Transparência na gestão e boas práticas administrativas são elogiadas pelos filiados da LBF

A assembleia geral ordinária da Liga de Basquete Feminino (LBF) aprovou por unanimidade as contas do exercício de 2019 da entidade. A votação foi realizada nesta quinta-feira (14) por meio de videoconferência, por conta das medidas de segurança por ocasião da pandemia de Covid-19.

Na imagem, um Print Screen do aplicativo Zoom, para video conferências com os profissionais da LBF que participaram da reunião. Contas da LBF são aprovadas por unanimidade - Área Restritiva
Reunião foi realizada por videoconferência em virtude da atual pandemia de Covid-19. Foto: Reprodução.

Participaram da reunião os dirigentes das equipes filiadas, além da Presidente da Comissão de Atletas da LBF, Mariana Camargo. O pleito foi presidido por Arilza Coraça, representante do Santo André/Apaba. Conforme previsto pelo estatuto da entidade, as contas e o Balanço Patrimonial do último ano foram avaliados pelo Conselho Fiscal da entidade e por Auditoria Externa, que recomendaram sua aprovação. Foram oito votos favoráveis pela aprovação e nenhum contra.

Mariana Camargo, ala/armadora do Blumenau e representante das atletas, comentou o resultado.

“Gostei muito da apresentação das informações e principalmente da transparência que a LBF vem demonstrando, o que dá segurança para nós, atletas, trazendo cada vez mais credibilidade para a entidade e, consequentemente, para o nosso campeonato.”, disse a atleta.

“A apresentação de toda a documentação foi excelente. Estão de parabéns a Marena (Manfre, assessora administrativa da LBF) e o escritório contábil pelo trabalho desenvolvido. Tudo foi muito bem esclarecido, tiramos todos os pontos de dúvidas. Meus cumprimentos à LBF”, acrescentou Mauro Bassoli, conselheiro fiscal da Liga de Basquete Feminino.

O presidente em exercício da entidade, Valter Ferreira, destacou a atuação transparente da gestão.

“A atual gestão da LBF vem trabalhando com total transparência em suas contas. O balanço fiscal 2019, apresentado neste dia, contribui cada vez mais com a gestão do Sr. Ricardo Molina, presidente licenciado, em mostrar às equipes e interessados a melhor forma administrativa, tendo ao nosso lado uma equipe administrativa competente e voltada para todos com a abertura de suas contas a qualquer um que queira analisar. Razão pela qual foi aprovada por unanimidade”, disse o dirigente.

A Liga de Basquete Feminino é presidida por Ricardo Molina (licenciado desde abril), eleito em maio de 2018 para mandato de quatro anos. Baseada em três pilares – Planejamento, Transparência e Contrapartida, a LBF segue desenvolvendo a profissionalização administrativa do basquete feminino. Além da aprovação unânime das contas, outras conquistas neste âmbito foram a certificação ISO  9001:2015, que padroniza os processos internos da entidade com um sistema de gestão de qualidade há três anos – é a única entidade do basquete nacional a obter a recomendação – e a Certificação pela Secretaria Especial do Esporte em outubro de 2019.

A CAIXA Econômica Federal é a patrocinadora oficial da Liga de Basquete Feminino, que tem a chancela da Confederação Brasileira de Basketball (CBB) para organizar a LBF CAIXA. A competição tem a TV Cultura como emissora oficial, a GOL como companhia aérea oficial e a Wilson como marca esportiva oficial.

Leia mais sobre o Basquete Feminino, separamos alguns conteúdos para você.

O Área Restritiva está no YouTube, conheça o nosso canal. Vídeos três vezes por semana.

Fiquem por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais, marcamos presença no FacebookInstagram e no Twitter.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.