Cada uma das27 federações filiadas possui sua história e contribui para o desenvolvimento do basquete nacional. Na Federação Bahiana de Basketball, o presidente Roberto José Fernandes faz um balanço do basquete baiano em 2014 e dos planos para 2015, além de explicar algumas prioridades da sua gestão, em um bate-papo publicado no site da CBB.

Roberto Fernandes se orgulha da entidade ter conseguido montar a Casa do Basquete Baiano para realizar os objetivos futuros, como levar para Salvador a sede do Campeonato Brasileiro Sub-17 de Seleções e realizar a Copa Nordeste Sub-14 Feminino e Masculino. Além disso, para melhorar a divulgação a Federação conseguiu um importante espaço nas rádios. Confira um pouco mais sobre o trabalho desenvolvido pelo presidente baiano.

Balanço da temporada 2014.
Em um curto espaço de tempo as seleções baianas conquistaram seus objetivos nos Campeonatos Brasileiros Sub-15 e Sub-17, permanecendo na 2ª Divisão em todas as categorias. Isso nos possibilita atingir o objetivo de acesso para a 1ª Divisão em 2015. Além disso, três atletas baianos foram escolhidos para a seleção ideal dos campeonatos, como Luana Araújo e João Bastos, no Sub-15, e Felipe Queiros, no Sub-17. É importante destacar o sucesso do Campeonato Adulto masculino que teve o apoio da Petrobahia por meio do Programa Faz Atleta do Governo Estadual. E para melhorar a divulgação conseguimos um importante espaço na Rádio Metrópole 101.3 e a transmissão de jogos da região sul pela Rádio 98FM, de Eunápolis.

Quais as competições que mais se destacaram em 2014?
Com certeza destaque para o Estadual Adulto masculino, disputado de 19 de julho a 14 de dezembro. Foram realizados 110 jogos com a participação de 321 atletas, representando equipes de 11municipios e da capital. Paralelamente à competição, fizemos curso de arbitragem nesses municípios.

Como está sendo desenvolvido o trabalho nas categorias de base?
Conseguimos junto à CBB e ao Ministério do Esporte os equipamentos de piso, tabela e placar e montamos no clube da ADELBA a Casa do Basquete Baiano. Realizamos a 3ª Taça Governador do Estado em convênio com a ASBRADEC e a SUDESB. A competição contou com 672 de oito municípios e da capital nas categorias Sub-15 e Sub-17 feminino e masculino.

E nas competições adultas?
Estamos interiorizando o basquete baiano e, para 2015, a previsão é de 24 equipes no Estadual Adulto masculino, com um total de 180 jogos e a duração de seis meses. Dessa forma, teremos a participação de 18 municípios e a capital. Vamos realizar também a Copa Verão nas categorias Sub- 20 e Adulta, de 1º a 31 de março, e teremos novamente as equipes baianas na Copa Brasil Nordeste.

Os planos para a temporada 2015…
Vamos manter o projeto de Basquete de Alto Rendimento e a parceria com a ASBRADEC e a SUDESB, renovar o projeto com a Academia TBJ, com a Petrobahia e o “Faz Atleta” do Governo do Estado. É nossa intenção trazer para Salvador a sede do Campeonato Brasileiro Sub-17 de Seleções e realizar a Copa Nordeste Sub-14 Feminino e Masculino.

Isso é um discurso alinhado de um presidente atuante.
Gostei, não preciso falar muito.
Mas por favor em 2015, invistam em identidade visual.

É isso!

Comentem e Compartilhem!
Até+

Diego Silver