De dentro para fora do Jogo, uma visão diferente de quem de alguma forma viveu O Basquete.
VOCÊ ESTÁ EM:
  Na foto, Kobe Bryant olhando para frente (acredito que para a cesta), ele está com a bola de Basquete nas mãos, segurando a bola como se estivesse preparando o arremesso, a foto é em um jogo do Lakers, porque ele está utilizando o uniforme de jogo do Lakers Amarelo, com o número 24 no centro da camiseta e o nome "Lakers" no peito. Biografia - Kobe Bryant, quem foi o ultimo gênio do Basquetebol? - Área Restritiva

A reabertura das Biografias do Área Restritiva, não poderia ser com outra pessoa, mas todos gostariam que fosse em outra ocasião. Vamos falar do Mamba Kobe Bryant, aquele cara que sonhou jogar no Lakers e quando chegou lá, só jogou lá, 20 anos ininterruptos defendendo o Roxo e Dourado de Los Angeles.

Se você chegou aqui, nessa segunda-feira, dia 27 de janeiro e não sabe o que está acontecendo Kobe Bryant, morreu em um acidente de Helicóptero na tarde do último domingo (26), em Calabasas, na Califórnia. Nove pessoas estavam abordo entre elas a Gianna Bryant, de apenas 13 anos, sim Gigi Bryant é filha do Kobe, provavelmente você já viu a Gianna e o Kobe juntos, os dois são figuras inseparáveis em jogos de Basquetebol, inclusive estavam indo para um, quando o acidente aconteceu.

Kobe Bean Bryant, nasceu no dia 23 de Agosto de 1978, na Philadelphia. Em Philly,  ele viveu uma pequena parte de sua primeira infância. O seu pai, Joe Bryant foi um jogador profissional de Basquetebol, atuando na NBA por oito anos. Depois disso, a família Bryant se mudou para a Itália e foi ai que Joe Bryant, virou companheiro de equipe do brasileiro Oscar Schmidt, isso mesmo, daí surgiu a idolatria do Kobe pelo Mão Santa, ele viu de perto o Oscar jogar.

Na foto, Kobe Bryant está correndo olhando para trás (acredito que esteja voltando para a quadra de defesa), ele está utilizando o uniforme de jogo do Lakers, amarelo, no seu braço direito está com a ortese (segunda pele) roxa. Na torcida é possível identificar torcedores comemorando e aplaudindo, então provavelmente esteja retornando para a defesa após o Lakers pontuar no ataque, alguns torcedores estão segurando Letras formando o nome KOBE. Biografia - Kobe Bryant, quem foi o ultimo gênio do Basquetebol? - Área Restritiva

Um fato curioso quanto ao nome do Kobe, o Bean em seu nome é um derivado do apelido de seu pai, Jelly Bean.

Apesar de jogar Basquete desde os três anos de idade, foi na Itália onde ele começou a treinar de verdade e muito disso veio por influência do seu avô, que mandava para ele vídeos dos jogos do Los Angeles Lakers para que ele pudesse estudar e desenvolver o seu jogo. Tudo isso para a felicidade do menino Kobe, que na Itália, não tinha tanto acesso a conteúdos relacionados a NBA e ele era um torcedor do Lakers.

Voltando para os Estados Unidos, Kobe jogou pela Lower Merion, uma escola do subúrbio de Philadelphia, na escola ele já tinha o DNA do Kobe Bryant que iríamos conhecer no futuro. Sua camisa com o número 33 foi aposentada, ele que entre os anos de 1992 e 1996, foi nomeado Naismith Player of The Year, MacDonalds Players of The Year, Campeão Estadual em 1996.

Kobe no ano do título estadual teve médias de 30,8 pontos por partida, 12 rebotes, 4 roubos de bola, 6,5 assistências, 4 roubos de bola e 3,8 tocos por partida, além de ter quebrado o recorde de pontos no High School do Sudoeste da Pennsylvania, ele terminou o High School com 2.883 pontos, ultrapassando Wilt Chamberlain.

Na imagem, uma montagem com duas versões do Kobe Bryant, um mais novo utilizando a camiseta do Los Angeles Lakers com o número 08, ele está com o uniforme amarelo e está a esquerda de quem vê a imagem, passando o braço por cima do ombro do outro Kobe Bryant, esse um pouco mais velho, utilizando o uniforme Roxo do Los Angeles Lakers com o número 24, as duas versões estão sorridentes olhando para a frente. Biografia - Kobe Bryant, quem foi o ultimo gênio do Basquetebol? - Área Restritiva
Com a segunda maior carreira da NBA (em anos pela mesma franquia), Kobe Bryant é o único jogador da história da NBA a ter dois números aposentados.

Do High School para a NBA e a Mamba Mentality

Por influência de Kevin Garnett, Kobe decide ir para a NBA, ele queria jogar contra os melhores. E diferente do que começava a acontecer naquele período, em que os jogadores poderiam pular o Basquete Universitário e virarem profissionais, o Kobe só queria jogar Basquete contra os melhores do mundo. Do High School para a NBA,  não possuía problemas na escola ou não conseguiu se credenciar para uma boa universidade. Pelo contrário, Kobe teve propostas da Duke, Michigan e North Carolina. Porém, pulou essa etapa para estar no seu devido lugar, entre os melhores do mundo.

Eis que ele se inscreve no Draft de 1996 e é selecionado na décima terceira posição pelo Los Angeles Lakers, na verdade pelo Charlotte Hornets que trocaram a escolha com o Lakers, esse era o momento em que o garoto que desde criança estudava os jogos do seu time do coração, estava chegando em LA, para vestir as cores que vestia como torcedor. A belíssima história entre Kobe Bryant  e LA Lakers tomava forma.

Kobe Bryant quebrou diversos recordes como jogador, serviu a seleção dos Estados Unidos e conquistou o mundo através de seu Basquetebol. Suas conquistas, passaram das quatros linhas também, Mamba ganhou um Oscar em 2018 com seu curta de animação, “Dear Basketball”, se tornando o primeiro jogador da NBA a ganhar o principal prêmio do cinema americano. O curta se baseava no poema escrito pelo jogador para anunciar sua aposentadoria, publicado em 2015 no site Player’s Tribune.

Se você leu o Onze Anéis escrito pelo Phil Jackson, você consegue imaginar o tamanho do poder da presença do Kobe Bryant. No livro o Mestre Zen, confessa que pensou em se aposentar como técnico por não conseguir compreender e lidar com o Black Mamba, ele que tinha como forma de lidar com os jogadores promover alguns desafios internos, passou a ser desafiado pelo Kobe, inclusive foi contra a permanência do Bryant no Lakers, Phil Jackson teria escolhido o Shaq.

Kobe conquistou cinco títulos da NBA, três seguidos, na antiga era das duplas, junto do Shaquille o’Neal (2000-2002) e dois junto do Pau Gasol (2009 e 2010). Existiram outras tentativas de grandes elencos, junto do Kobe no Lakers, mas ainda sem sucesso, a ultima delas foi a tentativa veio com Pau Gasol, Steve Nash e Dwight Howard. Mas, as lesões começaram a perseguir o Kobe, ele sofreu uma lesão do Tendão de Aquiles e do Manguito Rotador.

A lesão do Manguito Rotador, talvez fosse a mais marcante na história do Basquetebol, Kobe Bryant é destro, ele lesionou o Manguito Rotador do Ombro direito, saiu de quadra e voltou terminando a partida, fazendo tudo o que fazia, mas só com a mão esquerda, inclusive arremessando.

Kobe Bryant sempre quis ser lembrado pelo jogador que seria o cara que treinaria mais, que jogaria mais, que não desperdiçaria uma hora ou um dia de sua vida, e uma entrevista do Dwyane Wade deixa isso evidente. Durante os jogos Olímpicos do Japão, a seleção dos Estados Unidos tinha o horário de descer e tomar café da manhã por volta das 8hrs da manhã. Todos estavam com o uniforme de viagem como o protocolo dizia, eis que chega o Kobe Bryant, com o uniforme de treino, totalmente ensopado de suor com bolsas de gelo nos joelhos. Kobe senta ao lado do Wade, que pergunta o que era aquilo, “treino, estava treinando meus arremessos”, então ele descobriu que o Kobe estava fazendo suas sessões de arremesso desde as 5hrs da manhã. Segundo Dwyane Wade, ele precisava fazer aquilo, não ele, ele era o Kobe Bryant.

Na foto, um arremesso do Kobe Bryant pelo Los Angeles Lakers, ele está arremessando a bola de Basquetebol com a mão esquerda, os jogadores da equipe adversária estão observando o arremesso, a foto ainda tem um dos árbitros da partida em primeiro plano. Biografia - Kobe Bryant, quem foi o ultimo gênio do Basquetebol? - Área Restritiva
Foto do Kobe Bryant em um dos momentos onde estava arremessando a bola com a mão esquerda.

Os números de Kobe Bryant

  • 5x NBA championships – 2000, 2001, 2002, 2009, 2010;
  • MVP das finais – 2009 e 2010;
  • 2x Medalhas de Ouro Olímpicas – 2008 Beijing e 2012 Londres;
  • MVP da temporada regular da NBA em 2007-08;
  • 4x NBA All-Star Game MVP – 2002, 2007, 2009 e 2011;
  • Career-high 81 pontos na vitória do Lakers sobre o Toronto Raptors por 122 x 104;
  • Oscar (Academy Award) na categoria curta de animação com o “Dear Basketball”;
  • 18 participações no NBA All-Star Game;
  • 2x Cestinha da NBA – 2006 e 2007;
  • Campeão do Slam Dunk Contest – 1997;
  • Único jogador com dois números aposentados na NBA, #8 e #24;
  • Na NBA teve 33.643 pontos, 7.047 rebotes, 6.306 assistências em 1.346 jogos todos pelo LA Lakers;
  • 60 pontos (Season High), no ultimo jogo de sua carreira, se tornando o jogador mais velho a alcançar tal marca.
  • 11× All-NBA First Team – 2002–2004, 2006–2013;
  • 2× All-NBA Second Team – 2000, 2001;
  • 2× All-NBA Third Team – 1999, 2005;
  • 9× NBA All-Defensive First Team – 2000, 2003, 2004, 2006–2011;
  • 3× NBA All-Defensive Second Team – 2001, 2002, 2012;
  • NBA All-Rookie Second Team – 1997;
  • Naismith Prep Player of the Year – 1996;
  • First-team Parade All-American – 1996.

Esse é o primeiro dos textos que vamos lançar durante a semana, o primeiro dos textos sobre o Kobe Bryant e toda a sua carreira e vida, entre polêmicas e conquistas.

Não deixem de acompanhar o Área Restritiva nas redes sociais e se inscrever no nosso canal no YouTube.

Não deixem de acompanhar os textos diários aqui no site, além é claro de ficarem por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais, marcamos presença no Facebook, Instagram e no Twitter.

SOBRE O AUTOR Diego Andrade, mais conhecido como Diego Silver. Professor de Educação Física. Pai, viciado em coisas de Nerd e é claro entusiasta do Basquetebol. Ex-Aluno do Bi-Campeão Mundial Rosa Branca, quando o mesmo era servidor do SESC Consolação. CONHECER TODO TIME
RESENHE COM A GENTE AÍ!

5 resenhas

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

 
 
VOLTAR AO TOPO
%d blogueiros gostam disto: