A MVP A’ja Wilson liderou o Aces no empate da série, enquanto Storm venceu o Lynx no estouro do cronômetro 

Quando o Las Vegas Aces estava a minutos de perder mais um jogo contra o Connecticut Sun e levar uma desvantagem de 2-0 em sua série semifinal da WNBA, a MVP da liga, A’ja Wilson resolveu mostrar porque foi eleita a melhor jogadora do campeonato.

Em seu terceiro ano como profissional, assumiu o controle de Las Vegas na vitória por 83 a 75 no jogo 2 nessa terça-feira (22) na IMG Academy em Bradenton, Flórida. Ela fez 29 pontos, três assistências, sete rebotes e sete bloqueios, e empatou a série em 1-1 contra Connecticut.

Já conhece o canal do Área Restritiva no Youtube? Clique e se inscreva

Na segunda semifinal, um festival de bolas de três pontos na tão esperada semifinal entre Seattle Storm e Minnesota Lynx com o Storm sobrevivendo por 88 a 86, na campainha. O Jogo 1 foi adiado no domingo (20) depois que três jogadoras do Storm receberam testes de COVID-19 inconclusivos.

Os jogos continuam na próxima quinta-feira (24). Confira o que aconteceu ontem: 

(1) Connecticut Sun 75 x 83 Las Vegas Aces (1)

A’ja Wilson recebeu o prêmio MVP na semana passada (17) pela comissária da liga Cathy Engelbert em uma cerimônia surpresa que deixou Wilson em lágrimas. A primeira escolha do draft e estreante do ano em 2018, Wilson teve uma média de 20,5 pontos e 8,5 rebotes na temporada regular. Ela fez 19 pontos e nove rebotes na derrota dos Aces por 87 a 62 no domingo (20), quando foram totalmente dominadas pelo Sun.

O Connecticut perdeu Alyssa Thomas, sua segunda artilheira e melhor rebatedora – e uma das principais defensoras da liga – no meio do primeiro quarto devido a uma lesão no ombro. Ela não voltou ao jogo, e a ausência de Thomas foi sentida especialmente nos minutos finais, pois havia tido grande importância na vitoria  no último domingo. A jogadora voltou ao banco no final do quarto período com o braço em uma tipóia.

Com o placar empatado em 75 a 75,  com 1:03 para o fim da partida, Wilson fez uma cesta de condução e foi derrubada pela estreante do Sun, Beatrice Mompremier. Wilson converteu o lance livre.

Então, com 29,2 segundos restantes, Wilson fez outra bandeja para dar a Las Vegas uma vantagem de 80 a 75. Ela sofreu falta novamente, mas desta vez errou o lance livre. Mas Angel McCoughtry agarrou o rebote e Dearica Hamby acertou 1 de 2 lances livres para uma vantagem de oito pontos.

Os bloqueios de Wilson fez parte de do melhor esforço defensivol dos Aces no jogo. Ela chamou o desempenho de Las Vegas no Jogo 1 de uma “bagunça quente” e disse que os Aces precisavam de uma grande reviravolta no Jogo 2.

Os sete bloqueios da jogadora do Aces, estão empatados em terceiro lugar em jogo de playoff da WNBA; já aconteceu quatro vezes antes, incluindo três pela ex- estrela do Los Angeles Sparks , Lisa Leslie. Os dois primeiros blocos de desempenho nos playoffs da WNBA pertencem a Brittney Griner do Phoenix Mercury, com 11 em 2015 e oito em 2014.

Angel McCoughtry, Dearica Hamby e Kayla McBride adicionaram 11 pontos cada uma para Las Vegas. Foi o 16º jogo de A’ja Wilson com mais de 20 pontos nesta temporada. DeWanna Bonner liderou Connecticut com 23 pontos e sete rebotes, e Briann January somou 20 pontos. Jasmine Thomas, que marcou 31 pontos, o melhor da sua carreira, no jogo 1, ficou com 10 pontos.

(0) Minnesota Lynx 86 x 88 Seattle Storm (1)

No estouro do cronômetro, o Seattle Storm derrotou o Minnesosta Lynx por 88 a 86, após um jogo pegado de ambas equipes. Storm abriu um a zero na série melhor de cinco jogos.

A partida teve três destaques ofensivos: Jewell Lloyd, Breanna Stewart e Napheesa Collier. As duas primeiras contribuíram com 25 e 21 pontos respectivamente para o Seattle. 

Pelo Lynx, Napheesa Collier anotou 25 pontos, nove rebotes e três assistências. Com a notícia de que Sylvia Fowles estava de fora por causa de uma lesão persistente na panturrilha que a incomodou a maior parte da temporada, mais pressão estava sobre as outras jogadoras do Minnesota. Napheesa Collier estava pronta.

Depois de ser limitada em toques na vitória do Minnesota na segunda rodada sobre o Phoenix Mercury – 2 de 6 arremessos de campo para sete pontos – Collier fez 25 pontos, 9 rebotes, 6 bloqueios e 3 assistências.

Durante um trecho, ela bloqueou a ex-colega de equipe da UConn, Breanna Stewart, três vezes. Stewart terminou com um duplo-duplo de 21 pontos e 10 rebotes e três assistências.

Das três jogadoras, a ala Alysha Clark ganhou mais destaque e o jogo para o Storm. Clark pegou um rebote ofensivo no fim e venceu o jogo com 0.8 segundos para o fim da partida. A jogadora anotou 12 pontos, seis rebotes e três assistências

No terceiro período, Damiris Dantas saiu com dores no tornozelo e chegou a colocar gelo na região afetada. Tudo indicava que a jogadora não voltava mais, informação confirmada pela repórter da ESPN matriz Holly Rowe.

A brasileira voltou a quadra, sendo fundamental para ajudar Naphessa a colocar o Lynx na partida. Restando 40 segundos para o fim da partida, Damiris converteu uma bola na zona morta e empatou  o jogo em 84 a 84 

Jewell Lloyd colocou o Storm dois pontos a frente aos 14,8 segundos do fim, depois Napheesa Collier empatou novamente. No último ataque, Sami Whitecomb, que acabara de entrar para a equipe de Seattle, foi para bandeja e errou. Alysha Clark pegou o rebote ofensivo e garantiu a vitória com um arremesso lançado aos 0.3 segundos, para garantir a vitória de Seattle. 

A cestinha de Seatle, Jewell Loyd marcou: 25 pontos, 06 rebotes, 04 assistências, 02 roubos de bola e 02 tocos.  Em uma temporada excepcional, a partida contra o Lynx foi a oitava vez nesta temporada que Loyd marcou pelo menos 20 pontos em um jogo.

Cestinha do Lynx na partida eliminatória contra o Phoenix Mercury, a brasileira contribuiu com 11 pontos, oito rebotes, quatro roubadas de bola e uma assistência. Dantas foi fundamental no final do jogo, anotando uma bola de três espetacular que empatou a partida a menos de um minuto no fim.

Agenda WNBA playoffs

As equipes voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira (24) pela série melhor de cinco, ambos os jogos terão transmissão da ESPN Brasil. 

Domingo (20/09)

Las Vegas Aces 62 x 87 Connecticut Sun – Jogo 1

Seattle Storm x Minnesota Lynx  – Jogo 1 – ADIADO

Terça-feira (22/09)

Las Vegas Aces 83 x 75 Connecticut Sun – Jogo 2 – 20h 

Seattle Storm 88 x 86 Minnesota Lynx – Jogo 1 – 22h 

Quinta-feira (24/09)

Las Vegas Aces x Connecticut Sun – Jogo 3 – 20h30 

Seatlle Storm x Minnesota Lynx – Jogo 2 – 22h30 

O Área Restritiva está no YouTube, conheça o nosso canae se inscreva.

Já imaginou um grupo para discutir Basquete como se estivesse em um bar? Conheça o Bar do Área!

Fique por dentro do que está acontecendo no Área em nossas redes sociais; marcamos presença no FacebookInstagram e no Twitter. Ah! Também estamos no Catarse, aqui você conhece todo o projeto do Área Restritiva

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.