De dentro para fora do Jogo, uma visão diferente de quem de alguma forma viveu O Basquete.
Jogador brasileiro Marcelinho Huertas, que atua no Tenerife está driblando a bola em direção a cesta passando pelo defensor que ficou no Bloqueio (Corta-Luz)
Marcelinho Huertas é um dos destaques da campanha do Tenerife nessa temporada.
Foto: Divulgação.

O Iberostar Tenerife, do armador Marcelinho Huertas, enfrenta o Casademont Zaragoza, neste sábado (11 de janeiro), às 16h30 (de Brasília), atuando no Pabellón Principe Felipe, em Zaragoza (ESP), pela 17ª rodada da Liga ACB – 2019/2020. Já garantido na Copa do Rei – 2020, o time de San Cristóbal de La Laguna quer confirmar a sua participação como cabeça de chave e, para isso ocorrer, precisa do resultado positivo. 

Para o brasileiro, o duelo tende a ser difícil, uma vez que o representante de Zaragoza realiza grande campanha. “Compromisso que pode valer o quarto lugar na Liga ACB e nos garantir como cabeça de chave na Copa do Rei. Então, foco 100% nesse jogo importante e difícil, pois será fora de casa”, comentou Huertas.

Na última vez que esteve em quadra, o Iberostar Tenerife derrotou o grego Peristeri winmasters, em casa, sem maiores dificuldades, na sequência do returno da fase inicial da Basketball Champions League – 2019/2020 (80 a 54). Já pela Liga ACB, em seu compromisso mais recente, a equipe de Huertas superou o Montakit Fuenlabrada, atuando em seus domínios (74 a 63).

Na classificação geral da Liga ACB – 20192020, o Iberostar Tenerife aparece no quarto lugar, contabilizando dez vitórias e seis derrotas. O Casademont Zaragoza, que foi derrotado pelo mandante MoraBanc Andorra na rodada passada (106 a 78), ocupa a terceira colocação, com 12 vitórias e 04 derrotas.

SOBRE O AUTOR Perfil destinado para publicações e reflexões colaborativas dos colunistas do Área Restritiva em conjunto com as assessorias de imprensa. CONHECER TODO TIME
RESENHE COM A GENTE AÍ!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

 
 
VOLTAR AO TOPO
%d blogueiros gostam disto: