Durante o sétimo jogo do playoff – quartas-de-final da Conferência Oeste, na temporada 2014/2015 da NBA, ocorrido na noite do dia 02 de Maio, no Staples Center, em Los Angeles, envolvendo Los Angeles Clippers e San Antonio Spurs, no primeiro quarto o armador Chris Paul, da equipe da casa, ‘sentiu uma fisgada’ na região posterior da coxa. A sua atuação seguinte e o término épico do jogo mostram o quanto o esporte pode pregar surpresas entre a teoria e a prática nos traumas esportivos.

lesao muscular“Toda cena envolve uma lesão muscular na perna esquerda, que para Paul é a de apoio para o salto do arremesso e, mesmo assim, ele foi até o fim. Provavelmente, foi uma lesão muscular grau I, onde envolve menos de 5% do volume muscular. Nas lesões musculares grau I, a incapacidade é tolerada, ocorre pouca limitação funcional, mas a continuidade do exercício pode afetar e aumentar a lesão. O atleta deve ter feito exame no vestiário e retornou, jogando em grande estilo. No momento agudo, pode utilizar medicação analgésica e anti-inflamatória e gelo local para analgesia”, explica o experiente médico Carlos Vicente Andreoli.

“Nas lesões grau II, 5 a 50% – lesão parcial e nas de grau III, 50 a 100% – lesão completa, o envolvimento maior da lesão provoca uma incapacidade maior e limitação funcional incompatíveis com a prática”, acrescenta Andreoli, que é o coordenador da Residência de Medicina Esportiva UNIFESP e diretor técnico do Instituto do Atleta.

andreoliDe acordo com Carlos Vicente, a decisão do retorno á quadra foi temerária, mas o atleta permaneceu correndo e adaptando-se a todos os momentos do jogo.

“Como era o jogo 07 da série e a derrota significaria o fim da temporada, correu-se o risco e o final foi espetacular. Neste episódio, vimos um capítulo para história de um jogo de NBA, em que o atleta jogou com uma lesão muscular durante quase toda a partida e decidiu o jogo”, completa o médico, que também foi jogador de basquete.

O Los Angeles Clippers bateu o San Antonio Spurs, em jogo histórico, por 111 a 109, se qualificando a semifinal da Conferência Oeste, quando irá enfrentar o Houston Rockets.

É isso!

Comentem e Compartilhem!
Até+

Diego Silver

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.