Na foto, Professores e atletas do projeto Anjos do Esporte, ao fundo a favela do Paraisópolis. Alguns atletas estão de joelhos na frente da foto, os técnicos e outros atletas em pé atrás formando duas fileiras, alguns atletas estão segurando bolas de Basquete. Basquete Social - Projeto Anjos do Esporte iniciam no sábado - Área Restritiva
Foto: Divulgação

O Núcleo de Paraisópolis do projeto social Anjos do Esporte dá início as aulas de basquete da temporada de 2020, neste sábado (08 de fevereiro), às 14h (de Brasília), no CEU Paraisópolis, na zona sul da cidade de São Paulo (SP).

Para o gestor André Brazolin, este será mais um ano de muito trabalho e novas metas a serem alcançadas. “Vai ser mais um ano repleto de conquistas, títulos e, principalmente, para ganharmos almas, fazendo àquilo que o projeto se propõe desde a sua criação, que é transformar vidas através do esporte”, comentou. 

“A prioridade, dentro da metodologia do instituto Brazolin, é educar, respeitar e ser leal com os companheiros, adversários e árbitros. Saber vencer e perder, que são situações comuns no esporte; ao ganhar, demonstrar humildade, já na derrota entender e não julgar, além de treinar muito mais para buscar o resultado positivo no futuro”, acrescentou André, salientando que o projeto também ministra aulas de futebol.

Outra meta é dar sequência aos times de alto rendimento do Instituto Brazolin/São Bernardo, que servem de espelho para a garotada do social. “As crianças que atuam nos nossos núcleos sonham em integrar as equipes que disputam as competições federadas para, sem seguida, pensar alçar voos maiores”, explicou o ex-jogador.

Recentemente, o projeto Anjos do Esporte foi anunciado como ganhador do Troféu Quinto Tempo, como destaque de 2019 na categoria projeto social. “Agradeço demais ao prêmio que o Instituto Brazolin/Anjos do Esporte venceu, aos votos que recebemos dos amigos, torcedores, jogadores e amantes do basquete. Gostaria de dividir este láureo com todas as pessoas que estão lutando no dia-a-dia: professores, pais, institutos, ongs, escolas, clubes e as nossas equipes de alto rendimento em São Bernardo do Campo”, comentou Brazolin.

“Aos que acreditam na força do esporte, amam as crianças e ao próximo sem qualquer preconceito. Que, primeiro, se preocupam com o ser humano, antes mesmo dos objetivos pessoais, títulos e da fama; agradeço também a Agradeço a Prefeitura Municipal de São Bernardo, El Corte Inglês, Grupo Floresta e a Prevent Senior, que são os apoiadores do Instituto Brazolin”, completou André.

O CEU Paraisópolis fica na Dr. José Augusto de Souza e Silva, s/no, no Jardim Parque Morumbi, em São Paulo (SP).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.