De dentro para fora do Jogo, uma visão diferente de quem de alguma forma viveu O Basquete.

Na segunda partida da temporada da LBF CAIXA, o Vera Cruz Campinas estreou com vitória em seus domínios. O atual vice-campeão derrotou a Pró-Esporte/Sorocaba por 98 a 85, no ginásio da Ponte Preta, em Campinas (SP), em jogo com vários destaques.

O maior deles foi Patty. A ala campineira e da seleção anotou 22 pontos, deu 11 assistências e ainda apanhou 8 rebotes, ficando próxima de um triplo-duplo. Com 33 de eficiência, foi a vencedora do Troféu GOL Melhor Jogadora da Partida.

Outras quatro jogadoras pontuaram em dígitos duplos pelo Vera Cruz Campinas. Estreando pela equipe, a ala/pivô Rodrigues registrou um duplo-duplo de 20 pontos e 15 rebotes, a melhor partida da jovem de 20 anos em três temporadas na LBF CAIXA. Yasmim anotou outros 13 pontos, seguida de Babi (11 pontos e 9 assistências) e Maila, outra estreante, que adicionou mais 10.

A cestinha do jogo, no entanto, foi a sorocabana Aruzha, que marcou 25 pontos para as visitantes. A ala Leticia Senff teve a melhor partida em quatro temporadas na liga ao anotar 21 pontos. Já a pivô Nonato teve um duplo-duplo de 19 pontos e 12 rebotes.

Na foto, jogadoras do Sorocaba e do Campinas se enfrentam em quadra, a jogadora do Vera Cruza Campinas está com a bola de Basquete, driblando com a mão esquerda de costas para a defensora do Pró Esporte Sorocaba. O Campinas jogou de uniforme banco e o Sorocaba de uniforme preto. Com quase 100 pontos, Vera Cruz Campinas derrota Sorocaba - Área Restritiva
Foto: Fábio Leoni

LBF: Vera Cruz Campinas x Pró-Esporte/Sorocaba – O jogo

O técnico campineiro Élcio Ortiz começou a partida com um garrafão estreante, composto pelas ex-Ituano Rodrigues e Nascimento. E a primeira aproveitou para deixar uma boa impressão já no primeiro período, anotando 9 dos 24 pontos da equipe na parcial (24×15), enquanto Aruzha e Nonato lideravam o time visitante. No segundo quarto, foi a vez de Yasmim mostrar serviço, com três bolas do perímetro que impulsionaram a vantagem no placar geral para quase 20 pontos ao intervalo (49×31).

O segundo tempo foi mais franco e as porcentagens dos ataques aumentaram. Se agora era Patty (10 pontos no 3º período) quem comandava o Vera Cruz, Aruzha e Nonato seguiam tentando fazer a Pró-Esporte voltar para o jogo, auxiliadas por Leticia Senff. O trio fez 20 dos 26 pontos do time que chutou 56,5% no terceiro quarto, contra 53% das mandantes, que conseguiram manter a diferença em 18 pontos.

Com a vantagem construída, o Vera Cruz Campinas relaxou no quatro período e a Pró-Esporte chegou a trazer a diferença para dígitos simples a um minuto do fim, mas não havia mais tempo para a reação do time do técnico Marcinho.

“É sempre bom estrear com vitória. Hoje o time estava bastante aguerrido, foi um jogo bem coletivo e o placar foi muito alto. A gente tem que melhorar alguns aspectos, mas estrear com vitória é a melhor coisa”, disse Patty, a melhor do jogo.

“É ruim (o resultado) porque a gente perdeu. Nós deixamos elas abrirem uma larga vantagem e corremos atrás. Fico feliz que a gente conseguiu tirar uma diferença de quase 30 pontos das atuais campeãs paulistas, já que nós começamos a treinar há uma semana, praticamente, e por ser um time muito novo”, opinou Aruzha.

Não deixem de acompanhar o Área Restritiva nas redes sociais e se inscrever no nosso canal no YouTube.

Acompanhem os textos diários aqui no site, você encontra as atualizações sobre a LBF aqui, além é claro de ficarem por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais, marcamos presença no Facebook, Instagram e no Twitter.

SOBRE O AUTOR Perfil destinado para publicações e reflexões colaborativas dos colunistas do Área Restritiva em conjunto com as assessorias de imprensa. CONHECER TODO TIME
RESENHE COM A GENTE AÍ!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

 
 
VOLTAR AO TOPO
%d blogueiros gostam disto: