Cada uma das 27 federações filiadas possui sua história e contribui para o desenvolvimento do basquete nacional. Na Federação de Basquetebol de Mato Grosso do Sul, o presidente Eduardo Marques de Souza Costa faz um balanço do basquete sul-mato-grossense em 2014 e dos planos para 2015, além de explicar algumas prioridades da sua gestão, em um bate-papo publicado no site da CBB.

Eduardo se orgulha da entidade ter conseguido uma sede, além de realizar 18 eventos diretos da FBMS contando todas as etapas e mais a participação nos quatro Campeonatos Brasileiros de base organizados pela CBB. Para 2015, a Federação manteve os mesmos projetos e ainda incluiu novos. Confira um pouco mais sobre o trabalho desenvolvido pelo presidente da FBMS.

Balanço da temporada 2014.
O ano de 2014 foi de experiência, pois foi o primeiro de nossa gestão, ano de aprendizado com alguns pontos negativos, mas de muitos positivos. Fizemos convênio com o governo municipal de Campo Grande e assim colocamos nossa Federação em uma sala do Ginásio de Esportes Guanandizão. Retomamos os convênios com o Governo do Estado, o que não conseguíamos há três anos. Foram 18 eventos diretos da FBMS contando todas as etapas e mais a participação nos quatro Campeonatos Brasileiros de base organizados pela CBB.

Quais as competições que mais se destacaram em 2014?
A Copa Campo Grande e a Copa MS de Basketball Adulta Masculina e Feminina, em que tivemos a participação do pivô Janjão, ex-jogador da Seleção Brasileira. Nossas seleções Masculina e Feminina Sub-15 subiram e permaneceram na 1ª Divisão, respectivamente. E a Seleção Feminina Sub-17 foi campeã invicta da 2ª Divisão, garantindo a presença na 1ª Divisão em 2015.

Como está sendo desenvolvido o trabalho nas categorias de base?
O desenvolvimento está sendo feito por meio de projetos com o Governo do Estado, promovendo as competições Sub-14, Sub-15 e Sub-17. Gostaríamos de contribuir mais com o Projeto Adote um Atleta que tomou proporções nacionais depois de apresentado no programa Caldeirão do Huck, da TV Globo. O Projeto atende crianças, filhos ou não de presidiários.

E nas competições adultas?
Realizamos a Copa MS de Basketball Adulta Masculina e Feminina, em quatro etapas regionais, levando assim a categoria a ser divulgada nas diversas regiões do Estado. A equipe campeã ganhou a vaga para disputar a Copa Brasil realizada pela CBB.

E os planos para a temporada 2015…
Continuamos com os mesmos projetos, incluindo outros: Festival de Basketball Sub-8 até Sub-13 como forma de incentivar as crianças à prática esportiva em especial o basquete. Nos campeonatos de base vamos incluir a categoria Sub-16 e realizar um campeonato com atletas de 18 a 20 anos. Além disso, é nossa intenção organizar um Campeonato Adulto “curto” e um Campeonato Máster.

Interessante, um grande passo para qualquer instituição é a estruturação, seja em maquinário, investimento em mão de obra ou espaço físico.
A Federação já conquistou um dos itens, pensa não só na base, mas também no Máster.
Bom quais serão os próximos passos concretizados?!

Passem pelo site da federação para maiores informações.

É isso!

Comentem e Compartilhem!
Até+

Diego Silver