De dentro para fora do Jogo, uma visão diferente de quem de alguma forma viveu O Basquete.
VOCÊ ESTÁ EM:
  Na imagem o Logo da Crunchyroll, um círculo sobre outro, como se tivesse formando um elipse, o nome "crunchyroll" está ao lado. Tanto o logo quanto o nome estão em fontes brancas. Basquetebol para maratonar? Assistam desenhos de Basquete - Área Restritiva

Temos tempo de sobra para maratonar nossos seriados e animações, então por isso o Área Restritiva resolveu trazer para vocês uma lista com alguns animes (desenhos/animações orientais) todas onde o enredo fala de Basquete.

Nós já trouxemos para vocês uma lista de filmes disponíveis na Netflix e outra no Prime Vídeo, agora chegou o momento de falar dos animes de Basquete e aqui também tem alguns bem clássicos assim como nos filmes, algo também similar aos filmes é que alguns animes são baseados em histórias em quadrinhos japonesas ou como são chamadas os Mangás.

Na imagem o Logo da Crunchyroll, um círculo sobre outro, como se tivesse formando um elipse, o nome "crunchyroll" está ao lado. Tanto o logo quanto o nome estão em fontes brancas. Basquetebol para maratonar? Assistam desenhos de Basquete - Área RestritivaUm ponto importante dessa lista é que existe uma plataforma de distribuição de animes e ela também opera no Brasil, estamos falando da Crunchyroll, é uma plataforma de Streaming como as que citamos nas outras listas, porém ela não tem todos os animes citados.

Sendo assim, o leitor pode procurar os Fansubs de sua preferência, que são grupos de pessoas que fazem as legendas para os animes e disponibilizam as obras de forma gratuita na internet, alguns tem sistemas de doação para manter as suas atividades, mas no geral nenhum deles pede algum tipo de assinatura para que os conteúdos possam ser consumidos.

Todos situados?! Então vamos começar com a nossa lista de animes de Basquete:

Na imagem, personagens do Mangá Slam Dunk. Todos os personagens são jogadores da equipe Shohoku, eles estão utilizando o uniformes da equipes que é uma regata e bermuda vermelha com o nome e número em preto com o contorno branco. Basquetebol para maratonar? Assistam desenhos de Basquete - Área Restritiva

Slam Dunk: O Clássico dos Desenhos de Basquete

O anime mais clássico de todos, quando falamos de animes de Basquete é uma obra que figura qualquer lista de animes sobre esportes e não só sobre o jogo da bola laranja.

A obra que saiu dos Mangás, foi publicada entre 1990 e 1996 na clássica Weekly Shonen Jump e ganhou sua animação pela Toei Animation entre 1993 e 1996, foi transmitida para o mundo inteiro e diversos brasileiros conhecem as histórias de Hanamichi e Rukawa.

O plot do Slam Dunk não é tão diferente dos animes do gênero Shonen (animes voltados para garotos) nos anos 90, trás o ambiente escolar como plano de fundo e tem seus personagens com personalidades muito clássicas para a época, tem um valentão, o bom nos esportes, a paixão adolescente o irmão mais velho e as competições escolares.

Mas o que mais chama a atenção no Slam Dunk são as suas referências ao Basquetebol Norte-Americano, o uniforme das equipes são releituras dos uniformes da NBA, por exemplo o da Shohoku seria o do Chicago Bulls e o da Kainan seria o do Los Angeles Lakers.

O enredo de Slam Dunk conta a história de um adolescente rebelde, Hanamichi Sakuragi, que é um dos Bullies da escola e que não não tem sorte nenhuma no amor, ele que em seu primeiro ano de ensino médio tem o recorde de 50 foras de garotas do colégio. Eis que ele conhece Haruko Akagi que é a garota dos sonhos dele e uma das poucas pessoas na escola que não tem medo do Sakuagi.

Eis que para impressionar a garota Sakuragi decide entrar para o time de Basquete da escola, muito por incentivo da Haruko e pelo seu porte atlético, dai começa toda a história do anime, que tem várias referências a jogadas e jogadores famosos, além de vinhetas explicando regras e nome de jogadas.

O anime está disponível na Crunchyroll e o mangá está sendo publicado pela Panini.

Na imagem, personagens do anime Kuroko no Basket, são 7 personagens, cada um dentro de um retângulo na vertical e cada um dos espaços tem uma das cores do arco-íris. Basquetebol para maratonar? Assistam desenhos de Basquete - Área Restritiva

Kuroko no Basket: É treino/talento ou será super poderes?

Esse foi o ultimo anime de Basquete sensação a ser lançado, que inclusive já apareceu na nossa sessão de recomendados e em outras publicações aqui no Área.

O famigerado desenho ficou famoso pela forma como conta a história, por terem jogadores que são tão bons que as suas habilidades são quase que sobrenaturais e o Área, se incumbiu de mostrar para o mundo que não é nada de super poderes mas sim treino.

Inclusive convidamos vocês a passarem por esse texto aqui, onde falamos justamente sobre o que acontece no anime que acontece no Basquete live action.

A sinopse do desenho de Basquete conta a história de Kuroko Tetsuya (que dá nome ao anime) e Kagami Taiga, dois jogadores de basquete da escola de Seirin High que após certa tensão inicial acabam por tornar-se amigos. Taiga é um jogador vindo dos Estados Unidos que sonha em se tornar um dos maiores jogadores do mundo; já Kuroko é um jogador (a princípio) medíocre de basquete e considerado fraco por seus colegas de time.

Kuroko é um anime que fala de superação e reinvenção o tempo todo algo muito normal quando se trata de esporte, mas em obras como essas fica um pouco de lado para dar espaço a vida colegial e os trash talks que tem que acontecer e sempre servem como motivadores dos personagens.

Kuroko no Basket, foi lançado em Mangá na Weekly Shonen Jump entre 2008 e 2014, com o anime sendo publicado em 2012.

O anime está disponível na Crunchyroll, o mangá foi publicado pela Panini e tem review aqui no Área.

Na imagem, o elenco principal do anime Ahiru no Sora, todos os personagens aparentemente saindo do centro da imagem para as laterais fazendo movimentos como se estivessem jogando Basquete. Basquetebol para maratonar? Assistam desenhos de Basquete - Área RestritivaAhiru no Sora: O sucesso do Slam Dunk

Chegamos ao anime mais atual a ser lançado, mas com todas as características dos seus antecessores. Ahiru no Sora, tem um plot bem diferente do que iriamos ver nos desenhos de Basquete dos anos 90 ou 2000, temos o ambiente escolar retratado mais uma vez igual ao que aconteceu nos antecessores.

Mas algumas diferenças são mais presentes no anime, o protagonista é o cara que treina e chama a atenção, não o Bully ou o Low Profile, é o cara que por mais que não tenha potencial físico nenhum busca formas de inclusão e é realmente contra a exclusão por porte físico ou menos habilidades.

Outro ponto que em nenhum dos antecessores é retratado é a influência do Basquete Feminino, sim o Basquete Feminino é presente no Ahiru no Sora, o que torna o anime único, mas tem também questões de treinamento como o Kuroko no Basket e as explicações didáticas como o Slam Dunk.

O Plot do anime fala da trajetória de Sora Kurumatani um jogador baixo para o que se espera de um jogador de Basquetebol, mas que mesmo assim voa em quadra. Herdando de sua mãe a paixão pelo esporte, Sora jura para si mesmo que vai alcançar o topo do pódio no torneio de basquete colegial. Mas logo de cara ele encontra um “problema”, o clube de basquete de seu colégio se tornou um antro de delinquentes.

Ahiru no Sora foi lançado na Weekly Shonen Magazine em 2003, a adaptação para TV foi lançada em 2019, que ainda tem seus episódios sendo lançados semanalmente.

Você também encontra Ahiru no Sora na Crunchyroll e tem review sobre aqui no Área.

Na imagem, três personagens do Dear Boys deitados em uma quadra de Basquete. Basquetebol para maratonar? Assistam desenhos de Basquete - Área Restritiva

Dear Boys: Hoop Days – A melhor história de Basquete

Dear Boys é uma história de Basquete, mas o foco no Basquete fica de lado em alguns momentos. Aqui o Basquete é o plano de fundo ao invés da escola e o foco passa a ser o relacionamento entre os jogadores, como o esporte excede para as lições da vida e como eles superam os problemas do cotidiano com as lições aprendidas.

A profundidade da história daqui é maior do que nas já citadas e as questões abordadas no mangá levaram a história a ganhar o prêmio de mangá do ano em 2007 (Kodansha Manga Awards), outra diferença é que o Dear Boys foi publicado mensalmente e não semanalmente, as histórias saíram na Monthly Shonen Magazine.

Dear Boys: Hoop Days foi transmitido no Brasil pelo canal Animax e não está disponível na Crunchyroll, mas pode ser encontrado em Fansubs brasileiros.

Na imagem, Dan JD e o seu Bigfoot, o personagem principal de Basquash! Dan é um garoto moreno de cabelo vermelho e o Bigfoot é uma mistura de carro conversível com robô. Basquetebol para maratonar? Assistam desenhos de Basquete - Área Restritiva

Basquash! – Um desenho de robôs que jogam Streetball

Claro que os japoneses iriam unir em uma única história os Mechas e o esporte, então daí surgiu o Basquash! Mas cá entre nós é uma história genial.

Basquash! Fala de certa forma de manipulação de informação e até de manipulação de resultados isso de uma maneira muito simples, a história te leva para o planeta Earthdash, uma versão do planeta terra que tem uma lua como a nossa, mas muito próxima do planeta, nela existe uma cidade a Mooneyes.

Nesse planeta você é apresentado a JD, um menino que vive em Rollingtown e que é fã de um esporte o Bigfoot Basketball, como o nome diz é um Basquetebol jogado por Bigfoots, okay! Não vamos entrar no quanto isso é utópico. Mas tudo bem!

JD sonha em ser um jogador de Bigfoot Basketball e em um determinado momento a trama leva para  Rollingtown a primeira partida da modalidade que é de um ritmo e impacto visual impressionantes, o que cativaria qualquer ser humano e com JD não seria diferente, até determinado momento.

O anime não está na catálogo da Crunchyroll, mas pode ser encontrado em Fansubs brasileiros.

Outros desenhos de Basquete

Existem alguns outros animes de Basquete, como o Buzzer Beater, I’LL/CKBC e RO-KYU-BU, mas esses três animes não tiveram transmissão no Brasil ou não estão disponíveis na Crunchyroll, por isso não citamos aqui, mas eles vão aparecer na nossa sessão de recomendados.

Um ponto importante nessa publicação ou em qualquer outra lista ou review feito pela redação do Área Restritiva, é que nós não somos à favor da pirataria, além de termos a nossa preocupação em trazer sempre uma resenha sobre algo que consumimos de alguma forma para assim falarmos com propriedade sobre o assunto.

Mas eu preciso assinar o Crunchyroll?!

Assinar o Crunchyroll é uma boa, afinal tem um acervo gigante de animações sendo traduzidas para o português e isso de certa forma ajuda a industria de animações, você pode ainda assim optar por usar os 14 dias de graça ou assistir os animes com a propaganda da própria Crunchyroll anunciando os animes que estão chegando na plataforma.

Tem algum anime de Basquete que gostariam de trazer para o Área, ou algum momento nos desenhos onde o esporte foi citado, deixem nos comentários.

Não deixem de acompanhar o Área Restritiva nas redes sociais e se inscrever no nosso canal no YouTube.

Acompanhem os textos diários aqui no site, além é claro de ficarem por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais, marcamos presença no Facebook, Instagram e no Twitter.

SOBRE O AUTOR Diego Andrade, mais conhecido como Diego Silver. Professor de Educação Física. Pai, viciado em coisas de Nerd e é claro entusiasta do Basquetebol. Ex-Aluno do Bi-Campeão Mundial Rosa Branca, quando o mesmo era servidor do SESC Consolação. CONHECER TODO TIME
RESENHE COM A GENTE AÍ!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

 
 
VOLTAR AO TOPO
%d blogueiros gostam disto: