O segundo jogo da série melhor-de-três do playoff – final da Liga de Basquete Feminino – 2014/15 será realizado neste sábado, dia 25 de Abril, às 10h00, no ginásio Municipal Centro Cívico, na cidade de Americana – SP, envolvendo a ADCF Unimed/Americana e o Uninassau/América, com transmissão ao vivo pelos canais SporTV. O representante pernambucano está em vantagem, pois venceu o duelo inicial, atuando em seus domínios, por 74 a 67.

Para a equipe paulista, comandada pelo experiente técnico Antônio Carlos Vendramini, só a vitória interessa, pois empataria a série e forçaria a realização do terceiro confronto. Se isso acontecer, a ADCF Unimed/Americana segue na luta pelo seu terceiro título da Liga de Basquete Feminino, o seu segundo consecutivo.

“Estamos com a corda no pescoço, pois temos que vencer este segundo jogo e estamos cientes do risco que corremos, mas também sabemos das nossas condições e do potencial que a nossa equipe tem”, analisa a lateral Karla Costa, a ‘Guerreira’, da equipe de Americana.

Na visão da pivô Clarissa dos Santos, a equipe da casa precisa jogar com tranquilidade.

“Se ficarmos em desespero, não será bom, pois não executaremos com consciência e equilíbrio o que temos que fazer em quadra. Temos que ter tranquilidade para jogar um jogo tão importante e buscar o resultado que nos interessa”, acrescenta.

“Conseguimos o feito de estar invicto em nosso ginásio até aqui, mas isso não basta, precisamos seguir jogando de forma efetiva, como fizemos ao longo do campeonato. Esta série final reúne duas equipes que durante o campeonato mostraram um equilíbrio grande e essa deve ser a tendência deste segundo confronto decisivo”, completa o experiente técnico Antônio Carlos Vendramini, da ADCF Unimed/Americana.

Fotos: Sanderson Barbarini/Foco no Esporte
Fotos: Sanderson Barbarini/Foco no Esporte

Já a agremiação pernambucana, definida pelo técnico Roberto Dornelas, garante a inédita conquista do título da LBF com um novo resultado positivo.

“Esperamos por um jogo muito difícil, como foi aqui, pois é uma decisão e acredito que as duas equipes irão fazer um jogo melhor, já que em Recife, ambos iniciaram a partida demonstrando bastante nervosismo. O time de Americana deve ter acertado alguns detalhes, assim como fizemos nos nossos treinamentos, por isso, acredito que vai ser um confronto muito bonito para todo mundo assistir e bastante estudado, em que cada jogadora vai ter que se superar dentro de quadra”, analisa o treinador do Uninassau/América.

“Trabalhamos forte ao longo da semana para tentar diminuir os erros que cometemos no jogo passado, já que mesmo vencendo tivemos algumas falhas em precipitações de bola. Além disso, analisamos as jogadas do time de Americana para anularmos os pontos fortes e estamos bastante ansiosas para chegar o momento do jogo e colocarmos em quadra tudo o que treinamos”, acrescenta a armadora Tainá Paixão.

“As duas equipes erraram muito no primeiro jogo, mas espero uma grande partida agora, pelos dois lados, pois será uma festa do basquete feminino, com ginásio lotado e uma atmosfera bastante positiva, além de reunir equipes que se equivalem. Os times procuraram se acertar ao máximo nos treinos e nós temos que fazer a nossa parte, já que pelo equilíbrio, quem errar menos vai levar vantagem”, complementa a experiente Adrianinha Moisés, do representante pernambucano.

O terceiro confronto, se necessário, ocorre na segunda-feira, dia 27 de Abril, às 19h00, também em Americana – SP, com transmissão ao vivo pelo canais SporTV.

É isso!

Comentem e Compartilhem!
Até+

Diego Silver