Cada uma das 27 federações filiadas possui sua história e contribui para o desenvolvimento do basquete nacional. NaFederação de Basketball do Amazonas, o presidente Jonas Santos de Oliveira faz um balanço do basquete amazonense em 2014 e dos planos para 2015, além de explicar algumas prioridades da sua gestão, em um bate-papo publicado no site da CBB.

Visando um futuro promissor, a Federação do Amazonas realizará diversas peneiras para a descoberta de novos valores nos bairros da capital. Jonas destacou a transmissão ao vivo de suas principais competições pelo AMAZONSAT para todo o país e exterior. Confira um pouco mais sobre o trabalho desenvolvido pelo presidente amazonense.

Balanço da temporada 2014.
A temporada 2014 foi excelente com grandes conquistas. No Campeonato Brasileiro Sub-15, a seleção feminina conquistou a medalha de bronze na 2ª Divisão e garantiu a vaga na 1ª Divisão em 2015. Já a equipe masculina ficou em terceiro na 3ª Divisão e irá disputar a 2ª Divisão no próximo ano. Em relação aos campeonatos regionais, novamente tivemos uma série de competições realizadas pela Federação em todas as categorias do Sub-13 ao Adulto feminino e masculino. A novidade em relação às competições regionais foi a transmissão ao vivo dos principais jogos pelo AMAZONSAT para todo o país e exterior. Com isso, proporcionamos uma maior divulgação dos campeonatos, equipes e patrocinadores.

Quais as competições que mais se destacaram em 2014?
As competições que mais se destacaram foram as das categorias Sub-15 e Sub-17 femininas e masculinas, que tiveram disputas acirradas e um bom número de participantes. Também tivemos a transmissão ao vivo dos jogos semifinais do campeonato adulto, com jogos de excelente nível técnico e com direito à prorrogação e toda a emoção que o público gosta.

Como está sendo desenvolvido o trabalho nas categorias de base?
Nas categorias de base estamos tentando trabalhar para um melhor desenvolvimento das categorias como o Sub-12 e o Sub-13. Além disso, vamos fazer uma boa preparação para a disputa dos Campeonatos Brasileiros Sub-15 e Sub-17, organizados pela CBB.

E nas competições adultas?
Temos um novo formato de competição que trará mais equilíbrio e disputas mais duras dentro de quadra, com equipes mais jovens e renovadas. E será importante a continuidade da transmissão ao vivo dos jogos.

Os planos para a temporada 2015…
Estamos desenvolvendo um projeto que será apresentado junto ao Governo do Estado e à Prefeitura de Manaus para viabilizar um evento nacional no estado. E também vamos realizar diversas peneiras para a descoberta de valores nos bairros da capital.

Não da para creditar os resultados individuais ou das equipes por mais que sejam as seleções.
Acredito que esse não tenha que ser a preocupação de uma federação, mas se tratando de seleções, ok!

Mas o que me chamou mais a atenção foi a transmissão de jogos, pensando que a principal competição de Basquete Nacional é o NBB no naipe masculino e a LBF no naipe feminino, o Campeonato Paulista Masculino poderia ser a segunda competição mais importante e a mais forte do País, afinal é onde está concentrado o maior número de equipes que disputam o NBB, certo?!

O Paulista não teve transmissão.
Preciso falar mais alguma coisa?

Parabéns a todos os envolvidos.

É isso!

Comentem e Compartilhem!
Até+

Diego Silver