Vamos falar de Basquete nos animes e mangás, então vamos falar de Kuroko no Basket. Quando me chamaram para escrever a primeira coisa que falaram foi “Escreve lá, você é professor de educação física, então fala de esportes nos animes e mangás”. Desde então eu fiquei esperando o momento de falar sobre Basquetebol, para os mais chegados o famoso basquete.

Kuroko no Basket – Por onde começar?!

Na imagem o time com os jogadores lendários do anime Kuroko no Basket, como característico desse tipo de animação, cada personagem tem características psico-sociais diferentes dessa forma eles tem além de feições diferentes como cores de cabelo diferentes, caracterizando as personalidades diferentes. Basquete no Mangá/Anime - Kuroko no Basket - Área Restritiva

Vou começar falando do final, falando de Kuroko no Basket, sim a história do Kuroko “o cara que ninguém vê”, mas porque de Kuroko?! Simples, é o mais recente e que aborda alguns assuntos relacionados ao esporte, também mais recentes e é claro porque os mais saudosistas já comparam o novo novel sobre basquetebol com o clássico e entre as histórias relacionadas a esporte o melhor de todos o Slam Dunk.

Para quem não conhece Kuroko no Basket é um mangá escrito Tadatoshi Fujimaki, que segundo o MyAnimeList é autor de vários sucesso?! #SQN, Fujimaki teve somente o Kuroko como história publicada, mas seu trabalho segue tanto no mangá quanto no anime, já que a série animada está em sua terceira temporada. Quando anunciaram a terceira temporada, o Basquete já mostrou seu poder na animação, a temporada foi anunciada pouco mais de dois meses do término da segunda que até então era a ultima. O mangá é publicado na Weekly Shonen Jump desde dezembro de 2008 e atualmente já passou de 250 capítulos, no Brasil foi anunciado pela Panini em Maio de 2014, como um dos futuros lançamentos da editora no país, sendo lançado em Junho do mesmo ano.

Na imagem, Tetsuya Kuroko o personagem principal da história, o camisa 11 da equipe Seirin, ele na imagem está fazendo um passe com uma das mãos, com o uniforme branco de Jogo da Seirin, atrás dele o nome do jogador (no fundo da imagem), em letras pretas no cabeçalho da imagem, no rodapé o nome Seirin e o número 11 em letras pretas. Basquete no Mangá/Anime - Kuroko no Basket - Área RestritivaA história do anime gira em torno do Kuroko Tetsuya, personagem que da nome ao anime, ele integrou o time de basquete da escola secundária Teiko que se destacou derrotando todos os adversários e conquistando de forma consecutiva três campeonatos nacionais. Os membros dessa equipe ficaram conhecidos como a “Geração dos Milagres”. Após o término do ensino fundamental, essas cinco estrelas se matricularam em colégios diferentes por motivos que são contados no decorrer da história.

Assim cada colégio passou a ter uma forte equipe de basquete. No entanto, um fato que poucos sabiam é que havia outro jogador da “Geração dos Milagres”, um sexto, o “jogador fantasma”. Este jogador misterioso é agora um calouro na Seirin High, uma escola nova, com sua pouco conhecida equipe de basquete, mas ainda assim temida e ao mesmo tempo subestimada. Agora, o sexto membro da “Geração dos Milagres”, e Kagami Taiga, um jogador de talento natural, que passou a maior parte do ensino médio nos Estados Unidos, têm o objetivo de levar Seirin ao topo do Japão, desafiando os antigos companheiros de Kuroko, um a um.

O.k! Agora o que tem de mais?!

Para quem começa a assistir e/ou a ler, essa história lembra um pouco Super Campeões, então Slam Dunk é mais legal por ser mais realista, certo?!

Errado!

Claro que como diversas histórias relacionadas a esporte e superação japonesas tem todo um certo “misticismo” sobre o que acontece, afinal é o que vende e da vontade de ler ou assistir certo?! O que seriam todas as histórias dos nossos heróis japoneses sem todo o drama da superação?!

Então, Kuroko não é diferente. Mas porque eu estou “defendendo”?! Simples a história não mente em nada sobre o que acontece em um jogo ou treino de basquetebol, vamos usar o exemplo de Seirin, que é o time principal da história, tem um cara talentoso, tem o cabeça quente, tem o veterano que quer jogar de qualquer jeito, tem o lesionado, tem os calouros esquenta banco, coisa que não gosto me incomoda muito isso de só porque são calouros não jogam, mas como no enredo estão falando de rendimento e os personagens são ruins, no basquetebol ‘podem’ ficar na equipe, sendo até importantes para a equipe em alguns momentos, tem ainda a técnica que só é técnica por influência do pai que é técnico de basquetebol e foi atleta profissional, então nada de diferente do que se pode encontrar em qualquer modalidade esportiva não?!

Então o que há de errado com Kuroko no Basket???

O que muita gente vê de errado é a forte apelação para as habilidades, que não são sobre humanas, mas para quem não conhece a modalidade parece ser, no anime simplesmente o cara que é bom em arremessos é muito bom em arremessos é simples, só que ai tem a apelação do anime ele nunca erra. Bom pensando nisso, posso lembrar do jogo quatro das finais 2013/14 da NBA onde o San Antonio Spurs estava com 90% de aproveitamento no primeiro tempo de jogo. Isso é muito absurdo, mas se fosse no anime seria normal.

Onde eu quero chegar?!

Simples tudo o que acontece no Kuroko é possível, no anime eles evidenciam que eles são bons porque eles treinam muito e quando são superados querem treinar mais, só isso.

Uma vez me perguntaram, então quem ganha?! Seirin ou Shohoku, uma das equipes de Basquetebol do Slam Dunk, na época eu não soube responder porque ainda estava conhecendo a série, mas agora ainda não sei quem ganharia, mas minha opinião tende para Seirin, só porque eles usam um basquetebol mais moderno, com sistemas de jogo mais avançados, algo como o já citado San Antonio Spurs.

O jogo demonstrado no Kuroko, é tão perto da realidade e do que se encontra hoje nos campeonatos grandes que a equipe de Seirin, não usa só os jogadores estrelas para jogar e em alguns jogos se mostra não dependente deles.

A única coisa que eu não gosto, é a não utilização do banco de reservas, mas isso é comum em histórias de conteúdo esportivo, são poucas que usam todos os elementos conseguindo dar profundidade a todos, mas isso não é algo que torna a história ruim de ler ou assistir.

Como eu ainda estou lendo, depois eu trago para vocês o review do mangá e do anime, OK?!

Na imagem, os jogadores destaque das equipes que aparecem no High School do anime Kuroko no Basket. Basquete no Mangá/Anime - Kuroko no Basket - Área Restritiva

Não deixem de acompanhar o Área Restritiva nas redes sociais e se inscrever no nosso canal no YouTube.

Acompanhem também os textos diários aqui no site e para conhecer outras recomendações de conteúdos relacionados ao Basquete, confiram a nossa sessão de recomendados, além é claro de ficarem por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais, marcamos presença no Facebook, Instagram e no Twitter.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.