torcida deles. Vão vir motivados e vão querer devolver a derrota. Trabalhamos neste domingo para corrigir alguns erros, acertar o time e repetir o que fizemos de bom na primeira partida. Sabemos que não será fácil, mas queremos vencer para dar um grande passo nessas Eliminatórias – explicou o capitão Jhonatan Santos.

As eliminatórias da Copa América dividem 16 seleções em quatro grupos com quatro países em cada um. Os três melhores avançam para o torneio. O Brasil está no Grupo B com Paraguai, Uruguai e Panamá. Além dos jogos em fevereiro, o time volta a jogar em novembro, no país, diante de Panamá e Paraguai. E duelo fora de casa em fevereiro de 2021 contra os mesmos rivais. A Copa América é classificatória para o Pan de Santiago, no Chile, em 2023.

Neste domingo, o Brasil trabalhou em dois períodos na Antel Arena, em Montevidéu. Pela manhã, o técnico Aleksandar Petrovic realizou um treino mais leve, de arremessos e movimentação tática. Já à noite o grupo acertou todos os detalhes para o duelo desta segunda-feira, e o croata mostrou-se satisfeito com o trabalho da seleção.

– Estou contente com o grupo, com a forma como estamos jogando, com a energia que estamos defendendo. É lógico que sempre queremos vencer e o Brasil vai à quadra nesta segunda-feira para isso. Mas o que mais me deixa feliz é que tenho tudo claro na minha cabeça. E que também descobrimos jogadores importantes para o futuro da seleção brasileira – comentou Petrovic.

Após o duelo contra o Uruguai, a seleção brasileira voltará a se reunir em junho, no país, para os treinos visando o Pré-Olímpico de Split, na Croácia, entre os dias 23 e 28 de junho. Na primeira fase da busca por uma vaga em Tóquio 2020, o Brasil pegará Tunísia e Croácia. Se conseguir um lugar na semifinal, vai encarar um rival que virá de México, Rússia ou Alemanha. Apenas o campeão da chave vai para os Jogos Olímpicos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.