O Uninassau/América saiu na frente na série melhor-de-três do playoff – final da Liga de Basquete Feminino – 2014/15 ao derrotar a ADCF Unimed/Americana, neste sábado, dia 18 de Abril, por 74 a 67, em partida realizada no ginásio Wilson Campos – SESC Santo Amaro, em Recife.

O primeiro quarto começou com os times demonstrando nervosismo e acelerando o jogo em demasia, o que resultou em erros de passe e de arremessos, motivados também pelas defesas apertadas impostas pelas duas agremiações. Na sequencia do período, o time da casa, que teve a presença de sua torcida em grande número, se acertou e passou a comandar o marcador, 18 a 12.
No segundo, o equilíbrio foi a tônica, com as equipes jogando com um ritmo um pouco mais lento. O time pernambucano seguiu na frente até a parte final do quarto, quando a equipe de Americana aproveitou os erros ofensivos do adversário para igualar as ações. 12 a 17.

Fotos: Robson Neves
Fotos: Robson Neves

Na volta do intervalo, o jogo cresceu em emoção, com os dois times lutando pelo comando do placar e os ataques aparecendo melhor. Com o equilíbrio grande, a equipe pernambucana se acertou na parte final, usando bem a força do seu garrafão, depois de um começo melhor da equipe paulista, e se manteve no comando do marcador, 18 a 12.
Nos dez minutos finais, apoiado pelo participativo torcedor, o ‘Mequinha’ seguiu marcando forte e conseguiu também êxito nas bolas ofensivas, fazendo a diferença crescer para dez pontos. Na sequencia, o time paulista se recuperou, mas o América conseguiu manter-se à frente e venceu o confronto inicial da série, 26 a 26, com excelente aproveitamento da experiente armadora Adrianinha Moisés nos três pontos.

Os principais nomes da partida foram a norte-americana Tiffany Hayes, 20 pontos e 01 assistência, Adrianinha Moisés, 16 pontos, 02 rebotes e 01 assistência e Erika de Souza, 13 pontos e 11 rebotes, pelo time da casa; Karla Costa, 13 pontos, Clarissa dos Santos, 12 pontos, 13 rebotes e 04 assistências e Joice Rodrigues, 10 pontos e 02 assistências, em favor do visitante.

“Sabíamos que o jogo seria difícil, como é a tendência do que vai acontecer em Americana e temos que manter o foco”, comenta a pivô Erika de Souza, do Uninassau/América.

“O jogo foi como esperávamos, já que o representante de Americana é um grande time e sabemos que a série vai seguir com esta mesma emoção na sequencia da série. Mas, vamos ao segundo jogo para trazer a taça a Pernambuco”, acrescenta o técnico Roberto Dornelas.

“Esta foi uma festa bonita, pois todo mundo compareceu e a nossa equipe está de parabéns pela luta e pelo desempenho neste primeiro jogo”, complementa a armadora Adrianinha Moisés, armadora da equipe pernambucana.

“O jogo foi equilibrado, porém erramos muitos ataques e também falhamos algumas vezes na defesa e o adversário aproveitou”, analisa a ala Palmira Marçal, da ADCF Unimed/Americana.

O segundo jogo da série melhor-de-três, que pode ser o decisivo, acontece no sábado, 25 de Abril, às 10h00, em Americana, com transmissão ao vivo pelos canais SporTV. Uma vitória dá o título inédito ao Uninassau/América.

É isso!

Comentem e Compartilhem!
Até+

Diego Silver