Cada uma das 27 federações filiadas possui sua história e contribui para o desenvolvimento do basquete nacional. Na Federação de Basquetebol do Estado do Rio de Janeiro, o presidente Álvaro Lionides Fortes de Almeida faz um balanço do basquete carioca em 2014 e dos planos para 2015, além de explicar algumas prioridades da sua gestão, em um bate-papo para o site da CBB.

Balanço da temporada 2014?
A temporada de 2014 foi muito gratificante. Depois de seis anos sem campeonato, organizamos um Estadual Adulto Feminino com cinco equipes. Foi o Estadual com maior número de equipes no feminino. Isso foi maravilhoso. O Flamengo foi outro ponto positivo, ganhando todos os campeonatos que disputou, com destaque para a Liga das Américas e a Copa Intercontinental. E na base realizamos com sucesso todos os campeonatos, de 12 a 19 anos, feminino e masculino, com mais de 1.500 jogos e 12 mil atletas.

Quais as competições que mais se destacaram em 2014?
Não diria que foi o destaque do ano, mas com toda certeza foi gratificante o Estadual Adulto Feminino. Desde 2008 não tínhamos campeonato. Conseguimos fazer uma competição equilibrada e muito atraente. No fim, tivemos premiação para os destaques e também fizemos a seleção do campeonato.

Como está sendo desenvolvido o trabalho nas categorias de base?
Nosso trabalho na base segue em pleno desenvolvimento. Tivemos um ano maravilhoso em 2014, inclusive com atletas nossos defendendo a Seleção Brasileira, feminina e masculina, que conquistou os dois títulos sul-americanos Sub-15. Nos Campeonatos Brasileiros organizados pela CBB fomos vice-campeão no Sub-17 feminino e masculino e no Sub-15 masculino, além do quinto lugar no Sub-15 feminino.

E nas competições adultas?
Nossos campeonatos adultos têm atendidos nossas expectativas. É verdade que 2014 o Flamengo esteve muito forte como será em 2015, mas o retorno do Vasco da Gama vai atender novamente uma tradição no Rio de Janeiro que é a rivalidade dos clubes de futebol. No feminino esperamos novamente contar de cinco a sete equipes no Estadual.

Os planos para a temporada 2015?
Temos muitos planos que serão colocados em prática. Um deles é que o 3×3 não será mais torneio e sim uma competição oficial do nosso calendário. Estamos levando isso ao Secretário de Esportes do Estado, Marco Antonio Cabral, que também tem um enorme interesse na massificação da base no Interior. Isso vai ser muito importante para o surgimento de clubes e cidades. Quanto aos estaduais, na base com certeza iremos repetir os campeonatos de 12 a 19 anos e, no adulto, o possível retorno do Vasco será uma expectativa muito grande para ver novamente a rivalidade com o Flamengo.

Muito interessante, o basquete 3×3, entrar em pauta.
Fiquei contente em ler isso, mas o Presidente não pode dar os créditos do Flamengo a favor da federação, não vejo dessa forma.
Curioso que o estadual adulto que a alguns anos tem 3 equipes não entrou em pauta.

Bom, veremos o que vai ser.

É isso!

Comentem e Compartilhem!
Até+

Diego Silver

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.