A vice-líder ADCF Unimed/Americana, dona da melhor campanha, recebe a visita do São José/Colinas Shopping, às 10h00, no ginásio Centro Cívico, na cidade de Americana, com transmissão ao vivo pelo SporTV, em jogo que marca a campanha da LBF de combate ao câncer de mama. Na última vez que esteve em quadra, o time do Interior derrotou o Maranhão Basquete, enquanto que a equipe do Vale do Paraíba passou pelo Top Therm/Grupo Leonardi/Sicred/Unimed/Presidente Venceslau.

“Todos os jogos contra o São José são clássicos, o confronto é intenso do começo ao fim e sempre que me defrontei contra eles, nunca encontrei facilidades. Acho que todas as equipes passam o mesmo, pois este adversário possui um time com atletas de boa qualidade técnica e física. Para superar, temos a parte física e psicológica que trabalhamos arduamente e que não nos deixa sentir exaustas, já que todas as atletas estão sempre acrescentando e dando o mesmo ritmo do começo ao fim. Temos muitas qualidades também, tanto ofensivas, quanto defensivas, uma vez que esse será um jogo de técnica e prevalecerá à concentração, foco e o físico”, comenta a armadora Joice Rodrigues, da ADCF Unimed/Americana.

“Será um jogo disputado de duas grandes equipes. Estamos preparadas para fazer uma grande partida”, analisa a pivô Fabiana Caetano, do São José/Colinas Shopping.

No turno, vitória da ADCF Unimed/Americana, mesmo jogando fora de seus domínios, por 70 a 67, em jogo bastante disputado.

Às 11h00, acontece o ‘derby da capital pernambucana’, envolvendo Sport Recife e o líder Uninassau/América, no ginásio Marcelino Lopes, em Recife. Na jornada passada, os dois times derrotaram o Basquete Jaraguá.

“Vamos ter mais um jogo bastante difícil, contra, em minha opinião, a melhor equipe individualmente do campeonato. Vamos fazer um jogo em que poderemos testar algumas situações, já que não vai mudar a classificação final e estou mais preocupado e trabalhando visando o playoff”, relata o técnico Rildo Accioly, do Sport Recife.

Fotos: Robson Neves
Fotos: Robson Neves

“Eu sei que as nossas jogadoras vão estar ansiosas, não tem como negar. Escrevemos história no clube e esperamos que à torcida nos respeite, assim como respeitaram todos os outros adversários”, comenta o técnico Roberto Dornelas, do Uninassau/América, que já definiu o quinteto inicial para o derby.

“Adrianinha, Tiffany, Erika, Nádia e Young. O rodízio será feito com Tati, Iza e Tainá Paixão. Dependendo do andamento do jogo, vejo o que mais posso mudar”, completa o treinador, que não terá a pivô norte-americana Sandora Irvin, que se recupera de uma inflamação no joelho direito.

No confronto válido pelo turno, vitória do Uninassau/América, atuando como mandante, por 92 a 26.

A APAB/Unifeb Barretos encara o Top Therm/Grupo Leonardi/Sicred/Unimed/Presidente Venceslau, às 18h00, no ginásio João Batista da Rocha, na cidade de Barretos-SP. No seu compromisso mais recente, o time de Barretos derrotou o Brasília/BasqueteVizi, enquanto que a equipe de presidente Venceslau foi batida pelo Basketball Santo André/APABA.

“Temos traçado objetivos jogo a jogo e para a APAB/Unifeb Barretos seria muito importante obter a melhor classificação possível. Estar no playoff já é uma grande conquista e buscar a sétima colocação enaltecerá ainda mais o nosso trabalho. Sabemos da força do time de Presidente Venceslau, porém, buscaremos fazer um jogo intenso e coletivo”, analisa Alexandre Escame, da APAB/Unifeb Barretos.

No duelo entre as duas equipes, que fez parte do turno desta fase inicial, a APAB/Unifeb Barretos venceu, mesmo jogando nos domínios do rival, por 60 a 54.

No mesmo horário, o Basketball Santo André/APABA quer dar sequencia ao seu bom momento jogando contra o Brasília/BasqueteVizi, às 18h00, no ginásio Municipal Pedro Dell’Antonnia, na cidade de Santo André. Na rodada passada, o time do Grande ABC bateu o Top Therm/Grupo Leonardi/Sicred/Unimed/Presidente Venceslau, enquanto que o representante do Distrito Federal foi batido pela APAB/Unifeb Barretos.

“Treinamos muito forte nesta semana, já com o pensamento no playoff. Se ganharmos do Brasília, garantiremos o sexto lugar e não teremos de depender do jogo com o Maranhão”, comenta a técnica Laís Elena, do Basketball Santo André/APABA.

No turno, vitória do Basketball Santo André/APABA, mesmo jogando fora de casa, por 92 x 72.

Complementando a rodada, também às 18h00, o Basquete Jaraguá e o Maranhão Basquete jogam pela recuperação, no ginásio Novo Arthur Müller, em Jaraguá do Sul. Na última vez que esteve em quadra, o time catarinense perdeu para o Uninassau/América, enquanto que a equipe maranhense foi superada pela ADCF Unimed/Americana.

A técnica Lisdeivi Pompa, do Maranhão Basquete, não poderá contar com a cestinha Iziane Castro, que cumprirá suspensão.

“Vamos enfrentar uma equipe muito qualificada, que conta com grandes jogadoras, e que figura entre as favoritas. Mas, a nossa expectativa é boa, pois teremos certamente o ginásio lotado, e queremos fazer um bom jogo, assim como foi no turno, quando perdemos para oi Maranhão, mesmo fora de casa, no final, nos detalhes, como aconteceu em outras ocasiões”, comenta o técnico Júlio Patrício, do Basquete Jaraguá.

No jogo entre os dois times, válido pelo turno da primeira fase, vitória do Maranhão Basquete, atuando em seu ginásio, por 66 a 59.

É isso!

Comentem e Compartilhem!
Até+

Diego Silver