Cristiano Felício - The Brazilian Beast... De Pouso Alegre para o Mundo
Cristiano Felicio, durante o jogo entre Brasil e Espanha, nos Jogos Olímpicos – Rio 2016.
Foto: FIBA/Divulgação

Alguns brasileiros ainda não conheciam o Cristiano Felício, até ele ser selecionável nos jogos de vídeo game da NBA, o garoto que saiu de Pouso Alegre, jogou pelo Minas Tênis Clube, indo para o Flamengo e de repente na NBA.

A história desse garoto pouca gente conhece, o garoto que se destacou no Minas, tentou ir para o Basquete Universitário dos Estados Unidos, acabou não indo mas por questões burocráticas, voltou e chamou a atenção da comissão técnica do Flamengo. Foi para o Rio de Janeiro, naquele Flamengo que ganhou tudo o que podia, mas mesmo assim ele tinha poucos minutos de quadra.

Se inscreveu no Draft da NBA, não conseguiu. De repente uma ligação e um convite, jogar a NBA Summer League pelo Chicago Bulls, então um contrato e depois a renovação. Parece fácil, mas assim como a vida de diversos atletas não foi, esse é só o resumo da carreira do Cristiano Felício, apelidado de Brazilian Beast. Ele que é o brasileiro com o maior contrato na NBA, para muitos uma aposta da franquia nessa reformulação do Bulls.

No meio de tudo isso suas atuações lhe renderam o retorno para a seleção brasileira, ainda sob o comando de Rubén Magnano ele defendeu o Brasil nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016 e é uma das presenças esperadas nas próximas janelas da Eliminatórias da Copa do Mundo de Basquetebol da FIBA.

Em entrevista para o site da FIBA, Felício foi indagado sobre servir o selecionado nacional nas próximas oportunidades.

“Sim, absolutamente. Eu tenho conversado com a Confederação e a com a comissão técnica, falando sobre os planos e eu disse para eles que eu quero ajudar agora. Isso é uma honra e um orgulho para mim vestir verde e amarelo e eu quero jogar nessa janela. Nós temos uma meta, que é se classificar para a Copa do Mundo na China e eu quero fazer parte desse projeto, então eu estou planejando estar com o time nas próximas janelas”.

“É importante para o Brasil se classificar para a Copa do Mundo. Nós temos que nos classificar para a China 2019, nós temos que estar lá e jogar contra os melhores do mundo. Esse é o lugar o Brasil, o Brasil pertence ao nível mundial”, complementa o brasileiro que jogou no Rio 2016 vestindo o número 6.

No Bulls, ele segue na briga por espaço. O brasileiro que nessa temporada foi ganhando espaço e minutos de quadra, como base dessa reformulação do Bulls para os próximos anos e durante o evento da Nestlé o Área Restritiva conseguiu conversar com o Felício e falar sobre essa reestruturação do Bulls.

Na temporada 2017/18 da NBA Cristiano Felício entrou em 55 oportunidades, começando 16 delas como titular, com médias de 5,6 pontos e 4,2 rebotes por partida em 17,8 minutos jogados. Na NBA G-League ele jogou pelo Windy City Bulls, entrou em quadra 8 vezes, todas como titular com médias de 17,4 pontos, 11,4 rebotes e 2,8 assistências por partida em 34,7 minutos jogados.

Sobre a promoção da Nescau – Partiu NBA. Para participar é só comprar os produtos NESCAU® participantes, cadastrar os cupons fiscais e pronto. Maiores informações no site da promoção.

Se vocês gostaram desse vídeo e dos outros já disponíveis no Canal do Área Restritiva no Youtubenão deixem de se inscrever no canal, ativar as notificações e deixar seus comentários nos vídeos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.