De dentro para fora do Jogo, uma visão diferente de quem de alguma forma viveu O Basquete.

O Sendi/Bauru Basket ficou no quase na noite desta sexta-feira (13) contra Franca, no Pedrocão. O time bauruense teve uma reação incrível no último quarto e ficou a apenas três pontos da vitória. A diferença, que chegou à casa dos 20 pontos, foi tirada nos minutos finais de jogo – principalmente com Wiggins, Larry e Crescenzi.
Um destaque também fica para o pivô Malachias, que somou 08 pontos (dos 12 tentados), 04 rebotes, 01 assistência e 12 de eficiência. Agora, o time bauruense encara Mogi, fora de casa, no dia 18 de março.

ACREDITAR

Para o técnico Demétrius Ferracciú, esse jogo foi uma questão de acreditar. “Estávamos vindo de resultados negativos e esse jogo recuperamos uma mentalidade de acreditar no resultado até o fim. E isso já é uma mentalidade de playoff. Mostra o potencial que a equipe tem quando acredita e que as coisas fluem. É assim que precisamos entrar nos próximos duelos”, fala.

WHATSAPP

O Bauru Basket criou uma campanha para divulgar ainda mais seu WhatsApp, desenvolvido pela patrocinadora New Way.
Ainda não falou com o Dunk? Entre no link wa.me/5514991981714 ou através do número (14) 99198-1714 e tire suas dúvidas com nosso mascote.

Na foto, Larry Taylor do Bauru Basket, driblando e sendo marcado pelo David Jackson do SESI Franca Basquete. Larry Taylor está driblando com a mão direita e David Jackson está em posição defensiva acompanhando o deslocamento do armadora do Bauru. O Bauru jogou de uniforme escuro e o franca de uniforme claro. Bauru Basket tem incrível recuperação no fim e quase vence Franca - Área Restritiva
Dragão se recuperou no fim e quase conseguiu a vitória fora de casa.
Foto: Marcos Limonti

Sendi/Bauru Basket x SESI Franca Basquete: O Jogo

Franca começou abrindo oito pontos de vantagem (08×00), mas Gabriel Jaú somou de três pontos para o time bauruense (08×03). Com Kevin Crescenzi, o Dragão diminuiu a diferença (12×08). Mas os francanos estavam melhor na defesa e fecharam à frente (26×16).

No segundo período, os rivais – com Cipolini – avançaram mais, já que não desperdiçavam as chances no ataque (31×16). Apesar da vantagem francana, o time de Bauru iniciou uma forte defesa (39×25). Para a ida ao intervalo, o placar continuava a marcar os dez pontos de diferença – com Lucas Faggiano e Malachias -, mas a parcial ficou empatada desta vez em 16 pontos para cada lado (42×32).

Na volta do vestiário, Lucas Faggiano puxou os pontos bauruenses (54×38), mas a  defesa francana voltou a se encaixar e os rivais avançaram a diferença (67×45).

No último período, Draper estava atento embaixo do garrafão e ajudou o Dragão a ficar à frente na parcial (73×56). Na metade do quarto, o time bauruense teve uma recuperação incrível comandada por Wiggins, Larry e Crescenzi e, por pouco, não conseguiu a vitória (81×79).

Não deixem de acompanhar o Área Restritiva nas redes sociais e se inscrever no nosso canal no YouTube.

Acompanhem também os textos diários aqui no site, além da nossa sessão dedicada só ao Novo Basquete Brasil, além é claro de ficarem por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais, marcamos presença no Facebook, Instagram e no Twitter.

SOBRE O AUTOR Perfil destinado para publicações e reflexões colaborativas dos colunistas do Área Restritiva em conjunto com as assessorias de imprensa. CONHECER TODO TIME
RESENHE COM A GENTE AÍ!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

 
 
VOLTAR AO TOPO
%d blogueiros gostam disto: