Início Giro Pelas Ligas de Basquete WNBA - Basquete Feminino Confira os resultados da 2° rodada da WNBA 2020

Confira os resultados da 2° rodada da WNBA 2020

Damiris Dantas, foi um dos destaques do Minnesota Lynx na primeira partida da equipe. - Área Restritiva
Foto: John Autey / Pioneer Press

A WNBA abriu a segunda rodada da temporada 2020 no domingo (26), com três duelos eletrizantes para fã nenhum de basquete botar defeito. E podemos afirmar, que a primeira partida era a mais esperada, Damiris Dantas novamente em solo americano. 

Já conhece o canal do Área Restritiva no Youtube? Clique e se inscreva!

Equipe de Damiris Dantas estreia com vitória nos últimos minutos 

No primeiro e segundo tempo, o Connecticut Sun buscavam um jogo de transição para uma cesta fáceis contra o time do Minnesota Lynx que estava lutando para detê-los.

As ofensivas de Connecticut caiu gradualmente nos últimos quartos, enquanto o Lynx terminou forte e se recuperou vencendo a partida por 77 a 69.

Nos sentimos realmente estagnados no final ofensivo“, disse Curt Miller, técnico do Connecticut, sobre o quarto trimestre.  “Se não tivéssemos boas ações desde o início, não poderíamos chegar à próxima ação“.

Sylvia Fowles fez 17 pontos e 18 rebotes, Napheesa Collier marcou nove de seus 11 pontos nos últimos cinco minutos, e o Minnesota Lynx se recuperou de um déficit de 11 pontos no segundo tempo para vencer o Connecticut Sun 77 a 69 no domingo na abertura da temporada para ambas as equipes.

Shenise Johnson marcou 13 pontos pelo Minnesota e pelo novato   10 em sua estréia na WNBA.

Alyssa Thomas liderou Connecticut com 20 pontos, oito rebotes, quatro assistências e quatro roubadas de bola. A All-Star DeWanna Bonner, que assinou como agente livre nesta temporada, acrescentou 19 pontos, oito rebotes e três roubadas de bola.

 “(O Lynx) começou a ser mais agressivo“, disse Alyssa Thomas, de Connecticut.  “Eles estavam começando a exibir melhor. Foi difícil para nós desacelerá-los. Depois que eles obtiveram seu ímpeto, meio que perdemos o nosso”.

Damiris Dantas, a única brasileira na WNBA, fez sua estreia na temporada pelo Lynx. Fizemos uma cobertura especial da brasileira e da partida, não esqueça de conferir.  

Angel McCoughtry, do Las Vegas Aces, marca 25 pontos no primeiro jogo desde lesão

As duas estrelas de Aces – A’ja Wilson e Angel McCoughtry, recém-adquiridas – estavam pontuando à vontade e ajudaram o Aces a conquistar uma vantagem de nove pontos sobre o Chicago Sky, faltando 4:26 de jogo.

Mas, Chicago Sky conseguiu 3 pontos de Allie Quigley com 15,3 segundos restantes. Sky marcou os 11 pontos finais para vencer o Aces por 88 a 86 no domingo, na abertura da temporada para ambas as equipes.

Gabby Williams fez 14 pontos em Chicago, Azura Stevens acrescentou 12 e Quigley, cujos três deram ao Sky sua primeira liderança desde meados do segundo quarto, terminando com 10 pontos. 

Os Aces procurarão se recuperar quando encontrarem o Atlanta Dream na quarta-feira (29).

Angel McCoughtry, atacante do Las Vegas Aces, fez 25 pontos e oito rebotes no domingo (26) em seu primeiro jogo na WNBA em quase dois anos após uma lesão no joelho. Os esforços da companheira de equipe, A’ja Wilson com 22 pontos, também não foram suficientes para garantir a vitória. 

Estou tão abençoada e feliz, foi tão surreal para mim porque eu não estava lá por tanto tempo“, disse McCoughtry, 33 anos. “Acho que eu deveria ter liderado melhor no final. Essa é a minha irritação; quando você tem esse jogo e deixa escapar entre os dedos. É uma experiência de aprendizado.”

Kahleah Cooper liderou o Sky com 18 pontos. Ela começou a corrida final de Chicago com uma bandeja e empatou sua equipe em um com dois lances livres, faltando 1:38 para montar o heroísmo de Quigley.  A cesta certeira de 3 pontos, que concedeu a vitória para Chicago.

Com placar centenário, Atlanta Dream vence o Dallas Wings

O Dallas Wings – a equipe mais jovem da WNBA – conheceu sua primeira derrota por 105 a 95 para o Atlanta Dream, fechando o fim de semana de abertura da W.

O Wings, que terminou em último na Conferência Oeste em 2019, estreou uma equipe de aparência nova que apresenta sete das 12 jogadoras em seus primeiros anos com Dallas.

Dallas perdeu todos os quartos após o primeiro, que venceu por 28-27 e ficou para trás com 12 pontos a menos do que na metade do quarto período.  Mas o Wings, impulsionado por uma série de turnovers e chutes cruciais de veteranas, conseguiu chegar a dois com um minuto e meio para jogar.

No entanto, o Dream marcou os oito pontos finais do jogo, incluindo seis na linha de 3, para impedir o esforço de retorno do Wings.

A veterana Allisha Gray, que saiu do banco por solicitação, marcou 19 pontos em 18 minutos e deu ao Wings uma faísca ofensiva.  Arike Ogunbowale também tinha 19, e Isabelle Harrison, a jogadora de retorno marcou 18 pontos e teve 11 rebotes.

A segunda escolha geral do Draft 2020, Satou Sabally, marcou 11 pontos na derrota.  Agler disse que queria que Sabally jogasse de forma mais agressiva.

 “Eu pensei que Satou começou o jogo um pouco passiva, o que não é anormal para as novatas“, disse Brian Agler, técnico do Wings.  “À medida que o jogo prosseguia, especialmente no segundo tempo, ela aumentou sua intensidade.”

Pelo Dream, Monique Billings marcou 30 pontos e pegou 13 rebotes, a estreante Chennedy Carter acrescentou 18 pontos e oito assistências, ambas essenciais  na primeira vitória da temporada. 

Betnijah Laney teve 19 pontos na carreira, Elizabeth Williams adicionou 17 e Shekinna Stricklen 16, incluindo quatro de três pontos, para Atlanta.

O Billings converteu o primeiro de dois lances livres para dar ao Dream a maior vantagem do jogo, 93 a 81, com 4:02 restantes de jogo. Ogunbowale marcou seis pontos em uma corrida de 14 a 4 nos próximos dois minutos e meio para empatar o Wings em dois, mas Williams respondeu com um empate que o Dallas não chegou mais perto.

Confronto de novatas

O Dallas Wings jogam na próxima quarta-feira (29) contra o New York Liberty.  Será a primeira partida entre as ex-colegas de equipe do Oregon Ducks Sabrina Ionsecu e Sabally, as duas principais escolhas no draft deste ano.

Próximas partidas da WNBA 2020 (Quarta-feira):

20h- Connecticut Sun x Washington Mystics (League Pass)

21h- Chicago Sky x Los Angeles Sparks (League Pass)

23h- Seattle Storm x Minessota Lynx (League Pass)

Quer saber mais sobre a WNBA? Dá uma olhada nesses textos:

WNBA 2020 começou, o que rolou no primeiro dia?

A lua de mel de Damiris Dantas e o Minnesota Lynx

O Área Restritiva está no YouTube, conheça o nosso canal. Vídeos três vezes por semana.

Já imaginou um grupo para discutir Basquete como se estivesse em um bar? Conheça o Bar do Área!

Fique por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais; marcamos presença no FacebookInstagram e no Twitter. Ah! Também estamos no Catarse, aqui você conhece todo o projeto do Área Restritiva.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.